Tag

Liga do Trauma

News

Curso de Trauma na Unicamp recebe palestrantes internacionais

Público presente

Público presente

Nos dias 22 a 24 de abril de 2014 a Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) recebeu o XVI Curso de Trauma – Pré Congresso Brasileiro das Ligas de Trauma (Pré-CoLT), organizado pelos alunos da Liga do Trauma da Unicamp, sob orientação do Dr. Thiago Rodrigues A. Calderan, médico assistente e orientador da Liga do Trauma, e do Dr. Gustavo Pereira Fraga, coordenador da Disciplina de Cirurgia do Trauma.

Dr Mauricio Lynn

Dr Mauricio Lynn

Essa edição do Pré-CoLT teve colaboração das Ligas do Trauma da PUC Campinas, PUC SP Sorocaba e da Liga de Jundiaí. O evento contou com o apoio da CCR AutoBAn, KCI e RINEN, recebendo 351 participantes nas áreas de Medicina, Enfermagem, Fisioterapia e Nutrição, com diversos palestrantes renomados na área de Trauma, incluindo os conferencistas internacionais Sandro Rizoli (Universidade de Toronto, Canadá) e Maurício Lynn (Universidade de Miami, EUA).

Dr Jorge Ribera

Dr Jorge Ribera

Foram abordados temas relevantes no contexto da doença Trauma como os “mitos de Medicina de Desastres”, “desafios no atendimento pré-hospitalar” e “atendimento e cuidados aos grandes queimados”.  O Dr. Jorge Ribera (coordenador médico do GRAU) ministrou a conferência sobre o “preparo do Brasil para a Copa do Mundo”.

 

Alunos da Liga do Trauma da Unicamp e seu Orientador

Alunos da Liga do Trauma da Unicamp e seu Orientador

News

Liga organiza Simpósio em Uberaba

O X Simpósio de Urgências Traumáticas e XIII Curso Introdutório à Liga de Cirurgia e Trauma da UFTM contou com a presença de mais de 260 pessoas e aconteceu nos dias 10, 11 e 12 de abril de 2014 na cidade de Uberaba-MG. O Simpósio abrangeu temas atuais relacionados à traumatologia, desde o atendimento de urgência a reabilitação do paciente. As palestras foram proferidas por professores convidados da UFTM e de outras instituições.

Mesa de abertura do evento

Mesa de abertura do evento

Na quinta-feira, dia 10 de abril, ocorreu a abertura do evento com a presença de representantes da coordenação docente e discente da Liga de Cirurgia e Trauma da UFTM e do núcleo de ATLS de Uberaba. O Prof. Dr. Eduardo Crema, coordenador docente e fundador da Liga, apresentou um pouco sobre a  história e atividades da Liga. Em seguida, ocorreram palestras  sobre o atendimento inicial no trauma com o Dr. Eduardo Crema, sobre trauma torácico com  o Dr. João Paulo Vieira dos Santos e sobre o papel da equipe de enfermagem na sala de emergência com o enfermeiro Kleiton Gonçalves do Nascimento.

2014 5 Maio UBERABA Simposio recebeu grande publico

Simpósio recebeu grande público

No dia 11 de abril, foram realizadas as atividades com palestras abordando temas como: manutenção das vias aéreas, atendimento pré-hospitalar, trauma abdominal, atuação da fisioterapia no paciente politraumatizado e uso racional dos exames radiológicos no trauma. A Liga de Cirurgia e Trauma ficou muito honrada em receber como palestrante o Dr. Gustavo Pereira Fraga, atual presidente da SBAIT, e espera ter uma participação mais ativa nas atividades oferecidas pela Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado. Também compareceram como palestrantes nesse dia: Dra. Mirian Rizza Campos Reis,  o representante do corpo de bombeiros de Uberaba Daniel Oliveira Batista,  Dr. Marcelo Oliveira Rodrigues da Cunha e  Profa. Dra. Andréa Licre Pessina Gasparini.

