Tag

Salvando Vidas

News

Projeto Salvando Vidas iniciou as ações de 2016 com os temas “Lesões térmicas e choque elétrico”

FLYER A5 - FRENTE - JANEIRO 2016 (2)O Projeto Salvando Vidas (CoBraLT/SBAIT) iniciou 2016 trabalhando com os temas “Lesões térmicas e choque elétrico”. Ao todo, foram alcançadas  cerca de 4000 pessoas por meio de ações online de orientação em redes sociais e websites.

Participaram diretamente das ações de janeiro as seguintes Ligas:

  • Liga Acadêmica do Trauma da Universidade Caxias do Sul (LAT – UCS);
  • Liga Acadêmica de Cirurgia e Trauma da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (LIACIT – UNIOESTE) Liga de Emergência e Trauma da Universidade José do Rosário Vellano – UNIFENAS (LET-UNIFENAS)
  • Liga Acadêmica de Cirurgia do Trauma da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (LACIT-PUCGO)
  • Liga Acadêmica de Trauma, Urgência e Emergência do Delta -UFPI (LATURE)
  • Liga do Trauma de Roraima (LTRR)
  • Liga Acadêmica do Trauma e Emergências Médicas da Universidade Federal da Bahia ( LAEME-UFBA)
  • Liga de Trauma, Emergência e Medicina Intensiva da Universidade de Fortaleza (LITEMI-UNIFOR)
  • Liga Acadêmica de Trauma e Emergência da Universidade Federal do Paiauí (LATE-PI)

Em fevereiro, as ações trabalharão o tema “Ferimentos”. Já foram realizadas duas ações presenciais pelos membros da Liga do Trauma de Roraima (LTRR) e Liga Acadêmica do Trauma e Emergência da Universidade Federal do Piauí (LATE-PI) , capacitando no total, 70 pessoas.

Abaixo, imagens das ações já realizadas em fevereiro.

Liga do Trauma de Roraima (LTRR)b

Liga do Trauma de Roraima (LTRR), durante ação na Auto Escola Cidade, Boa Vista (RR)

Liga Acadêmica de Trauma e Emergência da Universidade Federal do Piauí (LATE-PI)

Liga Acadêmica de Trauma e Emergência da Universidade Federal do Piauí (LATE-PI) na Maternidade Dona Evangélica Rosa, Teresina (PI)

News

“Lesões térmicas e choque elétrico” são os temas do Projeto Salvando Vidas em janeiro

FLYER A5 - FRENTE - JANEIRO 2016 (2)O Projeto Salvando Vidas (CoBraLT/SBAIT) trabalhará em janeiro os temas “Lesões térmicas e choque elétrico”.
Participarão das atividades de orientação à população, membros de Ligas Acadêmicas de diversas regiões do país:

– Canoas (RS) – Liga do Trauma da Universidade Luterana do Brasil do Rio Grande do Sul (LT-ULBRA);

– Araguaína (TO) – Liga Araguainense do Trauma de Enfermagem (LATE);

– Goiânia (GO) – Liga Acadêmica de Cirurgia do Trauma da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (LACIT-PUCGO);

– Boa Vista (RR) – Liga do Trauma de Roraima (LTRR);

– Teresina (PI) – Liga Acadêmica de Trauma e Emergência da Universidade Federal do Piauí (LATE-PI);

– Maceió (AL) – Liga do Trauma da Faculdade de Medicina da UNCISAL (LTFMU);

– Juiz de Fora (MG) – Liga do Trauma e Emergência da Universidade Federal de Juiz de Fora (LATE-UFJF).

Até o momento 39 Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência participarão do Projeto Salvando Vidas ao longo deste ano, promovendo orientações à população de 33 cidades brasileiras:

Brasília (DF), Gama (DF), Goiânia (GO), Campo Grande (MS), Rio de Janeiro (RJ), Volta Redonda (RJ), Botucatu (SP), Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), São José do Rio Preto (SP), Catanduva (SP), Belo Horizonte (MG), Alfenas (MG), Viçosa (MG), Ouro Preto (MG), Juiz de Fora (MG), Porto Alegre (RS), Passo Fundo (RS), Canoas (RS), Caxias do Sul (RS), Cascavel (PR), Curitiba (PR), Chapecó (SC), Vila Velha (ES), Araguaína (TO), Manaus (AM), Boa Vista (RR), Teresina (PI), Pinheiro (MA), Maceió (AL), João Pessoa (PB), Fortaleza (CE), Salvador (BA).

