Posts Populares

News

Movimento Maio Amarelo apresenta relatório de ações 2015

Em 2015, o Movimento Maio Amarelo repetiu o sucesso do ano anterior, ampliando ainda relatorio maio amarelomais o alcance da conscientização sobre a importância de um trânsito mais seguro no Brasil e no Mundo.

Nessa edição, o Movimento atingiu mais de 20 países, nos cinco continentes, unindo os setores públicos e privados e a sociedade em diversas ações de conscientização. Passeatas, caminhadas, blitz, palestras, cultos ecumênicos, mensagens educativas nas estradas, nas TV, rádios, nas redes e mídias sociais, no cinema, nas escolas e universidades, foram algumas das ações desenvolvidas durante o mês de maio no Brasil e no mundo.

O Movimento acaba de divulgar o  2º Relatório de Ações do Maio Amarelo, apresentando os avanços que marcaram a mobilização em 2015.

Alguns números que marcam a repercussão do Movimento em 2015:

  • + de 300 municípios brasileiros envolvidos
  • 700 organizações e empresas públicas e privadas nacionais e internacional promoveram atividades voltadas à segurança no trânsito
  • + de 1000 ações realizadas em todo o país.
  • Redes Sociais – Facebook: 30.500 curtidores, alcance de meio milhão de pessoas atingidas. Instagram: + de 4 mil publicações com #MaioAmarelo.
  • + de  130 mil visitas no site
  • + de 100 mil visualizações nos vídeos educativos do Movimento em 2015.

A SBAIT aparece no relatório como destaque por viabilizar a aproximação do Movimento com a classe médica nacional e internacional. Também promoveu em  parceria com os organizadores, o Lançamento Nacional do Movimento em 2015 durante o evento Intergastro & Trauma e II RIAATCE ( Reunião Ibero-Afro-Americana de Trauma e Cirurgia de Emergência) em abril de 2015, na cidade de Campinas (SP).

A SBAIT apoia e participa ativamente das ações do Movimento Maio Amarelo e em 2015, mobilizou diversas Ligas do Trauma em ações por diversas regiões do país, incluindo o Simulado Nacional SBAIT de Atendimento à Múltiplas Vítimas de Trauma e o Pedágio Amarelo. Para 2016, a expectativa é aumentar o número de Ligas participantes, ampliando ainda mais o alcance do Movimento e conscientização da população.

Para os organizadores do Movimento Maio Amarelo, a parceria com a classe médica e profissionais da saúde é de grande relevância pela vivência e proximidade dos profissionais com as vítimas do trânsito.

O Movimento Maio Amarelo , por meio da Agenda Positiva de ações, incentiva a sociedade a prosseguir com as ações de conscientização durante todo o ano, sugerindo, a cada mês, um tema para reflexão. Diversos materiais são disponibilizados para download gratuitamente e podem ser utilizados para divulgação.

Acesse o Relatório de Ações pelo link:

Relatório de Ações Movimento Maio Amarelo 2015

Confira também o vídeo da repercussão do Movimento em 2015:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=F0OHWBPcf0M]

News

Trauma é destaque em Congresso de Cirurgia de Curitiba

 

cbcEvento, que acontece de 2 a 5 de agosto, reúne grandes nomes da medicina nacional e internacional

A Cirurgia do Trauma será uma das áreas em destaque no XXXI Congresso Brasileiro de Cirurgia, que acontece de 2 a 5 de agosto no ExpoUnimed, em Curitiba. Organizado pelo Colégio Brasileiro de Cirurgiões, este é um dos maiores eventos médicos do Brasil. Serão 15 salas simultâneas durante o congresso, com diversas abordagens sobre o tema. A programação prevê 110 conferências, 290 mesas redondas, 250 discussões de vídeos, entre muitas outras abordagens. A abertura do Congresso será às 8h do dia 2.  A programação diária é das 8h às 18h e a expectativa é receber 2 mil congressistas, entre médicos e estudantes.

Nesta edição, o tema central do evento é “Um olhar sobre a educação”, que destaca a busca constante do cirurgião pelo conhecimento, principalmente em um momento em que a tecnologia da informação e as novas formas de atualização disponíveis facilitam a busca pelo saber.

