Tag

CoBraLT

News

Alunos de Graduação em Enfermagem na Liga do Trauma da Unicamp

unnamed

Em outubro de 2016, alunos do segundo e terceiro ano do curso de graduação em Enfermagem, da Faculdade de Enfermagem da Universidade Estadual de Campinas, iniciaram sua participação na Liga do Trauma da Unicamp, com propósito de atuação multiprofissional.

A participação dos alunos de enfermagem na Liga do Trauma permitirá a aquisição de conhecimentos específicos que contribuem, de maneira extracurricular, para a boa formação acadêmica do aluno do curso de Enfermagem, propiciando que esse aluno vivencie a temática do trauma a fim de que entenda as proporções que este alcança, insere os alunos em atividades de  iniciação científica, estimulando a participação em congressos, trabalhos, publicações e outras atividades ligadas à área de enfermagem em urgências e emergências e sobretudo insere o aluno em projetos de extensão comunitária que objetivam a conscientização da população quanto ao tema, visando a promoção à saúde e elaboração de propostas para melhorar a qualidade de vida da população.

As atividades do aluno de enfermagem na Liga do Trauma consistem em participação de reuniões ordinárias entre docentes e alunos da Liga para a discussão de assuntos relacionados ao Trauma, promoção de cursos sobre o atendimento ao politraumatizado e/ou assuntos correlatos, realização de estágios na forma de plantões, nos quais os membros entrarão em contato direto com o paciente, promoção de intercâmbio científico com sociedades e/ou serviços correlatos, incentivo à participação e produção cientifica em equipes de pesquisa na área de urgência e emergência, atuação em programas junto à comunidade como campanhas informativas que esclareçam à população sobre a importância do trauma como problema de Saúde Pública, além de eventos e treinamentos junto à população.

O ingresso dos primeiros alunos de graduação em Enfermagem na Liga do Trauma se fez por processo seletivo e os alunos selecionados foram Ana Flavia Bucci, Maria Clara Matias, Welington Pereira da Silva, Renata Bispo e Fernanda Gomes de Souza.

A Liga do Trauma da Unicamp é a Liga de Trauma mais antiga do país, desde 1992, e foi possível esta parceria almejada há muito tempo, através da coorientação da Prof Dra Ana Paula Boaventura, professora do Departamento de Enfermagem com o Dr Thiago Rodrigues A. Calderan, médico orientador da Liga do Trauma da Unicamp.

Com as vivências e experiências multiprofissionais destes alunos junto a Liga do Trauma da Unicamp há uma contribuição de forma efetiva na educação e formação destes acadêmicos no contexto da urgência e emergência no nosso país e no mundo.

Texto por: Profa Dra Ana Paula Boavantura e Dr Thiago Calderan

News

CoBraLT- Nova diretoria (gestão 2016/2017) assume durante o XVIII CoLT

nova-diretoria

Membros diretoria CoBraLT – gestão 2015/2016 e 2016/2017

A nova diretoria do Comitê Brasileiro de Ligas de Trauma ( CoBraLT) , gestão 2016/2017 assumiu durante o XVIII CoLT (Congresso Brasileiro das Ligas de Trauma) realizado de 9 a 12 de novembro em Maceió (AL) .

Segundo o presidente da nova diretoria, Daniel Zaidan, da Liga do Trauma da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, a nova gestão 2016/2017 do CoBraLT visa principalmente a expansão nacional de seus programas de prevenção e educação em Emergência e Trauma (Salvando Vidas, P.A.R.T.Y, ações relativas ao Maio Amarelo e desenvolvimento de Simulados SBAIT de Atendimento a Múltiplas Vítimas), investindo na capacitação dos alunos de Ligas Acadêmicas a desenvolverem tais projetos e fomentarem o desenvolvimento de suas próprias ligas, contribuindo para o crescimento da área no Brasil.