Saiba mais: http://cobralt.com.br/

‪#‎SalvandoVidas‬ ‪#‎CoBraLT‬ ‪#‎SBAIT‬ ‪#‎LigasdeTrauma‬ ‪#‎Emergência‬

FLYER A5 - VERSO - JANEIRO 2016 (2)

News

Projeto Salvando Vidas orienta cerca de 20 mil pessoas em 2015

LAEM UNIFOA - 1

Liga Acadêmica de Emergências Médicas do Centro Universitário de Volta Redonda (LAEM- UniFOA)

Em 2015, o Projeto Salvando Vidas (CoBraLT/SBAIT) levou orientação à população sobre diversos temas, como “Técnicas para desobstrução de vias aéreas por engasgo” (out/15) e “Ressuscitação cardiopulmonar” (nov/15).

Ao todo participam do projeto 36 Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência, de todas as regiões brasileiras, sendo 15 cidades em 11 Estados: Vila Velha (ES), Goiânia (GO), Juiz de Fora ( MG), Belo Horizonte (MG), Alfenas, ( MG), Boa Vista ( RR), Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), Brasília ( DF), Maceió (AL), Teresina ( PI), Volta Redonda (RJ), Rio de Janeiro (RJ), Canoas( RS) e Araguaína (TO). 

O projeto, que teve lançamento oficial em setembro, já capacitou cerca de 5000 pessoas leigas presencialmente e 22.000 por meio de ações online.

Para o presidente da SBAIT, Sandro Scarpelini, o leigo é um importante aliado dos profissionais de saúde para salvar vidas. “O atendimento prestado nos primeiros momentos após um evento pode ser decisivo e garantir a sobrevivência da vítima”, explica. “Por isso, queremos multiplicar este tipo de conhecimento. São técnicas simples, que um leigo pode aplicar até a chegada de uma equipe de resgate”, completa.

Em dezembro, o Projeto “Salvando Vidas” (CoBraLT/SBAIT) orientou a população sobre o “Técnicas básicas para imobilização de vítimas de trauma” , alcançando no total cerca de 3100 pessoas , entre ações presenciais e online.

Membros de 6 Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência participaram das ações neste mês de dezembro:

  • Juiz de Fora (MG): Liga do Trauma e Emergência da Universidade Federal de Juiz de Fora (LATE-UFJF)
  • Goiânia (GO): Liga Acadêmica de Cirurgia do Trauma da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (LACIT-PUCGO)
  • Maceió (AL): Liga do Trauma da Faculdade de Medicina da UNCISAL (LTFMU)
  • Araguaína (TO): Liga Araguainense do Trauma de Enfermagem (LATE)
  • Teresina (PI): Liga Acadêmica de Trauma e Emergência da Universidade Federal do Piauí (LATE-PI)
  • Volta Redonda (RJ): Liga Acadêmica de Emergências Médicas do Centro Universitário de Volta Redonda (LAEM- UniFOA).

Para janeiro, o tema proposto é “Lesões térmicas e choque elétrico” e já conta com a participação de membros de Ligas do Trauma de diversas regiões do país.

Confira imagens das ações realizadas em dezembro/2015

News

Projeto Salvando Vidas segue com ações em todo o país durante o mês de dezembro

LAEM UNIFOA - 1

Liga Acadêmica de Emergências Médicas do Centro Universitário de Volta Redonda (LAEM- UniFOA) – Volta Redonda – RJ

Em dezembro, membros de Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência participam do Projeto Salvando Vidas (CoBraLT /SBAIT) orientando a população sobre “Técnicas básicas para imobilização de vítima de trauma”. Ligas participantes:

  •  Juiz de Fora – MG: Liga do Trauma e Emergência da Universidade Federal de Juiz de Fora (LATE-UFJF)
  • Brasília – DF: Liga de Emergência e Trauma da Escola Superior de Ciências da Saúde do Distrito Federal (LETES-DF)
  •  Goiânia – GO: Liga Acadêmica de Cirurgia do Trauma da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (LACIT-PUCGO)
  • Belo Horizonte – MG: Liga do Trauma e Emergência da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade José do Rosário Vellano – UNIFENAS (LITE-UNIFENAS)
  • Maceió – AL: Liga do Trauma da Faculdade de Medicina da UNCISAL (LTFMU)
  • Araguaína – TO: Liga Araguainense do Trauma de Enfermagem (LATE)
  • Teresina – PI: Liga Acadêmica de Trauma e Emergência da Universidade Federal do Piauí (LATE-PI)
  • Volta Redonda – RJ: Liga Acadêmica de Emergências Médicas do Centro Universitário de Volta Redonda (LAEM- UniFOA).

