Tag

Liga do Trauma

News

Liga do Trauma da PUCRS participa do Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar.

10517462_661079343983968_4554043189176632189_n

Dia RCP em Porto Alegre ( Praia de belas Shopping ) capacitou cerca de 450 pessoas

O Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar virou realidade no dia 30/08/2014. A ideia da Liga Acadêmica de Trauma e Emergência do Maranhão foi expandida para todas as regiões do país. Uma integração inédita atingida entre várias Ligas do Trauma do Brasil, envolvendo ao todo 17 Ligas e 11 cidades.

Em Porto Alegre não foi diferente, as 3 Ligas do Trauma da cidade – UFRGS, UFCSPA, PUCRS – dividiram-se respectivamente no Parque da Redenção, Shopping Barra Sul e Shopping Praia de Belas.

A Liga do Trauma da PUCRS, representada por todos os seus 24 ligantes, contou com 4 manequins educativos e um DEA (Desfibrilador Externo Automático). Os ligantes estiveram presentes na sua estação das 10 até as 22 horas ensinando, através de aulas teórico-práticas individuais, as medidas básicas de reanimação cardiopulmonar para o público leigo de todas as faixas etárias.  Ao fim de cada aula, foi entregue um panfleto com o conteúdo ministrado para relembrar e difundir os ensinamentos.

O interesse surpreendeu os próprios ligantes, que atingiram o número de aproximadamente 450 pessoas capacitadas. A gratificação que toda a equipe conquistou, de fato, é impagável. Esta será relembrada a cada vida salva. Agradecimento especial aos orientadores e incentivadores da PUCRS: Dr. Ricardo Breigeiron, Dr. Hamilton Petry de Souza e Dr. Daniel Weiss.  À empresa de Equipamentos Hospitalares Hospitrade, que forneceu os manequins e o DEA. À diretoria da FAMED/PUCRS, que sempre apoiou e incentivou as atividades da Liga acadêmica.

Confira galeria de imagens do evento:

Texto e imagens: Liga do Trauma da PUCRS

News

Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar – RJ

RIO DE JANEIROc

Participantes de todas as idades no dia RCP -Rio de Janeiro

No dia 29 de Agosto, sexta-feira, o Rio de Janeiro recebeu o Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar. A ação contou com a realização local de quatro ligas de trauma de diferentes universidades: Liga do Trauma da UFRJ, Liga do Trauma da Faculdade Souza Marques, Liga do Trauma da UNIRIO e Liga do Trauma da Estácio de Sá.

Mais de 500 pessoas compareceram ao evento, realizado , no Shopping Nova América. Todos que compareceram ao stand receberam, em poucos minutos, informações simples que salvam vidas.

Quanto mais pessoas souberem a reanimação cardiopulmonar, mais vidas serão salvas.

Confira a galeria de imagens do evento:

 

News

Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar em ALFENAS – MG

photo 2

Dia RCP em Alfenas

 
Em Alfenas, o Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar foi realizado no período das 9h às 18h, no dia 30 de Agosto. Cerca de 80 pessoas foram abordadas com panfletos e orientações sobre como averiguar se há uma parada, quais os passos e formas adequadas de encarar a situação. 
 
O evento ocorreu na Praça Getúlio Vargas, praça principal da cidade, envolvendo a parte prática com bonecos sob a orientação do coordenador de nossa Liga, Dr Thiago de Souza Carvalho. O evento gerou repercussão extremamente positiva pela cidade, tanto em relação à população em geral quanto à mídia, sendo feitas reportagens para o jornal da cidade e também para a própria Faculdade que fez uma matéria sobre o evento.
 
 
 
Matéria relacionada:
 
 
 

Realização local e imagens: Liga Acadêmica de Emergência e Trauma da UNIFENAS

News

Dia Nacional da RCP em Palmas-TO

PALMAS (TO)_Capim Dourado Shoppingb

Em Palmas (TO), cerca de 400 pessoas foram orientadas e treinadas no Dia Nacional da RCP.

Em Palmas-TO, o Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar foi organizado por acadêmicos de medicina da Universidade Federal do Tocantins que compõem a Liga Universitária Tocantinense de Trauma e Emergência (LUTTE), e contou também com a participação de médicos durante todo o evento.