“Este é um evento muito importante para a comunidade médica. A amplitude da programação permite várias abordagens, que enriquecem o conhecimento dos cirurgiões em diversas áreas”, comenta o presidente da SBAIT , Sandro Scarpelini. O Trauma, considerado uma doença, já que poderia ser evitado na maioria dos casos, tem recebido cada vez mais destaque nos congressos médicos. Trauma é qualquer lesão causada por um fator externo, como eventos de trânsito, quedas e tiros, situações que crescem com o aumento da violência.

Grandes nomes do Trauma nacional e internacional estarão presentes no evento, entre eles, o médico Antônio Marttos, responsável, em Miami, pelo tratamento da atleta Laís Souza, que ficou tetraplégica após sofrer um acidente enquanto treinava para os Jogos Olímpicos de Inverno 2014. “Nós selecionamos profissionais de destaque na nossa área para participar das palestras e mesas redondas. Teremos representantes de vários Estados e de alguns Países, o que nos permite conhecer um pouco de cada realidade e do que está sendo feito na área do Trauma em regiões diferentes”, diz o presidente da SBAIT.

A SBAIT é uma entidade médica, que reúne médicos e estudantes de todo o Brasil. Além de atuar para a melhoria do atendimento e a constante atualização de médicos, ela tem forte atuação em ações e orientações para a prevenção do Trauma.

SERVIÇO:

XXXI Congresso Brasileiro de Cirurgia

De 2 a 5 de agosto

Das 8h às 18h

ExpoUnimed – Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Cidade Industrial – Curitiba

News

IX Pré Congresso Brasileiro das Ligas de Trauma é realizado em Sergipe

Público participante

Evento reuniu público de 210 participantes

Aconteceu nos dias 17, 18 e 19 de Julho o IX Pré Congresso Brasileiro das Ligas de Trauma (IX PRÉ CoLT) realizado pela Liga de Trauma de Sergipe (LIGA-SE). O evento, que reuniu  210 inscritos, foi destinado aos profissionais e estudantes da área da saúde do estado e teve como tema: “Assistência ao Politraumatizado: Pré, Intra e Pós Hospitalar”, trazendo em suas palestras as diversas atuações da equipe multidisciplinar frente ao politraumatizado desde o atendimento pré-hospitalar à reabilitação da vítima politraumatizada.

Para a palestra de abertura do evento, o IX PRÉ CoLT recebeu o Dr Antônio Onimaru, que  membro honorário da SBAIT e Coordenador Técnico da Coordenação Geral de Urgência e Emergência do Ministério da Saúde, entre outras atividades, que fez a abertura do evento com a palestra magna Atendimento pré-hospitalar: O que realmente se consegue fazer pelo paciente politraumatizado?

Palestrantes e equipe organizadora

Palestrantes e equipe organizadora

Para a secretária geral da LIGA-SE, Gabriela Prata, “O IX PRÉ-CoLT constituiu-se em uma ótima oportunidade para alunos e profissionais de saúde atualizarem-se a respeito de diversos temas englobando o paciente politraumatizado. De maneira concisa e didática, os palestrantes conseguiram expor seus conhecimentos e experiências, algumas até emocionantes”.

O IX PRÉ-COLT/LIGA-SE foi pontuado principalmente pelo brilhantismo dos palestrantes que trouxeram suas experiências e vivências de suas práticas profissionais para serem compartilhadas com a plateia.

O estudante de medicina Caio Flávio, do 5º período pontuou: “Espero adquirir experiência com relação a vários temas que irão ajudar em tomadas de decisões futuras. Conhecimento que vai me servir para toda vida. ”

A LIGA-SE agradece presença de todos os inscritos assim como a todos os palestrantes e a todos que nos ajudaram na realização do evento.

Abaixo, imagens do evento:

Informações e imagens: Liga-se

News

SBAIT alerta sobre os riscos de soltar pipa

Além das sérias lesões causadas pelo cerol, muitos outros acidentes estão relacionados a este tipo de brincadeira

Com maior incidência de vento, os meses de julho e agosto são um convite para soltar pipas2pipa. Mas a brincadeira, que ainda seduz crianças, adolescentes e até adultos, oferece muitos perigos, que podem causar sérios acidentes, alguns fatais. Diante desta situação, a SBAIT está fazendo um alerta à população sobre os problemas que podem ser causados por esta brincadeira.