Acidente simulado

Acidente simulado

No último dia do evento, realizaram-se demonstrações práticas de como deve ser feito o atendimento a um paciente traumatizado segundo as normas do ATLS. Também foi apresentada uma simulação de resgate com o auxílio da equipe do Corpo de Bombeiros de Uberaba. Para a realização das atividades práticas contamos com a colaboração das enfermeiras da equipe do ATLS de Uberaba e também de médicos da UFTM (Dr. Maxwel Capsy Boga Ribeiro e Dr. Eduardo Crema).

Prof. Crema coordenando o atendimento simulado

Prof. Crema coordenando o atendimento simulado

Alunos da Comissao Organizadora com palestrantes

Alunos da Comissão Organizadora com palestrantes

 

News

Liga de Cirurgia e Trauma realiza Simpósio em Uberaba

2014 3 Marco Liga do Trauma realiza Simpósio em UberabaA Liga de Cirurgia e Trauma da UFTM, órgão acadêmico, filiado ao Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), fundada em 2001, caracteriza-se por ser uma sociedade civil, sem fins políticos ou intuitos lucrativos, com sede e fórum na cidade de Uberaba, Estado de Minas Gerais. “Tem atuação em todo o território nacional, com a finalidade de mobilizar e orientar alunos de medicina, enfermagem e fisioterapia desta e de outras faculdades, em prol do estudo e abordagem dos pacientes vítimas de traumatismo segundo as normas do ATLS – Advanced Trauma Life Support, além de orientar a sociedade em geral, no que se refere à prevenção e tratamento, na medida de suas limitações como entidade universitária e, segundo análise de seus membros, prestando e aceitando para tanto a colaboração de entidades afins.” (Art. 1° do Estatuto da Liga do Trauma). Ela é composta a cada ano por 40 acadêmicos dos cursos de Medicina, Enfermagem e Fisioterapia da UFTM, que permanecem vinculados a ela por dois (02) anos, desenvolvendo atividades teórico práticas de treinamento sobre o atendimento às vítimas de trauma.

Em 10, 11 e 12 de abril de 2014, realizaremos o X Simpósio de Urgências Traumáticas e XIII Curso Introdutório da Liga do Trauma da UFTM para aproximadamente 300 pessoas, com intuito de promover uma atualização para a comunidade sobre o atendimento ao politraumatizado, tema cotidiano, mas complexo e de fundamental importância na vida dos profissionais da área da Saúde e da população em geral. E para tanto, conta com a presença de palestrantes de alto gabarito e experiência em atendimento às vitimas de Trauma para discorrer sobre o assunto. As palestras serão proferidas por professores convidados da UFTM e de outras instituições. Dentre os convidados está o Dr. Gustavo P. Fraga, atual presidente da SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado).

Após a participação no Simpósio/Curso os acadêmicos estarão habilitados a participar do concurso seletivo para a Liga do Trauma, de acordo com disponibilidade de vagas para o seu curso e período. O investimento será de R$20 reais para alunos da UFTM e de R$25 reais para os demais participantes. Quaisquer informações poderão ser obtidas entrando em contato pelo e-mail ledieguez@hotmail.com ou na página no facebook 

News

I Congresso de Atendimento Pré-Hospitalar da Zona da Mata é realizado em Juiz de Fora (MG)

2014 4 Abril Congresso em Juiz de Fora - Evento recebeu publico aproximado de 150 pessoas

Evento recebeu público aproximado de 150 pessoas

Aconteceu nos dias 20, 21 e 22 de fevereiro de 2014 o I Congresso de Atendimento Pré-Hospitalar da Zona da Mata na Sociedade de Medicina e Cirurgia de Juiz de Fora. O evento foi realizado pela Liga Acadêmica de Atendimento Pré-Hospitalar (LAAPH) da Faculdade Ciências Médica e da Saúde de Juiz de Fora –(FCMS) e contou com a presença de ilustres palestrantes e a realização de workshops ministrados por Dra. Eveline Montessi e Dr. Marcelo Weiss sobre Acesso Venoso Central e Intubação Rápida, respectivamente. Houve, ainda, apresentação de trabalhos no formato pôster com temas relacionados à área de atendimento pré-hospitalar (APH)