O mesmo foi realizado no Capim Dourado Shopping, estando aberto a quaisquer pessoas que tivessem interesse em aprender. Durante o evento, o público demonstrou bastante interesse e destacou a importância do mesmo.

PALMAS (TO) _ Capim Dourado Shopping_ Liga do Trauma da UFT (LUTTE)aAo final do dia, cerca de 400 pessoas foram orientadas e treinadas para reconhecer e abordar uma pessoa com parada cardíaca.

O evento contou com o apoio da Unimed – Palmas, Hospital Urológico de Palmas (HU), Centro Diagnóstico em Anatomia Patológica e Citopatologia (CDA), Nefro (Clínica de Nefrologia), Filhus (Centro de Vacinação) e Printec, e também com o apoio da Fundação de Radiodifusão Educativa (Redesat), que deu cobertura em radiojornalismo e televisão.

Confira imagens do evento em Palmas (TO):

Textos e imagens: Liga Universitária Tocantinense de Trauma e Emergência (LUTTE)

News

Dia da Reanimação Cardiopulmonar Rio Grande – RS

palestra

Espaço de muito aprendizado no Dia RCP em Rio Grande

Nunca antes Rio Grande tinha presenciado um evento tão importante do ponto de vista da saúde. No dia da reanimação, mais de 300 pessoas da cidade portuária aprenderam os procedimentos básicos que podem salvar várias vidas. Foi um acontecimento de extremo altruísmo e que ficou marcado na história do município.

A seriedade do tema é tão intensa que a partir do contato inicial que se teve no Shopping várias instituições se interessaram em levar o curso para capacitar seus funcionários e alunos.

Valeu a pena

A equipe da Liga do Trauma da FURG chegou às 8h da manhã no shopping para a montagem do espaço, abrindo as portas para a população às 10h e ensinando até as 22h, deixando o shopping somente as 23h. Foram 15 horas de muito trabalho que valeram demais a pena.

Afinal, se uma das mais de 300 pessoas que passaram por ali precisar usar esse conhecimento, ela estará capacitada para isso e as chances de termos uma vida salva aumentam consideravelmente, por isso o cansaço é pouco perto do resultado que obtivemos.

Foram muitas pessoas dizendo “ouvi no rádio e vim aqui só para isso”, “ vi na TV e vim aqui porque me interessei em aprender”, “quero aprender mais sobre isso! Existe algum curso que eu possa fazer pra me aprofundar?”, o retorno que tivemos foi maravilhoso e isso nos alertou sobre como devemos realizar mais vezes esse tipo de capacitação, levando em consideração a importância do tema e o quão pouco ele é abordado na comunidade.

simulação

Simulação no Shopping Praça Rio Grande

 

Simulação de Caso

Uma das atividades do dia foi uma simulação de parada cardiopulmonar na praça de alimentação do Shopping Praça Rio Grande, a qual contou com a participação da UNIMED que nos disponibilizou uma ambulância e parte de sua equipe para a encenação. Tal situação tinha a intenção de despertar nas pessoas o interesse pelo conhecimento de como auxiliar o próximo em uma ocorrência tão grave como esta.

 

 

Curso BLS

A liga do Trauma da Universidade Federal do Rio Grande -FURG já atua na comunidade oferecendo gratuitamente o curso Basic Life Support em escolas e para o primeiro ano do Curso de Medicina da FURG, preparando-os para atuar da forma correta no caso de uma parada cardiorespiratória.

O evento do Dia da Reanimação Cardiopulmonar nos inspirou a ampliar nossas atividades, uma vez que grande parte da população se mostrou interessada e nos requisitaram que o curso fosse oferecido mais vezes e também em outros locais.

Dessa forma, concluímos que foi extremamente positiva a nossa participação no evento, para cada um de nós e para a comunidade, aguardamos ansiosos pela segunda edição no próximo ano!

Fale com a  Liga do Trauma FURG, pelo  e-mail ou página na internet.