Diversas ações já foram realizadas em várias regiões do país, confira:

 

News

Projeto “Salvando Vidas” de dezembro orienta sobre “Técnicas básicas para imobilização de vítimas de trauma”

Imagem1O projeto Salvando Vidas ( CoBraLT/SBAIT) em dezembro orientará a população sobre “Técnicas básicas para imobilização de vítimas de trauma”. Diversas ações serão realizadas pelos membros das Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência em várias regiões do país.

Confira as Ligas participantes:

  •  Juiz de Fora – MGLiga do Trauma e Emergência da Universidade Federal de Juiz de Fora (LATE-UFJF)
  • Brasília – DFLiga de Emergência e Trauma da Escola Superior de Ciências da Saúde do Distrito Federal (LETES-DF)
  •  Goiânia – GO: Liga Acadêmica de Cirurgia do Trauma da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (LACIT-PUCGO)
  • Belo Horizonte – MGLiga do Trauma e Emergência da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade José do Rosário Vellano – UNIFENAS (LITE-UNIFENAS)
  • Maceió – AL: Liga do Trauma da Faculdade de Medicina da UNCISAL (LTFMU)
  • Araguaína – TOLiga Araguainense do Trauma de Enfermagem (LATE)
  • Teresina – PILiga Acadêmica de Trauma e Emergência da Universidade Federal do Piauí (LATE-PI)
  • Volta Redonda – RJLiga Acadêmica de Emergências Médicas do Centro Universitário de Volta Redonda (LAEM- UniFOA).

Durante o mês de novembro, trabalhando sobre o tema  “Ressuscitação Cardiopulmonar”, o Projeto “Salvando Vidas” (CoBraLT/SBAIT) alcançou no total cerca de 1000 pessoas presencialmente em shoppings, praças, escolas e universidades. Além disso, aproximadamente  5.700 pessoas foram alcançadas nas redes sociais, com a ações de orientações online.

No total, 34 Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência participam do projeto “Salvando Vidas – CoBraLT/SBAIT”. As ações estão previstas para acontecerem em 28 cidades brasileiras: Brasília (DF), Gama (DF), Goiânia (GO), Campo Grande (MS), Rio de Janeiro (RJ), Volta Redonda (RJ), Botucatu (SP), Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), São José do Rio Preto (SP), Catanduva (SP), Belo Horizonte (MG), Alfenas (MG), Viçosa (MG), Juiz de Fora (MG), Porto Alegre (RS), Passo Fundo (RS), Canoas (RS), Curitiba (PR), Vila Velha (ES), Araguaína (TO), Manaus (AM), Boa Vista (RR), Terezina (PI), Pinheiro (MA), Maceió (AL), João Pessoa (PB), Salvador (BA).

Abaixo, o Folder do Projeto em dezembro, com o tema “Técnicas básicas para imobilização de vítimas de trauma”.

FLYER - A5 - VERSO - DEZEMBRO 2015 - JPG

News

Em novembro, projeto Salvando Vidas levou à população orientações sobre “Ressuscitação Cardiopulmonar”

12226931_907542889323093_1323615948930668976_n

Ação da Liga Araguainense do Trauma (LAT) na Praça das Bandeiras – Centro – Araguaína (TO) em 18/11/15

Durante o mês de novembro, o Projeto “Salvando Vidas” (CoBraLT/SBAIT) orientou a população sobre o tema “Ressuscitação Cardiopulmonar”, alcançando no total cerca de 1000 pessoas presencialmente em shoppings, praças, escolas e universidades. Além disso, aproximadamente  5.700 pessoas foram alcançadas nas redes sociais, com a ações de orientações online.

Membros de 11 Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência de diversas regiões do país participaram das ações neste mês de novembro: 

  • Liga do Trauma e Emergência da Universidade Federal de Juiz de Fora (LATE-UFJF);
  •  Liga do Trauma de Roraima (LTRR);
  • Liga do Trauma, Emergências e Terapia Intensiva da Universidade de Ribeirão Preto (LiTETI-UNAERP);
  • Liga Araguainense do Trauma (LAT);
  • Liga do Trauma da Universidade Luterana do Brasil do Rio Grande do Sul (LT-ULBRA);
  • Liga de Emergência e Trauma da Escola Superior de Ciências da Saúde do Distrito Federal (LETES-DF);
  • Liga Araguainense do Trauma de Enfermagem (LATE);
  • Liga do Trauma da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (LT da UNICAMP);
  • Liga Acadêmica de Trauma e Emergência e Simulação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (LATES-UFRJ);
  • Liga Universitária de Trauma e Emergência da Universidade Estácio de Sá Campos João Pessoa (LUTREC-UNESA);
  • Liga Acadêmica de Emergências Médicas do Centro Universitário de Volta Redonda (LAEM- UniFOA).

