Tag

Intercâmbio

News

Residente relata sua experiência durante estágio nos EUA

Imagem1

Paulo participou do “International Observership Program” de julho a setembro deste ano em Richmond, EUA

Durante o mês de agosto desse ano, o residente do Hospital Geral do Grajau – Universidade de Santo Amaro,  Paulo Cesar Rozental Fernandes, teve a oportunidade de realizar um grande sonho seu: participar de atividades médicas nos Estados Unidos.  Durante o International Observership Program, Paulo acompanhou as atividades relacionadas ao atendimento de urgência e emergência, nas instalações de saúde da cidade de Richmond, no Estado da Virgínia.

O residente participou de treinamento a paramédicos, de simulações de desastres e catástrofes, atendimentos em cenários externos variados,programações comunitárias de conscientização e ensino a população em escolas e parques pela Richmond Ambulance Authority (RAA).

Paulo relatou em seu retorno, que a RAA desempenha papel de extrema importância na dinâmica de atendimento e socorro da cidade, além de ser internacionalmente reconhecida pela sua excelência na prestação de serviços e treinamento de equipes especializadas em resgates. “A qualidade e o entrosamento dos profissionais do grupo é surpreendente. A minha recepção foi fantástica e a percepção sobre o grupo foi – do início ao fim – de que reinam a competência e o entusiasmo no cotidiano. Dempsey, Shannon Daniel, Rob Lawrence e toda a equipe da RAA, meu sincero: Muito Obrigado!”

Paulo também conheceu as instalações do Hospital da Virginia Commonwealth (VCU). Considerado recentemente um dos cinquenta melhores hospitais de todo o território norte-americano, o VCU possuí uma estrutura e um corpo de profissionais de saúde impressionante. “Por duas semanas, acompanhei a rotina dos médicos, fisioterapeutas e enfermeiros em visitas aos leitos da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), na sala de emergência e no Centro Cirúrgico do VCU Medical Center. Durante as visitas aos leitos, novamente, a “palavra-de-ordem” foi: entrosamento. A infraestrutura, equipamentos e aparelhagem disponível impressiona. Seja na indumentária, nos exames disponíveis a beira do leito ou no mobiliário tem-se a nítida certeza da reflexão e aperfeiçoamento permanente dos processos de trabalho e da estrutura física daquela Unidade.”

Durante a oportunidade, Paulo conheceu também as peculiaridades e cultura local da histórica cidade de Richmond , que já sediou o governo americano e foi capital dos Estados Confederados e oferece uma ampla gama de opções turísticas, esportivas e culturais aos seus visitantes. “Pude aproveitar a viagem para aprender mais sobre a Guerra Civil Americana, o autor Edgar Allan Poe e sobre Artes. Destaque para o Ovo Fabergé, em exposição no Virginia Museum of Fine Arts”, relata Paulo.

“Gostaria de agradecer a oportunidade que me foi concedida pela Equipe de Cirurgia Geral do Trauma do Hospital Geral do Grajau – Universidade de Santo Amaro – regida pelo Professor Doutor Marcelo Ribeiro e a Equipe de Cirurgia do Trauma da Virginia Commonwealth University, regida pelo Prof. Dr. Michel Aboutanos. Tanto a iniciativa de enviar-me para conhecer outro serviço, em outro país, como a de me receber para tal aprendizado, são nobres ações e os agradeço imensamente.” Paulo Cesar Rozental Fernandes.

 

News

SBAIT recebe visita do Prof. Michel Aboutanos

Aboutanos visitando o Museu da APM.

Aboutanos visitando o Museu da APM.

Na tarde de quinta feira, 11 de junho, a SBAIT recebeu a visita do Prof. Michel B. Aboutanos, Professor de Cirurgia e Chefe da Divisão de Acute Care Surgery, Diretor Médico da Virginia Commonwealth University (VCU) Medical Trauma Center e Secretário-Tesoureiro da Sociedade Panamericana de Trauma (SPT).

Fraga e Aboutanos na sede da SBAIT.

 

 

A visita foi acompanhada pelo Prof. Dr. Gustavo P. Fraga, da Unicamp, coordenador do Comitê de Prevenção da SBAIT e atual presidente da SPT. O objetivo da visita foi estreitar a parceria entre a SPT e a SBAIT, além de apresentar ao Prof. Aboutanos como a SBAIT se organizou nos últimos anos, sendo a sociedade responsável por promover a maioria dos cursos da SPT.