 

Dia da Reanimação Cardiopulmonar Rio Grande – RS na mídia:

Estudantes mobilizam-se para ensinar leigos a salvarem vidas ( Portal Jornal Agora, 27/08/14)

Confira imagens do evento:

Texto e imagens:Liga do Trauma FURG

News

Dia de RCP atrai 1,6 mil pessoas em Campinas

Visitantes aprenderam como reanimar vítimas de parada cardiorrespiratória

RCP1

Participantes durante a apresentação de vídeos sobre Trauma

Cerca de 1,6 mil pessoas participaram hoje do Dia de Reanimação Cardiorrespiratória (RCP), que aconteceu em Campinas. O evento foi realizado na FCM (Faculdade de Ciências Médicas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e integrou as atividades da UPA (Unicamp de Portas Abertas), que recebeu aproximadamente 50 mil visitantes. Além de Campinas, outras 10 cidades do Brasil promoveram o Dia de RCP.

Das 9h às 17h, alunos da universidade, estudantes que visitavam o local, pais e funcionários puderam aprender as massagens usadas para reanimar uma vítima de parada cardiorrespiratória. O procedimento, mesmo aplicado por um leigo, pode aumentar em até três vezes as chances de salvar uma pessoa. “É muito importante a difusão deste conhecimento. Quanto mais gente souber fazer essas manobras, mais vidas serão salvas”, diz o coordenador da Disciplina de Cirurgia do Trauma e presidente da SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado), Gustavo Fraga.

RCP2

Aulas práticas – RCP

Os visitantes eram divididos em grupos de 50 pessoas. Em um primeiro momento, assistiam a alguns vídeos sobre Trauma e respondiam a nove questões que abordavam desde quem deveria ser acionado no caso de um acidente até o número correto de compressões torácicas e ventilações durante uma reanimação. Após a aplicação do questionário, todos eram conduzidos às aulas práticas, onde recebiam as respostas corretas do questionário e aprendiam a fazer as manobras corretas de RCP.

As aulas eram ministradas por alunos da Liga do Trauma da Unicamp, que organizou o evento em Campinas, e por uma equipe da AutoBAn, concessionária que administra as rodovias Anhanguera e Bandeirantes. Cada grupo tinha um boneco, onde eram feitos os procedimentos. Além da massagem de reanimação, os visitantes também aprenderam a desengasgar bebês.

A parada cardiorrespiratória é um evento súbito e imprevisível, que pode acontecer a qualquer momento e com qualquer pessoa. Consiste em uma perda abrupta das funções cardíaca e pulmonar, levando a óbito, se não for revertida. O tratamento empregado nesses casos é a Reanimação Cardiorrespiratória, uma técnica universalmente empregada e fundamentada que utiliza a combinação de compressões torácicas e ventilações de resgate, utilizadas para manter o paciente em condições de receber o suporte avançado e desfibrilação, visando a reversão do quadro. “Mas, apesar de muito importante, este procedimento não substitui o atendimento médico, que deve ser acionado o mais rápido possível”, orienta Fraga.

Uncategorized

Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar – Salvador (BA)

20140830_124723

Em Salvador, foram treinadas mais de 250 pessoas no Shopping Bela Vista.

O Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar foi um sucesso em Salvador. O evento ocorreu em 30 de agosto no Shopping Bela Vista das 9 às 22 horas, organizado por estudantes da Liga Acadêmica de Trauma e Emergências Médicas da Universidade Federal da Bahia (LAEME – UFBA) e com apoio da Sociedade Brasileira de Cardiologia – braço Bahia.

Foram treinadas mais de 250 pessoas que transitavam pelo shopping e tantas outras sensibilizadas pela ideia de que todos podem ajudar a salvar vidas. Famílias inteiras, jovens, adultos, idosos e crianças participaram da atividade, recebendo inicialmente uma orientação teórica sobre como proceder para identificar uma vítima de parada cardiorrespiratória (PCR), acionar o serviço de emergência e realizar corretamente a técnica de reanimação cardiopulmonar (RCP). Em seguida, todos foram instruídos sobre o funcionamento do desfibrilador externo automático (DEA).

20140830_124029A iniciativa foi extremamente gratificante e produtiva para todos que participaram, tanto os que receberam o treinamento como os instrutores. Sempre foi reforçado o papel de cada um como agente para difundir a ideia entre amigos e familiares, conscientizando a todos sobre a importância de estar preparado para agir corretamente em uma situação de emergência como a PCR. Os depoimentos pessoais dos participantes renovavam o ânimo e o treinamento perdurou por mais de 12 horas. Diversos contatos foram feitos também com instituições que se mostraram interessadas e sensibilizadas pela necessidade de capacitação interna – mais um efeito positivo multiplicador da ação.

