Tag

Treinamentos

News

Sócios SBAIT participam de treinamento para desastres da SES SP

Secretaria SP1

Dra Melisa (Grau), Dra Cecília Damasceno (Secretaria do Estado da Saude), Dr. Bortoto (Unicamp), Dr. Caruso (SAMU), Dr. Cruvinel (Unicamp), Major Luciano.

O Curso do Sistema de Comando em Operações e Emergências é oferecido pelo Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde e tem como objetivo a maior interação entre o atendimento Pré-hospitalar, hospitais e outra agencias envolvidas. Este foi o terceiro curso do ano e a Secretaria possui uma programação para continuar treinando médicos e profissionais da área.

É ministrado pelo Corpo de Bombeiros do Estado de Sao Paulo participando deste curso: Major Luciano, Capitão Reche, Capitão Carnevale, Capitão Camargo Jr, Tenente Mitsuo, soldado Mauricio. Também contamos com a presença do Comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Repulho.

A seguir, uma entrevista com Dra Cecília Damasceno , Assistente Técnico do Gabinete do Secretário de Estado da Saúde de SP, a respeito do cenário atual dos atendimentos a desastres no Estado de SP.

O que mudou no atendimento de Desastres no Estado de São Paulo nos últimos dois anos?

Iniciamos uma série de treinamentos para as equipes operacionais – médicos e enfermeiros do GRAU – Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências e dos diversos Prontos Socorros dos hospitais sob gestão Estadual – tais como: atuação em cenários com produtos perigosos, comando de incidentes, emergências radiológicas, ações táticas em saúde, etc. Também, os hospitais sob gestão do Estado foram convidados a elaborarem plano próprio de preparação para atendimento de desastres e incidentes com múltiplas vitimas (o modelo pode ser encontrado em www.saude.sp.gov.br – aba gestor ou profissional de saúde). A Fundação Pró-Sangue elaborou um manual inédito, sobre utilização de sangue e derivados em situações de desastres, incluindo ações de coleta, acionamento de doadores, etc.            

Qual a importância do SICOE para o atendimento a Desastres?

Ele permite trabalhar de forma integrada com outros órgãos, como Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, entre outros. É um conceito de gestão de emergências, que pode ser utilizado em qualquer tipo de evento ou ameaça, tendo sua estrutura organizacional integrada e ajustada as diversas complexidades e demandas, sejam elas simples ou múltiplas. O Sistema foi utilizado na visita do Papa Francisco à Aparecida com grande sucesso.

Quais os esforços necessários para melhorar o atendimento de Desastres?

Capacitação de equipes, a compra de equipamentos, melhorias na área de comunicação, etc.

Quais as perspectivas para a Copa do Mundo de Futebol da FIFA em relação ao atendimento de Desastres?

A Secretaria de Estado de Saúde tem trabalhado muito próxima de técnicos da FIFA na elaboração de diversos projetos para a COPA de 2014 que brevemente serão divulgados

Secretaria SP2

Major Luciano do Corpo de Bombeiros em sua aula

Secretaria sp3

Alunos na aula pratica

Secretaria SP4

Participantes do curso

Uncategorized

Treinamento em Brasília – Simulado de incêndio

incendio2

O simulado contou com a presença de cerca de 180 participantes

O Dr. Carlos Dorneles, médico do SAMU de Santa Maria e responsável pelo primeiro atendimento às vítimas da tragédia da Boate Kiss, esteve presente, ministrando uma palestra sobre a experiência das equipes de socorro pré-hospitalares envolvidas. As outras palestras apresentadas foram o “Plano de atendimento a Desastres do Distrito Federal”, pelo Dr. Rodrigo Caselli, coordenador do SAMU-DF, “Atendimento a grandes queimados”, pelo Dr. José Adorno, chefe do Serviço de Queimados do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) e “Tratamento de queimaduras de vias aéreas”, pela Dra. Sheila Sá, da UTI Neurotrauma do Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) e coordenadora da UNILET.

O evento contou com mais de 180 participantes, entre ligantes, estudantes e profissionais incendo 1de saúde e foi encerrado com um grande simulado noturno, envolvendo um incêndio em uma boate com mais de 100 vítimas, onde as equipes de socorro formadas pelos integrantes das ligas de trauma atuaram como socorristas, sob a supervisão das equipes do SAMU. O cenário montado permitiu às equipes trabalhar com todos os conceitos de preparação, organização e atendimento num ambiente caótico e dramático como num incêndio. “A ideia é que os alunos conhecessem um pouco dos conceitos de todas as fases do atendimento a essas vítimas, pré-hospitalar, hospitalar e UTI, dentro de um cenário bastante realista”, afirmou a Dra. Sheila Sá, coordenadora das Ligas de Trauma.

incendio3“Para as equipes do SAMU-DF envolvidas foi uma grande oportunidade de aprendizado com a orientação e experiência do Dr. Carlos Dorneles, hoje um exemplo de profissional, que durante sua vida acadêmica foi um ligante de trauma, cuja experiência em exercícios como o que hoje realizamos, foi de grande ajuda na condução de situações críticas como a de Santa Maria” afirmou Dr. Rodrigo Caselli, diretor do Comitê Pré Hospitalar da SBAIT.

incendio4

incendio5

incendio7

incendio6

News

Treinamento – Intervias organiza curso de PHTLS

Intervias1A concessionária Intervias organizou para os seus colaboradores em sua sede em Araras, SP, o Curso PHTLS (Pre Hospital Trauma Life Support, 7ª Edição), nos dias 13 e 14 de abril de 2013. Esse curso é chancelado pelo Colégio Americano de Cirurgiões e administrado pela NAEMT (National Association of Emergency Medical Technicians).

O curso tem validade de quatro anos, sendo de reconhecimento internacional. O curso foi Intervias2oferecido para 30 alunos que atuam em atendimento pré hospitalar nas rodovias da região, envolvendo médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e motoristas. Alguns foram certificados pela primeira vez e outros estavam realizando a recertificação, sendo todos aprovados na parte prática e teórica. O curso foi ministrado por instrutores do núcleo do Serviço de Cirurgia de Emergência da Santa Casa de São Paulo.

Fechar