O Prof. Aboutanos também visitou o Museu da Associação Paulista de Medicina (APM). Ele está no Brasil para participar nos dias 12 e 13 de junho da I Jornada Internacional de Trauma do Hospital Samaritano, que está sendo organizada pelo Dr. Diogo Garcia, da USP e Coordenador do Comitê de Educação da SBAIT.

 

News

Professor TerenceO’Keffee (EUA) visita Serviço de Cirurgia do Trauma do Hospital Geral do Grajáú – Universidade de Santo Amaro

IMG_3689

Professor Terence O’Keffee, da Universidade do Arizona (EUA) em visita ao Hospital Geral do Grajaú, em São Paulo (SP)

Nos dias 08 e 09 de junho o Professor Terence O’Keffee, da Universidade do Arizona (EUA) e Membro Honorário da SBAIT, participou das atividades acadêmicas do Serviço de Cirurgia do Trauma do Hospital Geral do Grajaú – Universidade de Santo Amaro em São Paulo-SP, coordenado pelo Professor Dr. Marcelo Ribeiro, Diretor do Capítulo de São Paulo da SBAIT.

Na segunda (08/09) o professor participou da Reunião da Liga do Trauma da UNISA apresentando a palestra: “Ecocardiograma Transesofágico na Sala de Trauma”. Já na terça, participou da Visita Médica aos pacientes internados no Pronto-socorro do Hospital junto com os residentes e acadêmicos de medicina e posteriormente ministrou a palestra “Trauma Pediátrico”.

IMG_3695

Professor Terence em palestra aos alunos da Universidade Santo Amaro ( UNISA)

A visita do Professor O’Keffee foi muito importante pois ele também participou da divulgação do Protocolo Brain Injury Guidelines (BIG PROJECT) que está sendo implantado no Hospital Geral do Grajaú em parceria com a Universidade do Arizona visando melhorar o atendimento dos pacientes vítimas de Traumatismo Craniano.

A seguir, algumas imagens da visita:

 

News

Hospital em Florianópolis (SC) recebe quatro estagiários angolanos.

O Hospital Regional de São José em Florianópolis (SC), recebeu quatro estudantes do terceiro ano da primeira turma da Faculdade de Medicina de Malanje, Universidade Lueji A’Nkonde, de Angola, para um estágio de dois meses.

Os estudantes João Henrique Agostinho Pedro,  Pedro José Fonseca, Fernandes Monteiro Pedro de Almeida e Domingos Bernardo Malungo participaram do estágio por meio do Convênio Brasil/Angola sob orientação do Prof. Dr. Nicolau Kruel, professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

O processo teve início em 2010, após uma consulta da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), em 2010 para a UFSC, solicitando orientadores para estudantes de Angola e Dr. Nicolau, como Professor da UFSC aceitou os estudantes e os colocou sob sua orientação no HRSJ, que já possuia experiência com estudantes estrangeiros.

Angolanos

Estudantes da Faculdade de Medicina de Malanje, Universidade Lueji A’Nkonde, em Angola, que participaram de programa de estágio no HRSJ, Florianópolis (SC)

O transporte e manutenção dos estudantes no Brasil durante o período do estágio foram pagos pelo governo brasileiro através do setor de relações internacionais da UFSC. Eles estagiaram na Emergência Clínica e Cirúrgica do HRSJ, tiveram aulas e atividades conjuntas com os residentes e tiveram apoio da direção geral, dos médicos preceptores e residentes desses dois setores. Receberam aulas sobre o fundamento do ATLS, o atendimento às emergências cirúrgicas traumáticas e não traumáticas e o tratamento das emergências clínicas além de conhecerem e se ambientarem em um Hospital de Grande porte. Tiveram também a oportunidade de conheceram o Hospital HU-UFSC.

A Faculdade de Medicina de Malanje possui 50 professores, dos quais 47 cubanos e três angolanos. É a segunda Faculdade de Medicina de Angola, a primeira fora de Luanda, capital do país . Malanje é a capital do Estado de Malanje, que possui 998.000 habitantes. Angola,  país africano de colonização portuguesa teve sua independência em 1975,  tem uma população de 24 milhões de habitantes. O país tem vastos recursos naturais, como grande reservas de minerais e de petróleo e sua economia tem apresentado taxas de crescimento que estão entre as maiores do mundo No entanto as taxas de expectativa de vida e mortalidade infantil no país continuam entre os piores do mundo.