Para dezembro, o tema proposto é “Técnicas básicas para imobilização de vítimas de trauma” e já conta com a participação de membros de Ligas do Trauma de diversas regiões do país.

No total, 34 Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência participam do projeto “Salvando Vidas – CoBraLT/SBAIT”. As ações estão previstas para acontecerem em 28 cidades brasileiras: Brasília (DF), Gama (DF), Goiânia (GO), Campo Grande (MS), Rio de Janeiro (RJ), Volta Redonda (RJ), Botucatu (SP), Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), São José do Rio Preto (SP), Catanduva (SP), Belo Horizonte (MG), Alfenas (MG), Viçosa (MG), Juiz de Fora (MG), Porto Alegre (RS), Passo Fundo (RS), Canoas (RS), Curitiba (PR), Vila Velha (ES), Araguaína (TO), Manaus (AM), Boa Vista (RR), Terezina (PI), Pinheiro (MA), Maceió (AL), João Pessoa (PB), Salvador (BA). 

Confira algumas imagens das ações realizadas em novembro/ 2015:

News

“Ressuscitação cardiopulmonar” é o tema de novembro do Projeto Salvando Vidas ( CoBraLT/SBAIT)

SALVANDO VIDAS - CARTAZ - NOVEMBRO 2015O tema do Projeto Salvando Vidas ( CoBraLT/SBAIT) do mês de novembro  “Ressuscitação Cardiopulmonar”. 15 Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência desenvolverão ações de orientação à população em diversas regiões do país.

Confira as Ligas participantes do Projeto em novembro:

  • Juiz de Fora (MG): Liga do Trauma e Emergência da Universidade Federal de Juiz de Fora (LATE-UFJF)
  • Belo Horizonte (MG): Liga do Trauma e Emergência da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade José do Rosário Vellano – UNIFENAS (LITE-UNIFENAS)
  • Boa Vista (RR): Liga do Trauma de Roraima (LTRR)
  • Porto Alegre (RS): Liga do Trauma da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (LT-PUCRS)
  • Canoas (RS): Liga do Trauma da Universidade Luterana do Brasil (LT-ULBRA)
  • Teresina (PI): Liga Acadêmica de Trauma e Emergência da Universidade Federal do Piauí (LATE-PI)
  • Rio de Janeiro (RJ): Liga Acadêmica de Trauma e Emergência da Estácio de Sá (LATEES)
  • Volta Redonda (RJ): Liga Acadêmica de Emergências Médicas do Centro Universitário de Volta Redonda (LAEM- UniFOA)
  • Ribeirão Preto (SP): Liga do Trauma, Emergências e Terapia Intensiva da Universidade de Ribeirão Preto (LiTETI-UNAERP)
  • Campinas (SP): Liga do Trauma da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (LT da UNICAMP)
  • Araguaína (TO): Liga Araguainense do Trauma (LAT)
  • Araguaína (TO): Liga Araguainense do Trauma de Enfermagem (LATE)
  • Vila Velha (ES): Liga Acadêmica Capixaba de Cirurgia (LIACC)
  • Brasília (DF): Liga de Emergência e Trauma da Escola Superior de Ciências da Saúde (LETES-DF)
  • Goiânia (GO): Liga Acadêmica de Cirurgia do Trauma da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (LACIT-PUCGO).
No total, são 34 Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência participantes do projeto “Salvando Vidas – CoBraLT/SBAIT”. As ações estão previstas para acontecerem em 28 cidades brasileiras:
 
Brasília (DF), Gama (DF), Goiânia (GO), Campo Grande (MS), Rio de Janeiro (RJ), Volta Redonda (RJ), Botucatu (SP), Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), São José do Rio Preto (SP), Catanduva (SP), Belo Horizonte (MG), Alfenas (MG), Viçosa (MG), Juiz de Fora (MG), Porto Alegre (RS), Passo Fundo (RS), Canoas (RS), Curitiba (PR), Vila Velha (ES), Araguaína (TO), Manaus (AM), Boa Vista (RR), Terezina (PI), Pinheiro (MA), Maceió (AL), João Pessoa (PB), Salvador (BA).