Entre as ações definidas para a nova gestão também estão o lançamento de projetos de intercâmbio nacional e internacional (InterBraLT), e o lançamento do Manual das Ligas do Trauma, um livro com relatos de experiência e diretrizes de Ligas do Trauma de todo o Brasil filiadas ao comitê, visando contribuir para o crescimento de Ligas já existente e a criação de novas. Acompanhe as ações do CoBraLT pelo site: http://cobralt.com.br/

Confira a composição da nova diretoria do CoBraLT ( gestão 2016/2017):

nova-diretoria1

nova-diretoria-2

News

“Salvando Vidas” (CoBraLT / SBAIT) alcança mais de 50.000 pessoas em seu primeiro ciclo de atividades

Durante 11 meses de atividades (ciclo 2015/2016), o projeto Salvando Vidas alcançou mais de 50.000 pessoas, sendo 8.100 via ações presenciais e 42.100 por meio das ferramentas de comunicação e marketing dos idealizadores do projeto, o Comitê Brasileiro das Ligas do Trauma (CoBraLT) e a Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT).

O objetivo do projeto é ensinar e conscientizar o público leigo sobre os primeiros socorros utilizados em 10 situações comuns de urgência e emergência presenciadas no dia a dia, contribuindo para a prevenção das situações fatais relacionados à área de urgência, emergência e trauma no Brasil.

Os temas abordados pelo projeto foram:

  • Técnicas para desobstrução de vias aéreas por engasgo (outubro 2015),
  • Ressuscitação cardiopulmonar (novembro 2015),
  • Técnicas básicas para imobilização de vítimas de trauma (dezembro 2015),
  • Lesões térmicas e choque elétrico (Janeiro 2016),
  • Ferimentos (Fevereiro 2016),
  • Afogamento (Março 2016),
  • Acidentes com animais peçonhentos (Abril 2016),
  • Prevenção de lesões por raios (Maio 2016),
  • Medidas para prevenção de intoxicações (Junho 2016)
  • Convulsões (Julho 2016)

As ações foram promovidas pelas Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência e/ou projetos similares filiados ao CoBraLT em 20 cidades brasileiras de 14 Estados, sendo 9 capitais. As cidades onde ocorrem as ações foram: Campinas (SP); Ribeirão Preto (SP); Araraquara (SP); Rio de Janeiro (RJ); Volta Redonda (RJ); Belo Horizonte (MG); Alfenas (MG); Juiz de Fora (MG); Porto Alegre (RS); Canoas (RS); Boa Vista (RR); Teresina (PI); Goiânia (GO); Brasília (DF); Maceió (AL); Campo Grande (MS); Vila Velha (ES); Jequié (BA); Araguaína (TO); Rondonópolis (MT).

Estas atividades de conscientização e capacitação da população leiga ocorreram em praças públicas, shoppings centers, estações rodoviárias e de metrô, unidades de saúde como postos de saúde, maternidades, hospitais universitários, escolas públicas e privadas de ensino infantil, fundamental e médio, creches, sociedades filantrópicas, igrejas, feiras municipais, empresas públicas e privadas e em Universidades.

Entre os 10 temas abordados pelo projeto, ressuscitação cardiopulmonar, engasgo, acidentes com animais peçonhentos e intoxicações tiveram maior repercussão junto ao público leigo.

O projeto contou também com o apoio da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) locais, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Centro de Informação Toxicológica do Rio Grande do Sul (CIT/RS) além de diversas instituições públicas e privadas, especialmente as Instituições de Ensino Superior (IES) locais. Em parceria com as Ligas do Trauma, outras Ligas Acadêmicas também apoiaram as ações presenciais do projeto Salvando Vidas como a Liga Araguainense de Cardiologia, Liga de Neuro da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, Liga de Pediatria da Universidade Luterana do Brasil do Rio Grande do Sul.

O projeto Salvando Vidas, agora programa, retornará com as atividades no mês de setembro de 2016, iniciando o ciclo 2016/2017. Mais informações, acesse: http://cobralt.com.br/extensaos/salvando-vidas-sbaitcobralt/

Por CoBraLT

News

CoBraLT realiza reunião dos membros da diretoria Gestão 2015/2016

da esquerda para direita Thales Scudeler Floriam, Daniel Merino Nascimento, Paulo Henrique Klein e Prof. Dr. Gustavo Pereira Fraga.

Thales Scudeler Floriam, Daniel Merino Nascimento, Paulo Henrique Klein e Prof. Dr. Gustavo Pereira Fraga. (da esq. para dir.)