A prática, aparentemente inofensiva, oferece muitos perigos. “Temos registros de queda de crianças em lajes, atropelamentos de pessoas distraídas com a pipa, choques elétricos e lesões causadas pelo uso do cerol. Normalmente, para quem está manuseando a pipa, o cerol causa lesões nas mãos, mas ele pode ser fatal, principalmente quando atinge ciclistas e motociclistas”, explica o coordenador do Comitê de Prevenção da SBAIT, Gustavo Pereira Fraga. Nesses casos, segundo o médico, que também é cirurgião do Trauma da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), as complicações são decorrentes de lesões no pescoço, devido à presença da laringe, traqueia e de vasos sanguíneos importantes.

O diretor da SBAIT Paulo Carreiro, que também é cirurgião do Trauma do Hospital João XIII, de Belo Horizonte, destaca que há poucos estudos sobre as lesões causadas em decorrência de pipa e cerol e afirma que é muito importante que sejam adotadas medidas sócio-educativas mais eficazes, já que esses casos poderiam ser evitados. “Também precisamos de medidas regulatórias contra a venda de linhas industrializadas com o cerol. Temos algumas leis, inclusive que proíbem o uso do cerol, mas a fiscalização ainda é muito precária”, diz. Para amenizar os riscos, ele orienta os motociclistas a usarem a antena cortapipa, que impede que a linha, com cerol, atinja seu corpo.

De acordo com o presidente da SBAIT, Sandro Scarpelini, diretor da Unidade de Urgência e Emergência do Hospital das Clínicas da USP Ribeirão Preto, os números das lesões e mortes causadas pelo uso de pipa – com ou sem cerol – são subnotificados, já que muitos são registrados como lesões comuns, o que impede uma estatística confiável e a implantação de medidas preventivas. “O Trauma, de forma geral, pode ser evitado. E, neste caso das pipas, também. É muito importante que os pais fiquem atentos à brincadeira de seus filhos para garantir tanto a segurança deles quanto a de pessoas que possam ser prejudicadas. Apesar de proibido, o uso do cerol é comum. E cada vez surgem técnicas mais avançadas para aumentar o poder de corte das linhas. Este é um problema muito sério”, reforça.

Por Assessoria Imprensa SBAIT

News

Membro SBAIT participa de Estágio de Preparação de Missões de Paz.

IMG_7133

Dra Josiene Germano durante apresentação

No período de 04 a 29 de maio, aconteceu o Estágio de Preparação de Missões de Paz (EPMP), no Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB), no Rio de Janeiro, local em que geralmente são ministradas instruções em diversos cursos para militares e civis que farão parte de missões de paz pela ONU. 

A convite do Major Igor Cabral (FAB), no dia 20 de maio foi ministrada na base militar (RJ) a instrução de primeiros socorros, contando, pela segunda vez com a participação da Dra Josiene Germano, coordenadora do comitê de desastres da SBAIT e Serafim Santos (técnico de enfermagem).

FullSizeRender (8)

Treinamento prático de RCP

Os temas abordados foram atendimento ao traumatizado, acidente com múltiplas vítimas e suporte básico de vida, além de um período para treinamento prático de RCP (ressuscitação cardio-pulmonar).

“Ficamos muito contentes com o convite este ano, isso nos faz acreditar que no ano anterior fizemos um bom trabalho. Esta turma também interagiu, participou, enfim, podemos perceber que temas assim despertam muito o interesse dos militares que estão se preparando para missões de paz.”, completa Dra. Josiene Germano.

IMG_7153

 

News

Espaço do Trauma SBAIT – julho 2015

imagem41

Confira a coluna “Espaço do Trauma – SBAIT” da edição n. 76, de julho de 2015, da Revista Emergência.

Destaque para as matérias:

  • Salvamento Aquático: Sobrasa promove curso de capacitação
  • SBAIT atua em resgate no Nepal
  • Intercâmbio: HGG recebe visita internacional
  • Internacional: 7º WSACS é realizado na Bélgica
  • SBAIT-RJ – Curso TEAM é realizado no Rio de Janeiro
  • SBAIT-RS – I Simpósio de Emergência e Trauma e Pré-CoLT
  • Ligas do Trauma – Vem aí o XVII CoLT 2015
  • Juiz de Fora – Congresso da Zona da Mata Mineira
  • Cursos – Ensino e Prevenção do Trauma
  • Blitz – Alerta sobre prevenção no trânsito
  • Publicação – Revista Médica de MG destaca o Trauma
  • USET – Mais dois cursos são realizados no país

Confira a versão online acessando:

“Espaço do Trauma – SBAIT” – Revista Emergência, edição n. 76, julho de 2015

Participe enviando notícias de eventos sobre cirurgia do trauma e emergência, sobre Liga de Trauma, projetos de prevenção, residência médica e outros para serem divulgados pela SBAIT para secretaria@sbait.org.br

 

News

Pré-CoLT Uniletes é realizado no DF

Um piloto simula queda e os outros fazem a segurança e o atendimento inicial ( todos têm BLS e técnicas de imobilização)

Simulado- Queda de um piloto.