Informações:

CoBraLT:  http://cobralt.com.br/

News

Em outubro, Projeto Salvando Vidas ensinou à população técnicas de desobstrução de vias aéreas por engasgo

10291106_1680687025509571_7113674115947038407_n

Liga do Trauma da Universidade Luterana do Brasil (LT-ULBRA)

Em outubro, 13 Ligas do Trauma de diversas regiões do país participaram do Projeto “Salvando Vidas” ( SBAIT/CoBraLT), ensinando à população Técnicas de desobstrução de vias aéreas por engasgo”.

No dia 16 de outubro de 2015 a Liga Acadêmica Capixaba de Cirurgia (LIACC) realizou atividades de orientação à população no Shopping Vila Velha.

12108235_669473443153465_5647171004800830613_n

Liga Acadêmica Capixaba de Cirurgia (LIACC)

Nos dias 29 e 30 de outubro, a Liga do Trauma da Universidade Luterana do Brasil (LT-ULBRA) realizou as ações do Projeto durante a  Jornada de Pediatria Ulbra, na Universidade Luterana do Brasil em Canoas (RS).

IMG_9879

( Liga do Trauma de Roraima -LTRR

Aprimeira ação do “Salvando Vidas” em Boa Vista-RR  ocorreu no dia 18  de outubro na praça Praça Fábio Marques Paracat , centro da cidade de Boa Vista, RR. A ação contou com a participação de 55 acadêmicos de Medicina da Universidade Federal de Roraima  ( Liga do Trauma de Roraima -LTRR).

Em Juiz de Fora ( MG) as ações foram realizadas pela Liga do Trauma e Emergência da Universidade Federal de Juiz de Fora (LATE-UFJF) , com orientações à população no Parque Halfeld, em 17 de outubro.

Imagem3

Liga do Trauma e Emergência da Universidade Federal de Juiz de Fora (LATE-UFJF)

O Projeto Salvando Vidas conta com 33 Ligas do Trauma de todas as regiões do país cadastradas, que trabalharão, a cada mês, um tema específico para orientação à população. Continue acompanhando!

As ações do Projeto Salvando Vidas, nesse primeiro mês de atividades promoveu orientações a cerca de 970 pessoas. As ações de comunicação e marketing promoveram um alcance aproximado de 3500 pessoas.

Em novembro, o Projeto trabalhará orientações sobre o Tema: “Ressuscitação Cardiopulmonar”que já conta com a participação de Ligas do Trauma em 10 cidades brasileiras.

Ligas participantes das ações do Projeto Salvando Vidas – Outubro

  • Liga Acadêmica de Cirurgia do Trauma da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (LACIT-PUCGO)
  • Liga do Trauma e Emergência da Universidade Federal de Juiz de Fora (LATE-UFJF)
  • Liga Piauiense de Atendimento Integral ao Traumatizado (LAIT-PI)
  • Liga do Trauma da Faculdade de Medicina da UNCISAL (LTFMU)
  • Liga do Trauma de Roraima (LTRR)
  • Liga Acadêmica Capixaba de Cirurgia (LIACC)
  • Liga do Trauma da Universidade Luterana do Brasil (LT-ULBRA)
  • Liga Acadêmica de Emergências Médicas do Centro Universitário de Volta Redonda (LAEM- UniFOA).
  • Liga de Emergência e Trauma da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (LET-UFCSPA)
  • Liga de Trauma e Emergência da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (LT-UFRGS)
  • Liga do Trauma da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (LT-PUCRS).
  • Liga do Trauma e Emergência da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade José do Rosário Vellano – UNIFENAS (LITE-UNIFENAS)
News

“Técnicas para desobstrução de vias aéreas por engasgo” é o tema do Projeto Salvando Vidas de outubro

folder frente Em outubro, o Projeto Salvando Vidas,         (CoBraLT/SBAIT), que envolve as Ligas de Trauma de todas as regiões do país, terá como foco ações de prevenção envolvendo  “Técnicas para desobstrução de vias aéreas por engasgo”. 33 Ligas do Trauma já confirmaram a participação.

No Projeto, estudantes de medicina de todo o país ensinam leigos a prestarem os primeiros socorros em vários tipos de situações. O cronograma prevê ações mensais de outubro de 2015 a julho de 2016. Em cada edição, será abordado um tema diferente.