No dia 30 de abril de 2016, membros da Diretoria do Comitê Brasileiro das Ligas do Trauma (CoBraLT) da Gestão 2015/2016 reuniram-se em Campinas (SP) para a reunião presencial da atual gestão. Estiveram presentes: Paulo Henrique Klein, Thales Scudeler Floriam e Daniel Merino Nascimento. Entre os principais temas discutidos estão o Projeto “Salvando Vidas – CoBraLT/SBAIT”, Manual das Ligas do Trauma e o XVIII Congresso Brasileiro das Ligas do Trauma (CoLT) que neste ano de 2016 ocorrerá junto ao XII Congresso da Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT) e XXIX Congresso Panamericano de Trauma na cidade de Maceió, Alagoas.

Durante a reunião, o Professor Dr. Gustavo Pereira Fraga presenteou o CoBraLT doando dois volumes do periódico “The Journal of Trauma and Acute Care Surgery” edição especial de editores. Na ocasião, os membros da Diretoria ressaltaram também a importância de eventos realizados pelas Ligas Acadêmicas do Trauma e Emergência no Brasil visando ao ensino e educação dos acadêmicos para o adequado atendimento multidisciplinar à vítima de trauma, em destaque o Pré-CoLT realizado em Campinas nos dias 26 a 28 de abril pela Liga do Trauma da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (LT – UNICAMP) em parceria com a Liga do Trauma da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (LT-PUC-Campinas) e a Liga do Trauma de São Leopoldo Mandic (LT-SLM).

Para os próximos meses de gestão, a equipe CoBraLT trabalhará para concretizar os objetivos estabelecidos no plano de metas e trabalho da atual gestão especialmente as ações dos projetos “Salvando Vidas – CoBraLT/SBAIT”, Simulado SBAIT de Atendimento às Múltiplas Vítimas de Trauma, P.A.R.T.Y. (Prevenção do Trauma Relacionado ao Álcool na Juventude), Movimento Maio Amarelo – Atenção pela Vida e o Manual das Ligas do Trauma, todos em parceria com a SBAIT, incentivando também o intercâmbio entre alunos das Ligas do Trauma no Brasil e nas Américas, este em parceria com o Student Subcommittee of Panamerican Trauma Society (SS-PTS).

Até o momento, o CoBraLT é composto por 100 Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência. Mais informações, acesse: www.cobralt.com.br

News

Em outubro, Projeto Salvando Vidas ensinou à população técnicas de desobstrução de vias aéreas por engasgo

10291106_1680687025509571_7113674115947038407_n

Liga do Trauma da Universidade Luterana do Brasil (LT-ULBRA)

Em outubro, 13 Ligas do Trauma de diversas regiões do país participaram do Projeto “Salvando Vidas” ( SBAIT/CoBraLT), ensinando à população Técnicas de desobstrução de vias aéreas por engasgo”.

No dia 16 de outubro de 2015 a Liga Acadêmica Capixaba de Cirurgia (LIACC) realizou atividades de orientação à população no Shopping Vila Velha.

12108235_669473443153465_5647171004800830613_n

Liga Acadêmica Capixaba de Cirurgia (LIACC)

Nos dias 29 e 30 de outubro, a Liga do Trauma da Universidade Luterana do Brasil (LT-ULBRA) realizou as ações do Projeto durante a  Jornada de Pediatria Ulbra, na Universidade Luterana do Brasil em Canoas (RS).

IMG_9879

( Liga do Trauma de Roraima -LTRR

Aprimeira ação do “Salvando Vidas” em Boa Vista-RR  ocorreu no dia 18  de outubro na praça Praça Fábio Marques Paracat , centro da cidade de Boa Vista, RR. A ação contou com a participação de 55 acadêmicos de Medicina da Universidade Federal de Roraima  ( Liga do Trauma de Roraima -LTRR).

Em Juiz de Fora ( MG) as ações foram realizadas pela Liga do Trauma e Emergência da Universidade Federal de Juiz de Fora (LATE-UFJF) , com orientações à população no Parque Halfeld, em 17 de outubro.

