Categoria

News

News

“Primeiro Desafio Nacional de Salvamento Veicular e de Trauma” é realizado em São Paulo

96702e_a75898c0d3ab464b972adba91f4959e4-mv2Foi realizado de 07 a 09 de julho  o “Primeiro Desafio Nacional de Salvamento Veicular e de Trauma”. O evento ocorreu na Escola Superior de Bombeiros (São Paulo) e contou com representantes de todo o Brasil, entre eles, o membro da SBAIT, o médico Antônio Onimaru (GRAU-SP).

Foram 22 equipes para o desafio de Salvamento Veicular e 21 equipes para o Desafio de Trauma. O objetivo do evento, além de promover a troca de experiências entre os profissionais e aperfeiçoar o atendimento de vítimas, é selecionar as melhores equipes nas categorias de trauma e salvamento veicular que irão representar o Brasil no Desafio Mundial de Resgate (World Rescue Challenge – WRC).

A equipe do GRAU São Paulo / Corpo de Bombeiros de São Paulo conquistou a primeira colocação no desafio e junto à equipe do Rio Grande do Sul, representará o Brasil no Desafio Mundial que, neste ano, ocorrerá em Curitiba (19 a 23 de outubro).

13661882_1151310488274591_7004663839718505736_o

Equipe GRAU-SP durante o desafio

Imagens e informações:

GRAU-SP e ABRES (Associação Brasileira de Resgate e Salvamento)

News

Orientações para aproveitar as férias escolares com diversão e segurança

criancas-brincando-vertFérias escolares sempre devem inspiram maiores cuidados e atenção às crianças. A SBAIT alerta pais, familiares  e cuidadores para a maior probabilidade de ocorrências com crianças nesse período e que muitas vezes podem ser evitadas.

Segundo a ONG Criança Segura, “os acidentes são a principal causa de mortes de crianças e adolescentes de 1 a 14 anos, no Brasil. São cerca de 5 mil mortes e 137 mil hospitalizações anualmente. Médicos que atendem as crianças nos prontos-socorros relatam que em janeiro e julho aumentam os acidentes por quedas, trânsito, intoxicações e queimaduras. Então, como durante todo o ano, muita atenção com os ambientes que a criança brinca”

Assim, seguem orientações importantes para aproveitar as férias com diversão e segurança:

  • Com as crianças em casa, os pais devem redobrar os cuidados com facas e outros objetos que possam causar ferimentos.
  • Guarde os produtos químicos e tóxicos, como medicamentos, saneantes e venenos, no alto e de preferência trancados.
  • Sempre utilize cadeirinha de segurança no carro do tio, da avó, do amigo e no próprio, mesmo nos pequenos trajetos
  • Brincadeiras de empinar pipas e jogar bola, só em locais seguros e longe do trânsito e dos fios de alta tensão, como parques, praças e clubes.
  • Verifique se os brinquedos do parquinho estão em bom estado, com no máximo 1,5m de altura e um piso que amorteça a queda. Pode ser borracha, areia limpa ou grama fofa;
  • Se a criança ficar em colônia de férias ou acampamentos, sempre verifique quais os cuidados que os monitores têm para prevenir acidentes, se são capacitados para os primeiros socorros e a quantidade máxima de crianças, que não deve passar de 15 por monitor.

O mesmo cuidado deve ser tomado em hotéis, casas de parentes e amigos ou casas alugadas para temporadas. “As crianças são muito curiosas e não têm noção do perigo. Por isso, este tipo de objeto deve estar longe do alcance delas. É importante que os responsáveis façam uma vistoria no local para ver se não tem nada que ofereça perigo”, orienta o presidente da SBAIT, o médico Sandro Scarpelini.

O trânsito, um dos maiores causadores de ferimentos por trauma, é o local que merece maior atenção. “As dicas são as mesmas de sempre, mas é preciso segui-las. As pessoas têm a falsa impressão de que, com elas, não vai acontecer, mas acontece. Por isso, é fundamental não ingerir bebida alcoólica antes de dirigir, fazer manutenção no veículo, não dirigir com sono, não usar celular ao volante, seja para falar, ler ou passar uma mensagem de texto. Somos um dos países que mais matam no trânsito. Precisamos reverter essa situação e isso depende muito da conscientização do motorista”, destaca Scarpelini.

Ainda no trânsito, outro problema preocupante são os ciclistas. “O ciclista costuma estar muito vulnerável, já que nem sempre é respeitado nas ruas. Além disso, há o risco de queda. É fundamental que ele esteja com todos os equipamentos de segurança: capacete, joelheira, cotoveleira e luvas. E isso vale para crianças e adultos. À noite, é muito importante que a bicicleta seja vista, através de lanternas, roupas ou objetos refletores”.