2014 4 Abril Congresso em Juiz de Fora - Palestrante Cesar Carmona

Palestrante Cesar Carmona

O congresso foi iniciado com a mesa de abertura composta por Dr. Cléber Soares Júnior, orientador da LAAPH, Dr. Jorge Montessi, Diretor geral da FCMS, Dr. Djalma Rabelo, Diretor de ensino, pesquisa e projeto de extensão da FCMS e Juliana Santos, presidente da LAAPH. Durante a cerimônia foi enfatizada a importância do APH, assim como a do congresso, que acompanha a regionalização do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) na Zona da Mata Mineira. Em seguida Dr. Cláudio Reis, coordenador médico do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Sudeste (CISDESTE) de Juiz de Fora, deu sua palestra sobre o SAMU regionalizado da Zona da Mata, esclarecendo o que consiste a regionalização, as cidades que compreende, o modo de funcionamento e os gastos, além do papel fundamental que o APH exerce. Para finalizar o dia, Dr. Bruno Schroder, ortopedista contemplado com o prêmio Jorge Paulo Lemann do Instituto Brasileiro de Tecnologia e Saúde, ministrou uma palestra sobre Trauma Pediátrico, diferenciando o trauma pediátrico do adulto bem como a prevenção e abordagem do primeiro.

O segundo dia foi iniciado pela manhã com o tema Intoxicação Exógena dado pelo Dr. Cléber Soares Júnior, orientador da LAAPH, abordando as drogas e o tratamento da intoxicação. Ainda durante a manhã, Dr. Cesar Carmona, Instrutor e Diretor do ACLS – SOCESP, Coordenador da UTI do Trauma do Hospital de Clinicas da UNICAMP, Instrutor do ATLS e Diretor Científico da Helpmóvel, falou sobre Hipotensão Permissiva. À noite Dr. Carlos Yoshimura, médico, atual Secretário Municipal de Saúde de Cubatão e Membro do Comitê Internacional em Queimaduras Químicas da PREVOR (França), ministrou duas palestras: APH e Queimaduras Químicas, destacando a relevância desse tipo de atendimento, além da importância da compreensão das queimaduras químicas e seu tratamento correto, melhorando a sobrevida e a recuperação do paciente.

2014 4 Abril Congresso em Juiz de Fora - Atividades praticas no evento

Atividades práticas no evento

No último dia houve a palestra sobre Urgências e Emergências Cervico-Faciais dada por Dr. Francisco Sales, médico otorrinolaringologista e cirurgião de cabeça e pescoço com Mestrado pela PUC/RJ e Doutorado pela USP/SP. Para finalizar o congresso, Dr. David Szpilman, médico especialista em clínica médica e terapia intensiva com foco em afogamento, atual Diretor Médico da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA) e com produção de mais de cento e vinte artigos sobre afogados, ministrou uma palestra sobre Atendimento ao Afogado, diferenciando esse tipo de atendimento do usual do APH e estabelecendo suas etapas.

O objetivo do congresso consistiu em oferecer a oportunidade aos acadêmicos e aos profissionais da área da saúde de conhecerem e aprofundarem no APH. As palestras abordaram assuntos fundamentais no APH, mas que muitas vezes são negligenciados ou por falta de domínio ou por fugirem ao trauma exclusivamente. O evento foi essencial e irá contribuir para a formação de profissionais da saúde mais capacitados indubitavelmente, evitando que esses marginalizem o APH no seu conceito mais amplo, buscando maior conhecimento durante o exercício de sua profissão. Nesse sentido, o congresso não foi só um evento científico-acadêmico, mas também social devido sua relevância nos momentos mais frágeis da vida.

Durante todo o evento o anfiteatro se manteve cheio, prestigiando as palestras. Dessa forma, a qualidade do APH irá melhorar e contribuir para o aumento das chances de sobrevivência nesse tipo de atendimento.