Imagem3

Liga do Trauma e Emergência da Universidade Federal de Juiz de Fora (LATE-UFJF)

O Projeto Salvando Vidas conta com 33 Ligas do Trauma de todas as regiões do país cadastradas, que trabalharão, a cada mês, um tema específico para orientação à população. Continue acompanhando!

As ações do Projeto Salvando Vidas, nesse primeiro mês de atividades promoveu orientações a cerca de 970 pessoas. As ações de comunicação e marketing promoveram um alcance aproximado de 3500 pessoas.

Em novembro, o Projeto trabalhará orientações sobre o Tema: “Ressuscitação Cardiopulmonar”que já conta com a participação de Ligas do Trauma em 10 cidades brasileiras.

Ligas participantes das ações do Projeto Salvando Vidas – Outubro

  • Liga Acadêmica de Cirurgia do Trauma da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (LACIT-PUCGO)
  • Liga do Trauma e Emergência da Universidade Federal de Juiz de Fora (LATE-UFJF)
  • Liga Piauiense de Atendimento Integral ao Traumatizado (LAIT-PI)
  • Liga do Trauma da Faculdade de Medicina da UNCISAL (LTFMU)
  • Liga do Trauma de Roraima (LTRR)
  • Liga Acadêmica Capixaba de Cirurgia (LIACC)
  • Liga do Trauma da Universidade Luterana do Brasil (LT-ULBRA)
  • Liga Acadêmica de Emergências Médicas do Centro Universitário de Volta Redonda (LAEM- UniFOA).
  • Liga de Emergência e Trauma da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (LET-UFCSPA)
  • Liga de Trauma e Emergência da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (LT-UFRGS)
  • Liga do Trauma da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (LT-PUCRS).
  • Liga do Trauma e Emergência da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade José do Rosário Vellano – UNIFENAS (LITE-UNIFENAS)
News

Concurso entre Ligas de Trauma de todo o país define o logo do Projeto “Salvando Vidas”

logo salva vidas

Logomarca vencedora do Concurso

O projeto “Salvando Vidas” CoBraLT / SBAIT teve sua logomarca definida nesta segunda-feira, 31, após votação entre os integrantes do Comitê Brasileiro das Ligas do Trauma (CoBraLT) e SBAIT . No total foram 16 sugestões de logomarcas para o concurso enviadas por seis Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência filiadas ao CoBraLT.

O acadêmico membro de Liga Acadêmica de Trauma e Emergência filiada ao CoBraLT vencedor do concurso foi  Victor Alexander Fialho Rocha – Presidente da LACIT-PUCGO ( Liga Acadêmica de Cirurgia do Trauma da Pontifícia Universidade Católica de Goiás) e receberá um prêmio no valor de R$500,00.

_20150901_203025

Victor Alexander Fialho Rocha (LACIT-PUCGO), criador da logomarca

Ele apresentou a explicação da marca vencedora:
“A personagem da esquerda representa um acadêmico de uma Liga do Trauma, enquanto o da esquerda, a população em geral. O CoBraLT, contendo a estrela da vida passada entre os “corredores” ilumina a linha da vida que é levada pela mão do “popular”. Tudo isso, simboliza o fato de que por meio do “Projeto Salvando Vidas”, do CoBraLT e da SBAIT, a população, assistida e orientada pelos acadêmicos de medicina das “LATES” brasileiras poderá chegar primeiro e velozmente a quem está em uma situação de emergência, mantendo-lhe a vida enquanto um serviço profissional vem logo em seguida. Quanto às cores verde, amarelo e vermelho, elas são as mesmas da logomarca da SBAIT.”
Em breve, novas informações sobre o Projeto.

_20150901_203114

Integrantes da Liga Acadêmica de Cirurgia do Trauma da Pontifícia Universidade Católica de Goiás ( LACIT-PUCGO)

O “SALVANDO VIDAS” , que já teve seu lançamento realizado em Campinas no último sábado, é um projeto do CoBraLT e SBAIT e será realizado pelas Ligas do Trauma de todas as regiões do país durante o mês de setembro, promovendo à população, conhecimento e orientações sobre RCP e noções de primeiros socorros.