Foi realizado nos dias 4 e 5 de julho, no Distrito Federal, o Pré-CoLT Uniletes DF 2015.

A Uniletes DF  reúne quatro ligas de trauma no Distrito Federal : Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina do Planalto Central, Universidade Católica de Brasília e Faculdade de Ciências e Saúde.

O presidente do HOG Brasilia Chapter explica fatores de segurança ( Freios ABS, capacete , roupas que protegem articulações ) e comportamento para evitar acidentes

O presidente do HOG Brasilia Chapter explica fatores de segurança

 

“O nosso Pré- CoLT  deste ano se inspirou na Campanha Maio Amarelo pois acreditamos que a melhor maneira de cuidar do trauma é através da prevenção”, ressaltou Dra Sheila Caselli, diretora SBAIT DF e profª orientadora da Uniletes DF.  “Sabemos que os acidentes automobilísticos são os principais mecanismos de  trauma no nosso meio e os acidentes envolvendo motos são frequentes e graves . As motos e bicicletas ocupam cada vez mais o espaço no trânsito, com riscos muito grandes de acidentes pois disputam o espaço entre os carros e não possuem dispositivos de segurança como o cinto de segurança , air bags e  freios ABS.  Assim o tema  escolhido em 2015  foi  biomecânica do trauma , que estuda  a ação das leis de movimento e transferência de energia agindo nos veículos e seus condutores , explicando como acontece e quais as lesões que devemos encontrar  nos acidentes de moto”, reforça.

O evento contou com a participação do HOG (Harley Ouners  Group )  Brasília Chapter para demonstrar o uso seguro da moto, por meio de circuitos com seis exercícios, destacando fatores humanos  e de equipamentos  de proteção que implicam em maior segurança  e menor portabilidade de  acidentes.

No encerramento do Pré-CoLT Uniletes foi realizada a apresentação de  um simulado do protocolo de atendimento utilizado pelo HOG Brasilia Chapter.

Projeto Uniletes -Harley Davidson

O  projeto Uniletes DF  -Harley Davidson pretende atuar junto à comunidade, aos profissionais de APH e instituições de trânsito como DETRAN, ABRAMET  e Concessionárias de Rodovias  com campanhas educativas e interativas.

” Acreditamos que esses pilotos e o HOG são valiosos formadores de opinião e podem contribuir muito para sensibilizar os usuários de motos e bicicletas”, ressalta Dra Sheila.

Abaixo, confira outras imagens do evento:

 

News

Lançada a Edição 10 do Trauma BoleTEAM SBAIT. Confira!

capa

Edição 10 do Trauma BoleTEAM SBAIT – 2º trimestre 2015

A edição 10 do TRAUMA BoleTEAM SBAIT já está lançada, trazendo como matéria de capa os Simulados realizados em várias regiões do país durante o Maio Amarelo, e outros destaques, como a posse da nova diretoria da SBAIT, realizada durante o evento Intergastro & Trauma, em Campinas e o sucesso da II RIAATCE.

Na seção destaque, entrevista com Dr Juan Carlos Puyana. Confira ainda, os eventos realizados recentemente em todo o país pelos capítulos SBAIT e pelas Ligas do Trauma.

Acesse a versão online:

TRAUMA BoleTEAM SBAIT – Edição 10 – 2º trimestre 2015

News

Brasil será sede do próximo “World Congress of Emergency Surgery” 

Congresso recebeu 300 pessoas, com atividades em duas salas simultâneas.

Congresso recebeu 300 pessoas, com atividades em duas salas simultâneas.