Agradecemos a toda comissão organizadora, aos congressistas e aos palestrantes pelo tempo dedicado ao congresso, como bem disse Dr. Carlos Yoshimura, “para plantar uma sementinha nos futuros profissionais da saúde”. Patrocinaram o evento: Hospital Mont Sinai, Suprema, Santalmas, GJO, Hotel Victory, Idem per Idem, Inove máquinas, Copemed, Toninho Aleixo, Bacco bar e restaurante e Casa das Trufas Delivery.

Texto e imagens: Liga Acadêmica de Atendimento Pré-Hospitalar (LAAPH)

News

Estudo realizado em Vitória – ES mostra bom desempenho de alunos da Liga de Trauma

Bom público acompanhou a apresentação

Bom público acompanhou a apresentação

No dia 24 de fevereiro o médico Romeo Lages Simões apresentou na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) o trabalho de conclusão de curso como requisito parcial para obtenção do grau de Cirurgião Geral no Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes (HUCAM) da UFES. O estudo denominado “Análise comparativa do conhecimento adquirido dos estudantes de medicina pertencentes à Liga do Trauma em relação aos não ligantes” foi orientado pelo Dr. Fernando Antônio Martins Bermudes, e teve a colaboração dos acadêmicos Hudson Silva Andrade, Filipe Machado Barcelos e Breno Pinheiro Rossoni.

A banca que avaliou o trabalho foi presidida pelo Dr. Bermudes e composta pelos professores João Florêncio de Abreu (UFES), Gustavo Peixoto Soares Miguel (UFES) e Gustavo Pereira Fraga (Unicamp). O estudo analítico, descritivo, comparou a aquisição de conhecimento dos estudantes de medicina ligantes da Liga do Trauma da UFES com os não ligantes da UFES, reconhecendo os temas do atendimento ao trauma que os acadêmicos possuem maior domínio, além de avaliar a performance do conhecimento dos dois grupos em relação às cadeiras de graduação: básica (3o, 4o e 5o períodos), cadeira clínica (6o, 7o e 8o períodos) e internato (9o, 10o, 11o e 12o períodos).

Romeo L Simões na arguição

Romeo L Simões na arguição

Os grupos foram compostos por 5 estudantes do 3o ao 12o período, totalizando 50 estudantes por grupo. Foram aplicados dois testes contendo 30 questões cada no decorrer do ano de 2013. Foram analisados no questionário teste os seguintes temas: atendimento pré hospitalar, a sequência mnemônica do ABCDE do trauma durante atendimento primário intra hospitalar, condutas avançadas no trauma e imagem no trauma. A análise dos 50 acadêmicos do grupo Ligantes do Trauma (LT) vs. 50 acadêmicos do Grupo Não ligantes (NLT) mostrou que na prova 1, das 30 questões, a média de acerto do grupo LT foi de 20,64 (DP± 3.17), enquanto que para o grupo de NLT a média de acerto foi de 14.76 (DP± 5.28), mostrando uma correlação estatisticamente significativa (p<0.005) entre os grupos. Já para a prova 2, das 30 questões, a média de acerto para o grupo LT foi de 21.52 (DP± 3.64), enquanto para o grupo de NLT a média foi de 15.36 (DP± 5.29; p<0.005). Na prova 1, observou-se que a média de acerto por grupo de questões, com quatro questões cada tema, apresentou diferença estatisticamente significativa, ao nível de 5%, entre os grupos estudados para todos os temas. Já para a prova 2 evidenciou-se que na média de acerto por grupo de questões não houve diferença estatisticamente significativa nos temas vias aéreas e proteção cervical, além do tema imagem no trauma. Quando os períodos de matriz curricular foram alocados em grupos por períodos correspondentes à cadeira da graduação (básica, clínica ou internato) observou-se que o grupo LT apresentou melhor desempenho de conhecimento em relação ao grupo NLT com significância estatística (p<0.05) para as duas provas.

Fraga, Romeo e Bermudes

Fraga, Romeo e Bermudes

Concluindo, a média de acerto do conhecimento adquirido pelos estudantes de medicina pertencentes à LT mostrou-se maior em relação aos acadêmicos NLT, mostrando que os alunos que frequentaram as atividades da liga acadêmica possuem maior domínio dos temas que são considerados relevantes para o atendimento ao paciente traumatizado. Em todas as cadeiras da graduação da formação acadêmica de medicina básica, clínica e internato, os acadêmicos da LT tiveram maior domínio do tema em relação ao grupo NLT.