A Comissão Organizadora Geral do Projeto “Salvando Vidas” parabeniza a todos pela participação!

Confira abaixo, as logomarcas que participaram do concurso:

 

News

Nova diretoria do CoBraLT toma posse durante o XVII CoLT

Durante o XVII Congresso Brasileiro das Ligas do Trauma (CoLT) 2015 em Belo Horizonte, Minas Gerais,foram realizadas a eleição e a posse da nova Diretoria do Comitê Brasileiro das Ligas do Trauma (CoBraLT), Gestão 2015/2016.

Membros equipe CoBraLT - GESTÃO 2015 - 2016

Membros equipe CoBraLT – GESTÃO 2015 – 2016

Para os membros da nova Diretoria eleita, o XVII CoLT 2015 possibilitou maior e melhor troca de experiências e ideias acerca de projetos, pesquisas, trabalhos e ações desenvolvidos pelas Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência filiadas ao CoBraLT proporcionando ambiente favorável para a elaboração do plano de metas e trabalhos para próxima gestão. A equipe CoBraLT 2015/2016 será composta por 26 membros de Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergências filiadas ao CoBraLT durante a última gestão 2014/2015.

Entre as ações idealizadas para a gestão 2015/2016 do CoBraLT estão questões como a atualização constante dos dados e informações do website do CoBraLT , o incentivo à criação de Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergências em Saúde e consequentemente a filiação ao CoBraLT, participação em projetos de extensão em parceria com a Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT), especialmente o projeto P.A.R.T.Y. (Prevenção do Trauma Relacionado ao Álcool na Juventude – Brasil), movimento Maio Amarelo, projeto Salvando Vidas e o Simulado Nacional SBAIT de Atendimento às Múltiplas Vítimas de Trauma, incentivo ao intercâmbio e à produção científica entre as Ligas Acadêmicas filiadas e consequentemente o fortalecimento e a criação de parcerias visando à cooperação de ações que busquem melhorar e ampliar a área de urgência, emergência e trauma no Brasil.

Para mais informações sobre o CoBraLT, acesse: www.cobralt.com.br

Abaixo seguem os nomes e as respectivas funções da diretoria do CoBraLT gestão 2015-2016:

  • Presidente:Paulo Henrique Klein (Liga Amazonense do Trauma);
  • Vice-Presidente:Luana de Castilho Kropf Penante (Liga Acadêmica de Trauma e Emergência da Universidade Federal do Rio de Janeiro);
  • 1º Secretária:Alice Poltosi (Liga do Trauma da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul);
  • 2º Secretária:Yasmin LucchiCecchi (Liga do Trauma da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas);
  • Diretora Científica:Thaís Suelen Israel Ferreira (Liga do Trauma de Roraima);
  • Diretor de Projetos:Ismael Kirst Dornelles (Liga de Emergência e Trauma da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre);
  • Diretor de Comunicação e Marketing:Daniel Zaidan dos Santos(Liga do Trauma da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas);
  • Diretores de Intercâmbio:Marcus Vinícius Gonçalves (Liga Acadêmica de Trauma e Emergências Prof. Irany Salomão da Universidade Estadual de Santa Cruz) e Daniel Merino Nascimento(Liga do Trauma da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas);
  • Diretor Extra-Regional:Hugo Henrique Ribeiro de Almeida(Liga Acadêmica de Trauma e Emergências Prof. Irany Salomão da Universidade Estadual de Santa Cruz);
  • Diretores de Enfermagem:Áurea Lorena Nunes Borges (Liga Acadêmica de Trauma e Emergências Prof. Irany Salomão da Universidade Estadual de Santa Cruz), Joan Alessandro Barros Silva (Liga Araguainense do Trauma de Enfermagem) e Taylane Vilela Chaves (Liga Acadêmica do Trauma e Emergências de Enfermagem de Minas Gerais);
  • Tesoureiro:Thales Scudeler Floriam(Liga do Trauma da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas);
  • Regional Centro-Oeste: Daniel Felipe Gomes da Costa (Liga Acadêmica do Trauma e Emergência Médica da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul);
  • Regional Nordeste: Guilherme Lopes Vasconcelos Manhães (Liga Acadêmica de Trauma de Sergipe);
  • Regional Norte:Vinícius Moreira Lima (Liga Araguainense do Trauma);
  • Regionais Sudeste – São Paulo:Bruno Massaro Guidi (Liga do Trauma da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas) e Ricardo Henrique De Rizzo (Liga do Trauma, Emergências e Terapia Intensiva da Universidade de Ribeirão Preto);
  • Regional Sudeste – Espírito Santo:Leonardo Lopes Gloor (Liga Acadêmica Capixaba de Cirurgia);
  • Regional Sudeste – Rio de Janeiro:Guilherme Fernandes Spinelli (Liga de Trauma e Emergência da Estácio de Sá);
  • Regional Sudeste – Minas Gerais:José Yago Dias de Souza (Liga Acadêmica do Trauma e Emergências de Minas Gerais);
  • Regional Sul:Lucas Oliveira Junqueira e Silva (Liga do Trauma e Emergência da Universidade Federal do Rio Grande do Sul);
  • Estadual Norte:Aguinaldo José Mendes de Sousa Filho (Liga Amazonense do Trauma);
  • Estadual Nordeste:Liga do Trauma da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas;
  • Estadual Sul:Elton Wolaniuk (Liga Acadêmica do Trauma do Hospital Universitário Cajuru);
  • Diretor CoLT 2016:Jones dos Santos Monte (Liga do Trauma da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas).