Houve também cobertura de rádio e televisão, contribuindo para expandir o alcance do evento – e com todas equipes de reportagens devidamente treinadas!

A LAEME-UFBA parabeniza as Ligas de Trauma e Emergência pela iniciativa (liderada pela LATE-MA) e tem certeza que este evento não só se repetirá como crescerá nos próximos anos. Foi uma experiência especial e todo esforço e dedicação para concretizá-la são recompensados pela perspectiva de cada vida que pode ser salva.

 Texto e imagens: LAEME-UFBA

News

Cerca de 600 pessoas aprenderam a salvar vidas no Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar em São Luís

O Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar contou com a participação de 11 cidades e 17 Ligas de Trauma. A idealização e coordenação central são  da Liga Acadêmica de Trauma e Emergência do Maranhão. A mobilização com o apoio da Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado – SBAIT e deu certo graças ao empenho e dedicação de cada Liga de Trauma envolvida neste acontecimento.

A parada cardíaca pode ocorrer a qualquer momento, com qualquer pessoa e em qualquer lugar. Os minutos iniciais no atendimento daquela pessoa em parada são fundamentais para salvar sua vida. É necessário integrar a população e os serviços médicos de emergência para um maior número de vidas salvas.  Através do início imediato da Reanimação Cardiopulmonar, é possível triplicar as chances de sobrevivência.

RCP MARANHÃO 5

Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar em São Luís reuniu cerca de 600 participantes

No Maranhão, o evento foi realizado no São Luís Shopping. Foram 12 horas contínuas de evento, no último dia 30 de Agosto.  A população maranhense compareceu em peso. Pessoas de todas as idades puderam aprender em poucos minutos manobras simples que salvam vidas. Os visitantes eram acolhidos em nossa arena de treinamento por 8 membros da equipe. Após preenchimento de um rápido questionário, entravam em grupos de 8 pessoas, em um circuito de cerca de 20 minutos. O circuito era dividido em 3 estações práticas. Na primeira estação, cada visitante era atendido por um monitor membro da Liga do Trauma e dispunha de um manequim para treinamento da Reanimação Cardiopulmonar no adulto. Na segunda estação, os visitantes se reuniam e recebiam uma explicação teórico-prática sobre a utilização do Desfibrilador Externo Automático, tanto em adultos quanto crianças. Na terceira estação, os visitantes dispunham de manequins bebê, próprios para treinamento, recebendo treinamento em Reanimação Cardiopulmonar pediátrica e alívio de engasgo em bebês. Ao final das estações, os visitantes recebiam um Manual Prático com os “três passos para salvar vidas”, desenvolvido e criado pela Liga do Trauma do Maranhão e distribuído em todas as regiões do país, nas cidades que sediaram o evento.

RCP MARANHÃO 7

Liga Acadêmica de Trauma e Emergência do Maranhão

Em São Luís, o Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar contou com o apoio do Hospital São Domingos, Bernardinomed e Shopping São Luís. A imprensa local de várias emissoras como Globo, Record e SBT deram ampla cobertura ao evento.

A Liga Acadêmica de Trauma e Emergência do Maranhão já iniciou a organização para o Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar 2015 que, com certeza, contará com um maior número de cidades envolvidas, aumentando a abrangência do evento e o número de vidas salvas.

“O Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar representa mais que um dia. Representa vidas salvas.” ,diz o coordenador nacional do evento e membro da Liga de Trauma do Maranhão, Filipe Amado.

LINKS DE ENTREVISTAS:

Globo MA: www.g1.globo.com/ma/maranhao/jmtv-2edicao/videos/t/edicoes/v/alunos-da-ufma-aconselham-como-agir-quando-alguem-sofre-parada-cardiorespiratoria/3598308/

SBT MA: www.idifusora.com.br/54930-video-alunos-ensinam-como-agir-em-caso-de-parada-cardiorespiratoria

Texto e imagens:  Liga Acadêmica de Trauma e Emergência do Maranhão
News

Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar – Porto Alegre (RS)

10580097_840739902603052_1074496481656016168_n

No Barra Shopping Sul , a oficina de RCP atingiu 300 participantes

No dia 30 de agosto aconteceu o primeiro Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar (RCP), um evento que contou com a parceria de diversas ligas acadêmicas espalhadas pelo país. A iniciativa foi da Liga Acadêmica de Trauma e Emergência do Maranhão (LATE-MA), responsáveis pela coordenação e idealização, mas, ao todo, 17 ligas participaram do evento, em 11 cidades distribuídas nas cinco regiões do Brasil.