 

Uncategorized

Árvore de Hipócrates , um símbolo para o ensino médico, é plantada em solo mineiro

arvore1

Momento do plantio

Na última quinta-feira (22), a Liga Universitária de Trauma de Araguari (Luta) e a Faculdade Presidente Antônio Carlos de Araguari (Unipac/Araguari), plantaram uma muda de Platanus orientalis, conhecida como Árvore de Hipócrates, descendente direta da árvore original que garantia sombra a Hipócrates e seus alunos, durante aulas de medicina na ilha de Cós, na Grécia.
O plantio ocorreu às 16 horas, em canteiro localizado na avenida Minas Gerais, em frente à Unipac, e contou com a presença de representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, de professores e outros profissionais da Unipac, membros da Luta e acadêmicos dos cursos de medicina e direito.
Além da contribuição ambiental, o plantio tem significado relevante para acadêmicos de medicina de Araguari, já que a Árvore de Hipócrates representa o ensino médico desde que Hipócrates, o pai da medicina, ministrava aula sob a sombra de uma árvore da espécie.
arvore3

Professores, acadêmicos, ambientalistas, membros da Luta…

arvore4

..e diferentes profissionais da Unipac prestigiaram o plantio

Links relacionados:

Luta adquire muda da Árvore de Hipócrates

Unipac Araguari e Luta plantarão árvore de Hipócrates no próximo dia 22

Contribuição matéria: LUTA – Liga Universitária de Trauma de Araguari – MG
Uncategorized

Educação- Pré CoLT Rio 2013

pre-colt rio

Participantes durante sorteio de brindes

O evento contou com a presença de 120 pessoas, dentre elas médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, profissionais do resgate, estudantes de medicina, enfermagem, e claro, os integrantes das ligas de trauma, que tinham o interesse em adquirir maior conhecimento e atualização nos temas abordados. Os palestrantes selecionados conseguiram passar conhecimentos e informações importantes de forma sucinta e demonstravam grande experiência e prática  na abordagem do tema. Os temas das palestras selecionados buscavam uma maior integração entre o atendimento pré hospitalar e intra hospitalar.

Os inscritos no evento contaram com a produção e organização de algumas das principais ligas de trauma do Rio de Janeiro: Liga Acadêmica de Trauma e Emergência da Universidade Federal do Rio de Janeiro (LATE UFRJ), Liga de Trauma e Emergência da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (LTE UERJ), Liga Acadêmica de Cirurgia do Trauma e Emergência da UNIRIO (LACITRE UNIRIO),  Liga do Trauma e Emergência da Faculdade de Medicina de Petrópolis (LATE FMP), Liga de Trauma Escola de Medicina Souza Marque (LTEMSM), Liga de Trauma, Reanimação e Emergência da UFF (LiTRE UFF) e a Liga de Trauma e Emergência da Estácio de Sá (LTEES). As ligas mencionadas foram coordenadas pela regional Rio de Janeiro do CoBraLT, representada pela acadêmica de medicina da UERJ Fabiana Madeira. O evento foi bem sucedido e contou com o apoio do CoBraLT.

As Ligas do Trauma e Emergência do Rio de Janeiro planejam ainda para esse ano de 2013 mais alguns eventos para a comunidade, na tentativa de realizar treinamento e abordar prevenção, além de cursos e simulados direcionados aos Ligantes, acadêmicos da área da saúde e aos profissionais de Saúde.

Uncategorized

Sergipe realiza o VII Pré-Colt: Trauma e suas consequências…

FB_IMG_13754874217424385

Participantes do VII Pré-Colt durante abertura do evento

Nos dias 02 a 04 de agosto, Sergipe recebeu o VII PRÉ-COLT: Trauma, e suas consequências…, organizado pela Liga de Trauma de Sergipe .