 

News

XVII CoLT tem início em Belo Horizonte.

Programação tem dois auditórios com aulas teóricas e uma sala com aula prática

LOGO Colt ALTA RESOLUÇÃOO XVII Congresso Brasileiro das Ligas do Trauma (CoLT) teve início nesta quinta-feira (06) na Associação Médica de Minas Gerais, em Belo Horizonte (MG), reunindo até 08 de agosto, cerca de 500 inscritos e Ligas de todas as regiões do país.

O programa ocorre em três ambientes simultâneos, sendo dois auditórios com a programação científica, com convidados nacionais e internacionais de grande relevância na área, e uma sala para aulas práticas.

DSC_0203

Mesa-redonda: Atualidades no Atendimento Pré-Hospitalar

No primeiro dia, o evento possui uma ampla e diversificada programação, com mesas-redondas abordando temas como “Atualidades no atendimento pré-hospitalar”, “Reposição Volêmica no Pré-Hospitalar”, “Trauma e Medicina Legal”, “Drogas no Trauma”, “Trauma e Medicina Legal”, “Traumatologia” e “Queimaduras” . Os  “Grandes Desafios na Cena do Trauma” , “A voz da Experiência” e  o “Ensino do Trauma e Experiência entre regiões” estão entre os destaques da programação, que conta com a participação de diversos membros da SBAIT como palestrantes convidados.

IMG_20150806_091539610

Evento reúne Ligas do Trauma de diversas regiões do país

O XVII CoLT conta com o apoio da SBAIT e organização do Comitê Brasileiro das Ligas do Trauma(CoBraLT), da Liga Acadêmica do Trauma e Emergências (LATE-MG) e Liga do Trauma e Emergência da UNIFENAS -BH.

As inscrições podem ser realizadas até o início da tarde desta quinta-feira (06), no próprio local do evento.

Saiba mais: http://www.colt2015.com.br/

 

 

News

CoBraLT já reúne 71 LATEs em todo o Brasil

O Comitê Brasileiro das Ligas do Trauma (CoBraLT) já possui representaçãologo cobralt
em todas as regiões do país, reunindo até  junho de 2015, 71 Ligas
Acadêmicas de Trauma e Emergência filiadas, atingindo um novo marco para a
Entidade desde seus 12 anos de fundação.