Em Porto Alegre, a Liga de Emergência e Trauma da UFCSPA, a Liga do Trauma da UFRGS e a Liga do Trauma da PUC-RS foram responsáveis pelo evento no Barra Shopping Sul, no Parque Farroupilha (Redenção), e no Shopping Praia de Belas, respectivamente. Nos três locais, os membros das ligas ensinaram como identificar uma parada cardiorrespiratória e como proceder com a RCP. Também foram distribuídos materiais com informações sobre o tema.

10656366_933769693306122_1983625281_n

Liga de Emergência e Trauma – UFCSPA

No Barra Shopping Sul, a Liga de Emergência e Trauma da UFCSPA dispunha de 7 bonecos e 3 Desfibriladores Externos Automáticos (DEAs), que foram usados para instruir mais de 300 pessoas. O evento ocorreu das 10h às 22h, e contou com a participação de todas as faixas etárias, desde crianças até idosos. Além do público geral, os seguranças e os lojistas do shopping também receberam treinamento. Contamos com o apoio do Barra Shopping Sul, do Shopping Praia de Belas, da Prefeitura de Porto Alegre, do SAMU, do Coração no Ritmo Certo e do Núcleo de Treinamento em Reanimação Cardiorrespiratória. Tivemos o patrocínio do Centro de Ensino e Treinamento em Saúde (CETS), do Rooms e do Medical Training Models.

News

Estudantes se mobilizam para ensinar leigos a salvarem vidas

POST AberturaEm 11 cidades do país, haverá eventos para mostrar como se faz a reanimação cardiorrespiratória

Pela primeira vez, estudantes da área de Saúde de 11 cidades do Brasil vão realizar o Dia de Reanimação Cardiorrespiratória (RCP), que será comemorado amanhã, 30 de agosto. Esta é uma grande oportunidade para a população aprender a salvar vidas, já que este conhecimento pode até triplicar as chances de a vítima sobreviver. No total, 17 Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência vão ensinar a leigos as manobras que devem ser feitas após uma parada cardiorrespiratória. As atividades, que envolvem estudantes da área de saúde, médicos e enfermeiros, tem o apoio da SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado).

No Rio de Janeiro e em Palmas, o evento ocorre hoje, sexta-feira. Em Campo Grande, será dia 6 de setembro. Nas demais cidades (Manaus, São Luís, Salvador, Belo Horizonte, Campinas, Alfenas, Porto Alegre e Rio Grande), a comemoração será amanhã.

A parada cardiorrespiratória é um evento súbito e imprevisível, que pode acontecer a qualquer momento e com qualquer pessoa. Consiste em uma perda abrupta das funções cardíaca e pulmonar, levando a óbito, se não for revertida. O tratamento empregado nesses casos é a Reanimação Cardiorrespiratória, uma técnica universalmente empregada e fundamentada que utiliza a combinação de compressões torácicas e ventilações de resgate, utilizadas para manter o paciente em condições de receber o suporte avançado e desfibrilação, visando a reversão do quadro.

“Grande parte das paradas ocorre fora do ambiente hospitalar, principalmente em residências, podendo acometer familiares e amigos”, explica Filipe Sousa Amado, coordenador geral do evento e membro da Liga Acadêmica de Trauma e Emergência do Maranhão. Cerca de 90% das vítimas de parada cardíaca morrem antes de chegar ao hospital, mas uma reanimação cardiopulmonar imediata pode aumentar muito as chances de sobrevivência.

“É muito importante a difusão deste conhecimento. Quanto mais gente souber fazer essas manobras, mais vidas serão salvas”, diz o presidente da SBAIT, Gustavo Fraga. “As estatísticas mostram que as ações feitas nos primeiros minutos após a parada cardíaca são fundamentais para que a vítima sobreviva”, completa.

Com base nesses fatores e na necessidade de ampliar este conhecimento, surgiu o Dia Nacional de Reanimação Cardiopulmonar, que ocorrerá em todas as regiões do país. É um evento social, sem fins lucrativos, de mobilização nacional acerca do tema. A idealização e coordenação central são da Liga Acadêmica de Trauma e Emergência do Maranhão, no entanto, várias Ligas, que executam importantes trabalhos de divulgação desses conhecimentos em suas cidades, aderiram à causa.