Saiba mais:

Home

News

Ações realizadas pelo Projeto Salvando Vidas em junho

Imagem9

Equipe da LAMUEM-UFMT-CUR, em orientação em escola de educação infantil em Rondonópolis (MT)

O Projeto “Salvando Vidas – CoBraLT/SBAIT” trabalhou em junho com o tema “Medidas para prevenção de intoxicações”, contando com a participação das Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência em ações diretamente com a comunidade:

  • Belo Horizonte (MG): Liga de Emergência e Trauma da Universidade José do Rosário Vellano (LET-UNIFENAS)
  • Ribeirão Preto (SP): Liga do Trauma da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (LT-FMRP-USP);
  • Rondonópolis (MT): Liga Acadêmica de Medicina de Urgência e Emergência do Centro Universitário de Rondonópolis da Universidade Federal do Mato Grosso (LAMUEM-UFMT-CUR).
  • Porto Alegre (RS): Liga de Trauma e Emergência da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (LTE-UFRGS).

Foram capacitadas por meio das ações sociais presenciais aproximadamente 155 pessoas. Nas redes sociais, o projeto “Salvando Vidas – CoBraLT/SBAIT” alcançou cerca de 1100 pessoas.

Imagem6

LT-FMRP-USP durante a ação: “Cuidado! Sua coluna é frágil” e “Não dê as costas para o perigo”.

Em destaque está a ação da LT-FMRP-USP realizada no dia 14 de junho na praça XV de Novembro em Ribeirão Preto em parceria com a Liga de Neuro da FMRP-USP visando à prevenção do trauma vertebromedular utilizando os slogans “Cuidado! Sua coluna é frágil” e “Não dê as costas para o perigo”.

Neste mês de Julho de 2016, o projeto trabalhará com o tema “CONVULSÕES”. Será o último mês de atividades antes do fechamento deste primeiro ciclo de ações (2015/2016). O próximo ciclo de atividades do programa “Salvando Vidas – CoBraLT/SBAIT” iniciará em setembro de 2016.

 

 

Durante os 10 meses de trabalho do Projeto Salvando Vidas, já foram contabilizadas:

 

 

  • Ações sociais presenciais: 7.250, média de 725 pessoas/mês;
  • Ações de comunicação e marketing: 40.300, média de 4.100 pessoas/mês.
  • Local das ações:
    • Total: 19;
    • Cidades: Campinas (SP); Ribeirão Preto (SP); Rio de Janeiro (RJ); Volta Redonda (RJ); Belo Horizonte (MG); Alfenas (MG); Juiz de Fora (MG); Porto Alegre (RS); Canoas (RS); Boa Vista (RR); Teresina (PI); Goiânia (GO); Brasília (DF); Maceió (AL); Campo Grande (MS); Vila Velha (ES); Jequié (BA); Araguaína (TO); Rondonópolis (MT).
  • Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência:
    • Total: Até o momento, 44 Ligas aceitaram participar, sendo que 30 realizaram alguma ação de apoio ao projeto neste primeiro ciclo de ações (2015/2016).
    • Apoio Institucional:
      • O projeto Salvando Vidas – CoBraLT/SBAIT contou com o apoio da iniciativa público e privada, especialmente das Instituições de Ensino Superior (IES) locais, demonstrando o interesse destas instituições em se aproximar da comunidade em geral levando conhecimento e ajudando a prevenir situações comuns em urgência e emergência.

Imagens do Projeto Salvando Vidas em junho:

Imagem5 Imagem1 Imagem10 Imagem13

News

Registro de Trauma revela que ocorrências de trânsito causam um terço das internações por trauma em Buenos Aires.

transito-y-transporte-2228780w640

O mapa mostra os locais onde os pacientes feridos são auxiliados: automóvel (rosa), ciclismo (verde), motociclistas (azul) e pedestres (violeta). Foto: Cortesia Trauma Foundation

Dados do Sistema de Trauma  revelam que um terço das internações hospitalares e 75% das assistências por ambulâncias nas ruas em Buenos Aires são causadas por ocorrências do trânsito. Outras causas incluem quedas, agressões e afogamentos.

O sistema possui mais de 38.000 registros de pacientes tratados por trauma na província de Buenos Aires e está sendo construído há seis anos pela Fundación Trauma, com uma incorporação progressiva dos hospitais para formar a rede atual de 10 centros e sistema de emergência de Buenos Aires. Os números se traduzem em cerca de 900 internações por trimestre apenas na rede de hospitais públicos que trabalham com a entidade. Eles são, em todos os casos, evitáveis.