“O CoBraLT ressalta a extrema importância da parceria entre a Sociedade
Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado e o Comitê Brasileiro
das Ligas do Trauma (SBAIT/CoBraLT) e consequentemente o apoio e
direcionamento de preceptores membros da SBAIT visando ao envolvimento das
Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência para o fortalecimento e crescimento
da área de urgência, emergência e trauma no Brasil”, afirma Paulo
Klein, diretor de Comunicação e Marketing do CoBraLT

O Comitê possui como principais objetivos reunir e representar todas as
Ligas Acadêmicas do Trauma e Emergência no Brasil, estimular o surgimento
de novas ligas e contribuir para a boa formação acadêmica dos alunos das
áreas de saúde.
Para saber mais acesse: http://cobralt.com.br/

News

CoBraLT alcança marco inédito em 12 anos de fundação.

logo cobraltFormado pela união das Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência no Brasil e de seus integrantes, o Comitê Brasileiro das Ligas do Trauma (CoBraLT), sociedade civil, sem fins lucrativos, fundado no ano de 2003, completa neste ano de 2015, 12 anos de fundação (Figura 1). O CoBraLT possui como principais objetivos reunir e representar todas as Ligas Acadêmicas do Trauma e Emergência no Brasil, estimulando o surgimento de novas ligas por meio de planos de ação conjunta que visam ao ensino, extensão, prevenção e à pesquisa da doença trauma, contribuindo para a boa formação acadêmica dos alunos das áreas da saúde (Enfermagem, Fisioterapia, Medicina e Nutrição) e consequentemente para o crescimento, amadurecimento, ampliação e atualização do conhecimento nas áreas de urgência, emergência e trauma no Brasil.

cobralt

Membros da atual gestão e de gestões anteriores

Neste ano, por meio do trabalho coletivo, dedicação, parceria e metas que o CoBraLT busca desenvolver a cada gestão, o Comitê alcança um marco inédito desde sua origem. Até o mês de março de 2015, foram filiadas 52 (cinquenta e duas) Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência no Brasil. Quando analisado o número de ligas filiadas ao CoBraLT por regiões brasileiras nesta Gestão 2014/2015, a região Sudeste participa com 57,7% das ligas filiadas, as regiões Norte e Nordeste, ambas com 13,4%, e as regiões Sul e Centro-Oeste com 7,7% cada. Os estados federativos brasileiros que mais possuem Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência filiadas são respectivamente o Estado de São Paulo com 13 ligas, seguido pelo Rio de Janeiro, 9, e Minas Gerais, cinco ligas filiadas. Um dos principais avanços foi o maior número de ligas filiadas na região norte e nordeste em comparação aos anos anteriores.

Segundo levantamento interno do CoBraLT, existem no Brasil aproximadamente 120 Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência que desenvolvem atividades práticas e teóricas visando ao aperfeiçoamento da formação do aluno da área da saúde em urgência, emergência e trauma. A atual gestão 2014/2015 do CoBraLT (Figura 1), por meio de seu plano de trabalho e metas, busca ampliar o número de ligas filiadas apostando nas ações elaboradas e desenvolvidas por meio da experiência adquirida nos 12 anos de fundação do Comitê, entre elas:

  • Parcerias entre o CoBraLT e entidades civis da área da Saúde, especificamente a
    cobralt mattox

    Prof. Dr. Kenneth Mattox e membros do CoBraLT

    Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT), o Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC) e recentemente a Sociedade Panamericana do Trauma (SPT), todas conquistas que ajudam a melhorar e ampliar as atividades desenvolvidas pelo CoBraLT no território brasileiro;

  • O Congresso das Ligas do Trauma (CoLT), realizado desde 1999, que estimula a troca de experiência e o crescimento do conhecimento gerado pelas Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência no território brasileiro;
  • Eventos nacionais de conscientização, treinamento e prevenção, por exemplo, o Simulado Nacional SBAIT de Atendimento às Múltiplas Vítimas de Trauma e os projetos P.A.R.T.Y. – Prevenção do Risco de Trauma Relacionado ao uso de Álcool na Juventude – e Primeiros Socorros;
  • Divulgação de informações, campanhas e pesquisas sobre urgência, emergência e trauma no portal CoBraLT (http://www.cobralt.com.br).

Para os próximos meses de gestão, o CoBraLT visa aproximar-se gradativamente do crescente público discente que, por meio das Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência, encontram meio favorável para ampliar e amadurecer seus conhecimentos a cerca da doença trauma e consequentemente melhor e ampliar o atendimento prestado à vítima de trauma e emergência médicas.

Texto e imagens: CoBraLT

Fechar