No período de 5 a 8 de julho de 2015 foi realizado em Jerusalém, Israel, o 3rd  World Congress of Emergency Surgery (WCES). O evento foi promovido pela World Society of Emergency Surgery (WSES), com o apoio da Israeli Surgical Association, tendo como tema central: The last of Mohicans? The General Surgeon of 2015

O evento recebeu um público de aproximadamente 300 pessoas, provenientes de 23 países, sendo 48 palestrantes. O Brasil esteve representado pelos palestrantes Prof. Dr. Carlos Augusto Gomes (UFJF), Prof. Dr. Gustavo P. Fraga (Unicamp e Coordenador do Comitê de Prevenção da SBAIT) e Prof. Dr. Renato S. Poggetti (USP), além de 3 participantes que apresentaram temas livres, sendo um trabalho de Juiz de Fora e os outros dois da Unicamp. A WSES é a responsável pela revista World Journal of Emergency Surgery que é uma revista online de acesso livre e que recentemente teve aumento no seu fator de impacto (IF) para 1,47.

Durante o congresso foram apresentados vários guidelines da WSES, entre eles, de apendicite aguda, colecistite aguda, tumor obstrutivo do cólon esquerdo e lesões cáusticas do esôfago e estômago. A programação social e cultural do evento foi espetacular, numa cidade que faz parte da história da humanidade. Muitos elogios foram direcionados aos organizadores do congresso, Prof. Jeffry L. Kashuk, de Tel Aviv, e Prof. Yoram Kluger, de Haifa, Israel.

O evento recebeu participantes de 23 países.

O evento recebeu participantes de 23 países.

Professores Ansaloni e Catena, diretores da WSES.

Professores Ansaloni e Catena, diretores da WSES.

No final do evento foi realizada a reunião do Board of Directors, comandada pelo presidente da WSES, Prof. Luca Ansaloni, de Bergamo, Itália, e pelo secretário geral, Prof. Fausto Catena, de Parma, Itália, com a discussão de vários assuntos da WSES, entre esses, a definição da sede do congresso em 2017. A Espanha havia manifestado interesse previamente, porém não apresentou proposta oficial. O Brasil, com a iniciativa e apoio da Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT), representada pelo Prof. Fraga, apresentou a proposta de Campinas como sede do 4th World Congress of Emergency Surgery, sendo aprovada por unanimidade.

A data proposta para o evento é 17 a 20 de maio de 2017, no Centro de Convenções Expo Dom Pedro, em parceria com o INTERGASTRO & TRAUMA . O projeto para esse evento é repetir o sucesso de abril de 2015 em que seis cursos de “Manobras Cirúrgicas em Cirurgia do Trauma” DSTC , foram realizados pela SBAIT em três dias, em diferentes cidades (Brasília, Campinas, Florianópolis, Ribeirão Preto, São Paulo e Sorocaba), porém ampliando para DEZ o número de cidades com esses cursos pré congresso. Junto com esse congresso internacional também será realizado o XIX Congresso Brasileiro das Ligas do Trauma (XIX CoLT), promovido pelo Comitê Brasileiro das Ligas do Trauma – CoBraLT . Ou seja, teremos mais um grande congresso internacional no Brasil, integrando diferentes profissionais, que buscam atualização em temas de doenças do aparelho digestivo, cirurgia de urgência e trauma.

Aguarde apenas a confirmação da data nas próximas semanas, o que depende da resposta sobre outros eventos nos EUA e Europa para que não sejam realizados no mesmo período, mas o seu serviço já pode ir preparando trabalhos científicos para apresentação e publicação.

Links:

Programa do 3rd World Congress of Emergency Surgery (WCES) – Jerusalém

Proposta apresentada para o 4th WCES em Campinas

News

Curso USET é realizado em Brasília (DF)

USET Brasília

O curso USET em Brasília- DF (27/06) reuniu 22 inscritos

Mais um curso USET ( Ultrassom em Emergência e Trauma) foi realizado no país, dessa vez em Brasília (DF), no dia 27 de junho.  Esse foi o 30º curso USET realizado no país desde 2008.

O curso reuniu 22 inscritos e contou com a participação dos instrutores José Cruvinel Neto, Rodrigo Caselli e Gabriel Rigoleto.

O curso USET , organizado pela SBAIT em parceria com a Sociedade Panamericana de Trauma,  tem como meta treinar e capacitar os profissionais que no dia a dia atendem vítimas de trauma e situações de emergência médica, fornecendo informações completas para a utilização do ultrassom em emergências e trauma. Trata-se de um curso teórico e prático, com carga horária de 10 horas.

Novos cursos já estão programados para os próximos meses em cidades de São Paulo , Belo Horizonte, Roraima e Brasília.

Saiba mais:

Curso “Ultrassom em Emergência e Trauma” (USET)

Fechar