A abertura do evento contou com a presença Dr. Estevão Leite, de Belo Horizonte (MG), com a palestra magna, “O que faz do politraumatizado um paciente potencialmente grave?”

No decorrer da programação, palestras abordaram diversos temas associados às lesões mais comuns encontradas em pacientes politraumatizados. Segundo os organizadores, o evento deixou seu legado , trazendo informações importantes para o estudo das complicações das lesões traumáticas e servindo como disparador dos processos de aprendizagem em cada um dos participantes.

Confira mais detalhes sobre o evento, acessando: Liga-se 
News

XV Pré-Colt na PUC-Campinas

precolt1Nos últimos dias 6 a 9 de maio foi realizado o XV Pré-Colt (Pré – Congresso das Ligas do Trauma) no Centro de Ciências da Vida da PUC-Campinas, contando com 166 inscritos e programas simultâneos dos Cursos de Medicina, Fisioterapia e Enfermagem.

Evento este organizado pela Liga do Trauma da PUC-Campinas em parceria com as Ligas do Trauma da FCM da Unicamp, PUC-São Paulo e Faculdade de Medicina de Jundiaí, com intuito de integrar as diversas Faculdades de Medicina da região de São Paulo e Interior Paulista na Discussão do Trauma e Cirurgia de Urgência e Emergência, preparando para o XV CoLT que será realizado em Ilheus – Bahia de 14 a 17 de Agosto

precolt2O Evento contou com palestras de importantes nomes da cirurgia no Brasil como Prof. Dr.  Dario Birolini, Prof. Dr. Roberto Saad, Prof. Dr. José Gustavo Parreira, Dra. Rina Pereira Porta e Dra. Cecília Damasceno, entre outros dos diversos Centros participantes.

Durante o evento também houve a troca da Diretoria da Liga que passa a ser presidida pelo acadêmico Felipe Franco Jorge e de seu Coordenador Dr. Mario Eduardo de Faria Mantovani, contando com a merecida homenagem ao Prof. Dr. José Gonzaga Teixeira de Camargo pelos 17 anos que esteve à frente na Coordenação da Liga e que manteve acesa a discussão deste importante tema ainda negligenciado por muitas Escolas de Medicina.

Divulgado o lançamento, em breve, do livro “Semiologia da Urgência no Trauma” produzido e escrito pela Liga do Trauma da PUC-Campinas

News

Jornada SBAIT de Prevenção ao Trauma – Sorocaba, 07 e 08 de junho

Jornada sorocabaA SBAIT realizará nos dias 7 e 8 de junho próximo, em Sorocaba, SP, a Jornada SBAIT de Prevenção ao Trauma. Trata-se de uma iniciativa pioneira, organizada por uma sociedade de cirurgiões para discutir apenas temas de prevenção, sendo que para o futuro próximo já está sendo planejado um congresso só sobre esse assunto.

O evento está sendo organizado por iniciativa da Liga de Emergência e Trauma da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba) e Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Sorocaba, com o apoio do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde), que tem como tutor em Sorocaba o professor José Mauro S. Rodrigues, e o PET “Prevenção – Álcool e eventos relacionados ao Trauma em Jovens”, da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), sob coordenação do professor Gustavo P. Fraga.

A enfermeira Joanne Banfield, criadora do programa P.A.R.T.Y. (Prevent Alcohol and Risk-Related Trauma in Youth) , em 1986 no Hospital Sunnybrook, em Toronto, Canadá, realizará a conferência de abertura do evento, que terá a participação da pediatra Ana Helena Parra e do professor Sandro Scarpelini, que trouxeram o programa para o Brasil em 2008. O evento em Sorocaba coincidirá com a implantação do programa P.A.R.T.Y. nesse município, o terceiro a sediar o programa, após Ribeirão Preto e Campinas.

O evento também contará com uma palestra internacional via telemedicina com o cirurgião pediátrico Martin Eichelberger, do programa Safe Kids (Criança Segura), do Childrens National Medical Center, em Washington, Estados Unidos da América. Temas como a importância da Lei Seca no Brasil também serão abordados no evento.

Fechar