A maioria dos lesionados em estradas públicas (55%) são motociclistas, seguidos pelos motoristas (26%), os peões (8%) e os ciclistas (6%).

Os acidentes com motos são mais comuns entre os 16 e 34 anos. 80% dos motociclistas não usam capacetes, expondo assim a vantagem para lesões mais graves e reforça sete vezes o risco de morrer.

Saiba detalhes:

Los “accidentes” de tránsito causan un tercio de las internaciones por trauma , La Nacion, 30 de junho de 2016

 

News

SBAIT é homenageada como parceiro destaque do Movimento Maio Amarelo

homenagem maio amarelo

A SBAIT esteve entre os parceiros do Movimento Maio Amarelo homenageados durante cerimônia em São Paulo.

Em cerimônia realizada em dia 30 de junho no Teatro Vivo, em São Paulo, o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária (ONSV) homenageou os parceiros destaques do Maio Amarelo – criado com a proposta de conscientizar a sociedade sobre a necessidade de redução do número de mortes e de feridos graves em acidentes de trânsito nas vias e rodovias – e encerrou a edição de 2016 do Movimento.

OBSERVATORIO (221)

Dr Gustavo P. Fraga, representando a SBAIT durante a homenagem

No evento, parceiros que fizeram a diferença nesta edição tiveram o empenho destacado por meio do recebimento de medalhas e de troféus, entre eles, a SBAIT, que esteve representada na cerimônia pelo médico Gustavo Pereira Fraga, coordenador do comitê de prevenção da SBAIT.

Dr Gustavo disse compartilhar a homenagem que recebia em nome da SBAIT com todos os profissionais de saúde que no dia a dia, em hospitais, prontos-socorros e em viaturas de resgate, trabalham incansavelmente para salvar vidas de acidentados no trânsito.

Entre os parceiros homenageados também destacaram-se desde grandes empresas e órgãos públicos, a associações da sociedade civil, jovens universitários e pessoas que, pelos mais variados motivos, se integraram à causa da paz no trânsito.

Durante o evento também foi apresentado o balanço da edição 2016 do Movimento Maio Amarelo, que conquistou o apoio de mais de duas mil empresas públicas e privadas nacionais e internacionais, com ações realizadas também em 23 países dos cinco continentes.

Saiba mais: http://maioamarelo.com/

News

Pré-CoLT PR 2016 é realizado em Curitiba

FOTO 4 (4)Foi realizada em 18 de junho a Jornada Acadêmica de Emergências Cirúrgicas e Pré-Congresso Brasileiro das Ligas do Trauma Paraná (Pré-CoLT PR) 2016. O evento ocorreu no Auditório do Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR) e contou com a participação de aproximadamente 80 pessoas.

Entre os destaques da programação científica esteve a palestra sobre atendimento a queimados ministrada pelo Prof. Dr. Jun Takaki. O Hospital Universitário Evangélico de Curitiba (HUEC) é referência em tratamento de queimados no Estado do Paraná. O evento foi organizado pelas equipes da Liga Acadêmica de Cirurgia do Trauma ( LACIT) e da Liga Acadêmica de Emergências Cirúrgicas (LAEC), ambas do HUEC. 

Créditos das fotos: LACIT-HUEC

News

COMUNICADO SBAIT – Resposta médica durante os Jogos Olímpicos Rio 2016

sbait rio 2016

Os Jogos Olímpicos se aproximam e apesar da grande experiência do Rio de Janeiro na recepção de grandes eventos, existe a preocupação de todos com a resposta médica a possíveis agravos envolvendo um grande número de pessoas.

A SBAIT congrega profissionais qualificados para dar respostas a esses agravos, tanto no atendimento pré-hospitalar, quanto nos hospitais. Vários dos nossos associados estão envolvidos diretamente no planejamento ou estarão participando do atendimento durante os jogos.

Apesar dos recentes informes dos organizadores, dando conta da preparação do atendimento aos atletas e ao público dentro dos estádios e dos esforços dos demais envolvidos com a comunidade, os serviços públicos de saúde tem sido afetados pela crise econômica e política e muitos dos nossos colegas lutam diariamente para manter o mínimo de qualidade na assistência às emergências e ao trauma.

A SBAIT vai permanecer mobilizada durante os jogos, os nossos associados que, voluntariamente ou por conta de seus vínculos com os serviços de saúde, estarão no Rio de Janeiro, poderão contar com o apoio de todos os outros.

