Tag

Diretoria

News

Nova diretoria da SBAIT toma posse para gestão 2015/2016

DSC00911 (1)

membros da nova diretoria da SBAIT ( gestão 2015/2016)

DSC00875 (1)

Prof Dr Gustavo P. Fraga passa a presidência a Prof. Dr. Sandro Scarpelini

 A nova diretoria da SBAIT tomou posse oficialmente na noite desta sexta-feira, (24) durante o Intergastro & Trauma 2015, em Campinas (SP). Em uma cerimônia que ressaltou a importância do trabalho da entidade e seu crescimento ano a ano, o presidente Gustavo Pereira Fraga passou o comando para o novo presidente, Sandro Scarpelini. Eleita em setembro, a nova equipe ficará à frente da SBAIT por dois anos.

Durante seu discurso, Fraga falou do futuro do Trauma no Brasil e do trabalho que desenvolveu na entidade, onde ele permanece, mas agora, no comando do Comitê de Prevenção.  Scarpelini, que já era vice-presidente da SBAIT, abordou os desafios da nova gestão e destacou a importância de pulverizar os trabalhos da entidade, que hoje conta com 12 Capítulos distribuídos pelo País.

DSCN0212

Solenidade de posse reuniu em auditório lotado, muitos convidados de diversas regiões do país e do mundo

O auditório estava lotado durante a cerimônia. Associados de diversas regiões do País prestigiaram a transição de comando da entidade, fundada em janeiro de 1982. Scarpelini é o 9º presidente da SBAIT. Além dele, compõem a nova diretoria o 1º vice-presidente, José Mauro da Silva Rodrigues, o 2º vice-presidente, Ricardo Breigeiron, o secretário-geral, Tércio de Campis, o 1º secretário, Bruno Vaz de Melo, o 2º secretário, Amauri Clemente da Rocha, o 1º tesoureiro, Daniel Souza Lima e o 2º tesoureiro, Marco Aurélio Serruya.

A equipe também é composta por seis comitês. Além de Fraga, que está à frente do comitê de Prevenção, há o de Pré-Hospitalar, com Rodrigo Caselli Belém (DF), o de Ligas do Trauma, com Marcus Vinícius Gonçalves (BA), o de Educação, com Diogo Valério Garcia, (SP) o de Desastres, com Josiene Germano (SP), e o de Qualidade e Registro de Traumas, com Paulo Roberto Carreiro (MG).

DSC00854

Prof. Dr. Gustavo P. Fraga durante seu discurso de agradecimento

DSC00877

Prof. Dr. Sandro Scarpelini assume a presidência da SBAIT para 2015/2016

DSC00883 (1)

Membros da diretoria na plateia, durante discurso do presidente da SBAIT, Prof. Dr. Sandro Scarpelini

 

 

News

NÃO à divulgação de imagens e informações de pacientes através de redes sociais

Levando em consideração o crescimento de divulgação de imagens e informações de pacientes através das redes sociais, com casos até de abrangência nacional, como o do ataque do tigre no Paraná e o do atendimento ao jogador Neymar durante a Copa do Mundo, a SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado) informa a seus associados e à sociedade que repudia este tipo de prática. Considera inadmissível que a curiosidade humana se sobreponha à privacidade de pessoas em situações de total vulnerabilidade e que membros da equipe de profissionais saúde, que deveriam zelar por seus pacientes e assegurar sua privacidade, façam e divulguem nas redes sociais qualquer imagem ou informação sem prévia autorização dos envolvidos.

Esta atitude fere o Código de Ética Médica, que, no capítulo IX, prevê que “O médico guardará sigilo e respeito das informações que detenha conhecimento no desempenho de suas funções, com exceção dos casos previstos em lei”. E acrescenta que isso deve ser feito “mesmo que o fato seja de conhecimento público ou o paciente tenha falecido”.

É importante lembrarmos que a relação médico-paciente está totalmente ligada à confiança. Como os profissionais do Trauma atuam em muitos casos que despertam o interesse e a curiosidade da população, é importante redobrar a atenção durante o atendimento para evitar que a privacidade dos pacientes seja violada.

Portanto, a SBAIT orienta a todos os seus associados que, em hipótese alguma, divulguem informações ou imagens de pacientes. Com as redes sociais e as facilidades da Internet, a visualização atinge milhares de pessoas em poucas horas, o que pode causar danos irreparáveis às vítimas. Salientamos, ainda, a importância de orientarem toda a equipe envolvida nos atendimentos, como enfermeiros, técnicos de enfermagem, motoristas, entre outros, sobre as consequências desta prática.

 

Diretoria SBAIT

Fechar