Em setembro, por exemplo, os estudantes ensinaram à população técnicas de RCP, folder verso jpgalcançando um público presencial aproximado de 3000 pessoas e um alcance de cerca de 10 mil pessoas nas redes sociais, com a divulgação da campanha.

Cidades participantes do Projeto setembro:  Campinas /SP  ( Liga do Trauma da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas- LT da UNICAMP), Juiz de Fora /MG ( Liga do Trauma e Emergência da Universidade Federal de Juiz de Fora -LATE-UFJF), Vila Velha /ES (Liga Acadêmica Capixaba de Cirurgia -LIACC), Boa Vista /RR (Liga do Trauma de Roraima -LTRR).

Ligas que contribuiram com a divulgação da campanha em redes sociais: Liga Acadêmica Capixaba de Cirurgia (LIACC), Liga do Trauma e Emergência da Universidade Federal de Juiz de Fora (LATE-UFJF), Liga de Emergência e Trauma da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (LET-UFCSPA), Liga do Trauma da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (LT-UFRGS), Liga do Trauma, Emergências e Terapia Intensiva da Universidade de Ribeirão Preto (LiTETI-UNAERP), Liga Acadêmica de Cirurgia do Trauma da Pontifícia Universidade Católica de Goiás  – LACIT-PUCGO)

Informações sobre o projeto Salvando Vidas podem ser obtidas diretamente com o CoBraLT ( Comitê Brasileiro das Ligas do Trauma).

http://cobralt.com.br/contato/

News

Estudantes de todo o País vão ensinar leigos a salvarem vidas

Programa será realizado em 22 cidades e abordará dez tipos diferentes de situação

Estudantes de Medicina de todo o País vão se unir para ensinar leigos a prestarem os primeiros socorros em vários tipos de situações. O programa Salvando Vidas, idealizado pela SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado) e pelo CoBraLT (Comitê Brasileiro de Ligas do Trauma), possui um cronograma que prevê ações mensais de outubro de 2015 a julho de 2016. Em cada edição, será abordado um tema diferente. O primeiro assunto é Técnicas de Desobstrução de Vias Aéreas por Engasgo, agendado para o mês de outubro.

De acordo com o presidente da SBAIT, Sandro Scarpelini, o leigo é um importante aliadologo salva vidas dos profissionais de saúde para salvar vidas. “O atendimento prestado nos primeiros momentos após um evento pode ser decisivo e garantir a sobrevivência da vítima”, explica. “Por isso, queremos multiplicar este tipo de conhecimento. São técnicas simples, que um leigo pode aplicar até a chegada de uma equipe de resgate”, completa.

O coordenador do Comitê de Prevenção da SBAIT, Gustavo Pereira Fraga, explica que desde o momento em que ocorre a urgência ou a emergência até a chegada do resgate, há um tempo crucial, conhecido como Golden Hour (hora de ouro). No Brasil, este tempo de resposta do sistema de urgência é, na maioria das cidades brasileiras, de dez a 15 minutos. Em alguns países, não pode passar de quatro minutos. “Este projeto é muito importante e, certamente, vai ajudar a salvar muitas vidas”, diz.

As situações abordadas pelo programa levaram em conta ocorrências comuns, que podem colocar uma vida em risco, mas que, por outro lado, permitem a atuação de um leigo. Além das Técnicas para Desobstrução de Vias Aéreas por Engasgo, também serão abordados Reanimação Cardiopulmonar, Técnicas Básicas para Imobilização de Vítimas de Trauma, Lesões Térmicas e Choque Elétrico, Ferimentos, Afogamento, Acidentes com Animais Peçonhentos, Prevenção a Lesões por Raios, Medidas para Prevenção de Intoxicações e Convulsões.

“Nos já tivemos situações isoladas em que os estudantes ensinaram leigos. Os resultados são sempre muito positivos. “Agora, decidimos reunir o potencial das Ligas de Trauma e aumentar a abrangência desses ensinamentos”, explica o presidente do CoBraLT, Paulo Klein. “Além dos estudantes, temos a participação e a supervisão de muitos professores”, completa.

O Salvando Vidas acontecerá em 22 cidades brasileiras: Brasília, Rio de Janeiro, Botucatu, Campinas, Ribeirão Preto, Pinheiro, Goiânia, Belo Horizonte, Alfenas, Viçosa, Juiz de Fora, Porto Alegre, Passo Fundo, Vila Velha, Araguaína, Manaus, Teresina, Maceió, Boa Vista, Salvador, Curitiba e Campo Grande.

Via Assessoria de Imprensa SBAIT

Fechar