Diretoria SBAIT

News

Festa Junina: Cuidados importantes no uso de fogos de artifício

fogos

Estimativas apontam que uma em cada dez pessoas que mexem com fogos de artifício sofre algum tipo de acidente.

Em junho e julho a tradição das festas juninas e julinas espalha- se por todo o país. Mas além das típicas guloseimas, a diversão às vezes vai além da quadrilha, com o uso dos fogos de artíficio.

A SBAIT alerta para alguns cuidados durante o manuseio desses produtos que podem evitar queimaduras e outras lesões por toda a vida, o que infelizmente é muito comum nessa época.

Estimativas apontam que uma em cada dez pessoas que mexem com fogos de artifício sofre algum tipo de acidente. Os resultados variam entre queimaduras, lesões nos olhos e no ouvido, amputações e até morte.

Em caso de acidente, a pessoa deve lavar o ferimento com água corrente e evitar tocar na área queimada. Outro cuidado que deve ser tomado é não passar nenhuma substância sobre a lesão, como creme dental, pomadas, clara de ovo e manteiga. Em seguida, o ferido deve ser levado à unidade de saúde mais próxima.

De acordo com a Associação Brasileira de Cirurgia da Mão, cerca de 70% dos casos de queimaduras são provocados por artefatos pirotécnicos e 10% das vítimas sofrem amputações, principalmente, das mãos e dedos. As lesões provocadas por fogos de artifício são graves e difíceis de recuperar.

Observe alguns cuidados que devem ser tomados ao manusear esses produtos e aproveite a festa em segurança:

  • Não segure os fogos de artifício com as mãos. Prenda o rojão sempre em uma armação e fique longe na hora de acendê-lo.
  • Não insista em acender fogos que falharem.
  • Dispare os fogos somente ao ar livre, sempre com o cuidado de estar longe de substância inflamáveis ou redes elétricas.
  • Mantenha um recipiente com água próximo e descarte nele os fogos já usados ou aqueles que falharam, a fim de evitar riscos de novas explosões.
  • Nunca manuseie fogos após consumir bebida alcoólica  Confira sempre o certificado de garantia dos fogos.
  • Leia atentamente as instruções de uso contidas nas embalagens.
  • Compre fogos de artifício somente em estabelecimentos credenciados pela Divisão de Armas, Munições e Material Explosivo da Polícia Civil. Nunca compre em lojas de fabricação caseira.
News

Convite – Exposição das ações do “Movimento Maio Amarelo por um trânsito mais humano” em Ribeirão Preto (SP)

Imagem3

O “Movimento Maio Amarelo por um trânsito mais humano” envolveu a população de Ribeirão Preto

Em Ribeirão Preto (SP), uma exposição retratará até o dia 21 de junho, as ações do Movimento Maio Amarelo, realizadas na cidade durante o mês de maio.

No município de Ribeirão Preto, foram realizadas atividades com o tema “Movimento Maio Amarelo por um trânsito mais humano”, desenvolvidas em uma parceria entre o Corpo de Bombeiros, Instituições de Educação Superior, com ênfase nas Ligas de Trauma (Universidade de São Paulo (USP), Centro Universitário Barão de Mauá e Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp)), Secretaria da Saúde do Município (Departamento de Vigilância em Saúde e SAMU), Sest/Senat, Empresa de Trânsito de Ribeirão Preto (Transerp), Observatório Nacional de Segurança Viária, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo e SBAIT.

Serviço

Exposição – Atividades Maio Amarelo- Ribeirão Preto

Local: Secretaria Municipal da Saúde – Rua Prudente de Moraes, 457, Ribeirão Preto.

Data: Até o  dia 21 de junho, exceto sábado e domingo, das 9h às 14h

 

 

News

“Ande de Bike” é o tema da Agenda Positiva de junho.

4O uso da bicicleta como meio de locomoção vem sendo incentivada cada vez mais, tanto pela questão de contribuir para uma melhor mobilidade urbana,  como também pelos benefícios que sua prática traz para o meio ambiente e também para a saúde do ciclista.

Dessa forma, a Agenda Positiva do Movimento Maio Amarelo (Observatório Nacional de Segurança Viária), adota nesse mês de junho, o tema “Ande de Bike”, com peças e vídeo no qual são tratadas as vantagens de se utilizar a bicicleta como meio de transporte, além de orientações para a segurança do ciclista.

Baixe as peças GRATUITAMENTE clicando aqui.

Saiba mais:

Agenda Positiva – #AndeDeBike

Vídeo:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=pYaYwsNh6tU]

Fechar