Domingos Bernardo, um dos estagiários falou sobre o programa:” O nosso estágio por aí foi muito proveitoso por vários motivos, uma realidade diferente, têm muita experiência na área, os vossos hospitais foram concebidos também para a formação, estão muito organizados, têm em disposição pessoal, materiais, meios de ensinos e infra- estrutura para o ensino, ao passo que nós começamos muito recentemente. O nosso desejo é sempre tirar uma especialidade mas agora nós dependemos muito do programa do governo e, face a carência de pessoal médico é bem provável que alguns serão inseridos para atendimento das populações e outros talvez inseridos num programa para fazerem no exterior especialidades básicas”, declarou.

A formatura dessa primeira turma da Faculdade de Medicina de Malanje, Universidade Lueji A’Nkonde, de Angola, das quais os estagiários fazem parte, será em março deste ano.

News

Residente de Cirurgia do Trauma associado da SBAIT realiza “observership” em Montreal

tarek

Dr Thiago Pancini com Dr. Tarek Razek

Durante o mês de Dezembro, Dr. Thiago Rampazzo Pancini, R3 de Cirurgia do Trauma da Disciplina de Cirurgia do Trauma da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, realizou um estágio observacional (observership) de três semanas no Montreal General Hospital, em Montreal, no Canadá.

Durante o estágio, Dr. Thiago pode acompanhar a rotina da Equipe de Trauma do Hospital, desde o atendimento inicial até o seguimento, após alta, nos ambulatórios de Cirurgia do Trauma.

O mesmo relata que desde o atendimento inicial o paciente conta com uma equipe multidisciplinar e multiprofissional engajada, com protocolos bem estabelecidos, buscando sempre a melhoria do atendimento, através de avaliações, reuniões científicas e sessões clínicas.

morning round

“Morning round” com Dr. Jeremy Grushka

O Serviço de Cirurgia do Trauma do Hospital é referência na Província do Quebec, recebendo transferências, inclusive, internacionais.

Esse novo contato abre mais uma porta para que residentes brasileiros possam conhecer realidades diferentes no atendimento ao traumatizado, podendo trazê-las ao nosso País para aperfeiçoamento dos Programas de Residência, integração dos Serviços, possibilitando, inclusive, projetos de pesquisa multicêntricos.

O cirurgião do Trauma vem ganhando espaço nos Hospitais Brasileiros, devido a sua formação para atendimento ao paciente crítico.

trauma team 2

Trauma Team com Dr. Jeremy Grushka e Andrew Beckett

Aproveitamos para agradecer ao Prof. Dr. Tarek Razek, chefe do Serviço de Cirurgia do Trauma do Montreal General Hospital, bem como dos Drs. Jeremy Grushka e Andrew Beckett, sempre prestativos e dispostos em explicar aos questionamentos.

A partir de 2015, a SBAIT irá financiar três bolsas de U$1500 cada para que associados que tenham concluído o programa de Residência Médica na Área de Atuação em Cirurgia do Trauma realizem estágios de 3 semanas em serviços do exterior, parceiros do programa “SBAIT sem fronteiras”. Até o final de janeiro de 2015 as regras para concorrer a essas bolsas estarão disponíveis em www.sbait.org.br

 

News

Residente de Trauma realiza estágio em Toronto

st michaelsNo final do mês de setembro e início de outubro,  a Dra. Cecília Araújo Mendes, R4 de Cirurgia Geral Avançada e Trauma da Disciplina de Cirurgia do Trauma da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, realizou um estágio de observação (observership) de duas semanas no St. Michael`s Hospital, em Toronto, no Canadá. Lá ela pode acompanhar  a rotina de residentes e de toda equipe envolvida no atendimento aos pacientes vítimas de trauma ou com doenças cirúrgicas de urgência. E ela relata que “embora as patologias sejam as mesmas, as indicações cirúrgicas idênticas, o sistema organizacional é diferente. É a perspectiva de um país com maiores recursos logísticos e humanos, onde  o paciente  é atendido por uma equipe multidisciplinar que conta com cirurgião, anestesista, ortopedia, emergencista e radiologista. Em que a equipe de enfermagem está fortemente envolvida no processo de reabilitação e alta do paciente”.

O serviço do St. Michael’s é fortemente envolvido com pesquisa,  produção científica e padrão de qualidade para o atendimento. Essa experiência possibilita novas  idéias para melhorar e otimizar o atendimento ao traumatizado no Brasil, de acordo com nossa realidade. E acima de tudo é importante valorizar e investir na adequada formação do cirurgião de trauma, que no cenário internacional já está bem definido e vem ganhando papel de destaque nos hospitais terciários.

Deixamos aqui registrado o agradecimento ao Prof. Dr. Sandro Rizoli, chefe do serviço de trauma do St. Michael´s Hospital, que possibilitou esse intercâmbio.

Fechar