Em todas as cidades que participam do evento, haverá uma estrutura com manequins próprios para treinamento, além de manuais e panfletos informativos padronizados. Médicos, enfermeiros e acadêmicos de medicina estarão presentes nos locais como instrutores. Os pontos de treinamento estarão estrategicamente localizados em locais de grande circulação, como shoppings, universidades e pontos turísticos.

Locais dos eventos e pessoa responsável:

Manaus (AM)

Data: 30 de agosto

Realização: Liga Amazonense do Trauma, Liga Acadêmica de Emergências Clínicas e Projeto Alfa Manaus

Contato: Paulo Henrique – (92) 9148-4842

 

Palmas (TO)

Local: Capim Dourado Shopping

Horário: 10h às 20h

Data: 29 de agosto

Realização: Liga Universitária Tocantinense de Trauma e Emergência – LUTTE

Contato: Pablo Bringel – (63) 8129-7890

 

São Luís (MA)

Local: Shopping São Luís (Praça de Eventos)

Horário: 10h às 22h

Data: 30 de agosto

Realização: Liga Acadêmica de Trauma e Emergência do Maranhão – LATE – MA – UFMA

Contato: Filipe Amado – (98) 8129-3567

 

Salvador (BA)

Local: Shopping Bela Vist

Horário: das 9h às 22h

Data: 30 de agosto

Realização: Liga Acadêmica do Trauma e Emergência Médica – LAEME – UFBA

Contato: Oddone Braghiroli – (71) 9997-5962

 

Campo Grande (MS)

Data: 06 de setembro

Realização: Liga Acadêmica do Trauma e Emergência Médica – LATEM – UFMS

Contato: Cloves Amorim – (67) 9230-6688

 

Belo Horizonte (MG)

Data: 30 de agosto

Realização: Liga Acadêmica do Trauma de Minas Gerais – LAT – UFMG

Contato: Diomildo Andrade – (31) 9490-3372

 

Rio de Janeiro (RJ)

Local: Shopping Nova América

Horário: 10h às 22h

Data: 29 de agosto

Realização: Liga Acadêmica de Trauma e Emergência – LATE – UFRJ, Liga Acadêmica de Trauma e Emergência da Estácio de Sá – LTEES – RJ, Liga Do Trauma da Universidade Souza Marques

E Liga Acadêmica de Cirurgia, Trauma e Emergência – LACITRE – UNIRIO

Contatos: Bruno – (21) 99712-1232 / Anderson – (21) 96747-5815

 

Campinas (SP)

Local: Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP

Horário: 09h às 17h

Data: 30 de agosto

Realização: Liga Acadêmica do Trauma da UNICAMP

Contato: Dr. Gustavo Fraga – (contato com AI Patrícia (19) 99284-1970)

 

Alfenas (MG)

Local: Praça Getúlio Vargas

Horário: 9h às 18h

Data: 30 de agosto

Realização: Liga Acadêmica de Emergência e Trauma da UNIFENAS

Contato: Diego Castro – (35) 8882-1917

 

Porto Alegre (RS)

PONTO DE TREINAMENTO 1

Local: Barra Shopping Sul

Horário: 10h às 22h

Data: 30 de agosto

Realização: Liga Acadêmica do Trauma da UFCSPA

Contato: Dante Souza – (51) 8187-9856

 

PONTO DE TREINAMENTO 2

Local: Parque Farroupilha (Redenção)

Horário: 10h às 17h

Data: 30 de agosto

Realização: Liga Acadêmica do Trauma da UFRGS

Contato: Pauline Simas – (51) 9567-6521

 

PONTO DE TREINAMENTO 3

Local: Praia de Belas Shopping

Horário: 10h às 22h

Data: 30 de agosto

Realização: Liga Acadêmica do Trauma da PUC-RS

Contato: Eduardo Madalosso – (54) 9128-3752

 

Rio Grande (RS)

Data: 30 de agosto

Realização: Liga Acadêmica do Trauma da FURG

Contato: Andréia Cabral – (53) 8133-1166

 

Assessoria de Imprensa SBAIT

Fechar