Posts Populares

News

Guia SBAIT para prevenção de lesões por queimaduras é lançado, visando as festas juninas

Junho chegou e com ele, a época das festas juninas,  iniciando um período de festas e comemorações que inspira muita atenção em relação à prevenção de acidentes com fogos de artifício e fogueiras, bastante recorrentes nessa época do ano.

Por esse motivo, a SBAIT está lançando o Guia SBAIT para prevenção de lesões por queimaduras, em parceria com a Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ). O objetivo é reforçar as  orientações e cuidados ao manusear fogos de artifício ou sobre os perigos da fogueira, brincadeiras mais comuns nessa época do ano, especialmente entre crianças e jovens.

Segundo a Sociedade Brasileira de Queimaduras, em torno de 1.000.000 de acidentes com queimaduras ocorrem por ano. Estudos mostram que crianças menores de 10 anos e adultos em idade produtiva (entre 20 e 29 anos) são os mais atendidos com o problema, sendo a residência o local mais frequente da ocorrência (62,1%). As queimaduras representam a segunda causa de morte na infância.

DICAS de PREVENÇÃO

O Guia também reforça que o melhor tratamento é a PREVENÇÃO, por esse motivo, além de mostrar os primeiros socorros em caso de queimadura, também orienta sobre cuidados que devem ser tomados durante todo o ano e em qualquer localidade. Assim, o Guia traz 15 dicas importantes:

  • Nunca deixe o fogão ou forno ligados sem supervisão direta. Deixe cabos e alças de panela virados para dentro do fogão.
  • Teste água do chuveiro ou banheira antes de banhar uma criança.
  • Mantenha líquidos quentes fora do alcance das crianças e animais de estimação.
  • Mantenha os aparelhos elétricos longe da água.
  • Teste a temperatura dos alimentos antes de servir uma criança.
  • Não aqueça a mamadeira no microondas.
  • Nunca cozinhe enquanto estiver usando roupas soltas que poderiam pegar fogo quando próximo do fogão. Se uma criança pequena está presente, bloquear o seu acesso a fontes de calor como um fogão, churrasqueira ao ar livre, lareira e aquecedor de espaço.
  • Antes de colocar uma criança em um assento de carro, verifique se há cintas ou fivelas quentes. Desconecte os ferros e dispositivos semelhantes quando não estiver em uso. Guarde-os fora do alcance de crianças pequenas.
  • Cubra as tomadas eléctricas não utilizadas com tampas de segurança. Mantenha cabos elétricos e fios fora do alcance de crianças.
  • Se você deve fumar, evite fumar dentro de casa e especialmente nunca fume na cama ou no sofá. Nunca acenda fogo com combustíveis líquidos como álcool e gasolina.
  • Mantenha um extintor de incêndio disponível em sua casa.
  • Mantenha os produtos químicos, isqueiros e fósforos fora do alcance das crianças.

O Guia SBAIT para prevenção de lesões por queimaduras contou com a idealização do membro SBAIT e diretor presidente do Capítulo-SP, Prof. Dr. Bruno M. Pereira e com a participação de Dr. Flavio N. Novaes – Membro e Ex-Presidente da Sociedade Brasileira de Queimaduras. O Guia contou com o apoio da diretoria SBAIT São Paulo e Nacional: Dr. Maurício Godinho (Vice Diretor Presidente SBAIT SP), Dr. José Cruvinel (Diretor Tesoureiro SBAIT SP), Dr. Persio Campos (Diretor Secretário SBAIT SP), do Presidente da SBAIT, Prof.Dr. José Mauro Rodrigues e dos coordenadores dos comitês de prevenção, Prof. Dr. Gustavo P Fraga e de Educação, Prof. Dr. Diogo Garcia.

Acesse o  Guia pelo link:  Guia SBAIT para Prevenção de Lesões por Queimaduras

Uncategorized

Pedágio Maio Amarelo é realizado em Sorocaba /SP

 

Os alunos orientaram os motoristas sobre a importância de um trânsito seguro

Estudantes da LETS (Liga de Emergência e Trauma de Sorocaba) da PUC-SP, campus Sorocaba, (Sorocaba/SP) fizeram nesta terça-feira, 30, um pedágio de conscientização orientando os motoristas que passaram pela Avenida Comendador Pereira Inácio, em frente à universidade. A ação, em parceria com a SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado), foi uma das atividades do Maio Amarelo na cidade.

Os alunos utilizaram faixas e distribuíram panfletos,  orientando os motoristas sobre a importância de ter cuidado no trânsito, a fim de reduzir os altos números de ocorrências registrados no País. Dados preliminares do DataSUS apontam que, em 2014, cerca de 43 mil pessoas morreram em ocorrências de trânsito no Brasil. A ação foi realizada em parceria com a URBES (Empresa de Desenvolvimento Urbano e Social de Sorocaba).

Estudantes da LETS (Liga de Emergência e Trauma de Sorocaba) da PUC-SP durante o pedágio Maio Amarelo na cidade

O Movimento Maio Amarelo surgiu há quatro anos para chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. É um movimento que estimula ações de conscientização sobre a importância da prevenção. Neste ano, o Maio Amarelo está destacando a opção de decisão das pessoas no trânsito. Decisões que podem fazer toda a diferença, como atender ou não o celular.

News

“Acidentes com animais peçonhentos” é o tema do Salvando Vidas em maio

Em maio o Programa Salvando Vidas – CoBraLT/SBAIT  está trabalhando com o tema “ACIDENTES COM ANIMAIS PEÇONHENTOS”. O programa é realizado por membros das Ligas de Trauma de diversas regiões do país

Esse mês o Programa também conta com a parceria com a Revista Emergência, que fornece orientações referentes ao tema para serem divulgadas pelo Programa nas redes sociais e ações locais.

O programa Salvando Vidas já trabalhou em  2017 com dicas de emergência, tratando sobre os temas “Dicas de Atendimento Pré-Hospitalar” ( janeiro), “Queimaduras” ( fevereiro), “Ferimentos”, em março e Afogamentos (abril).

Saiba mais: www.cobralt.com.br

Confira as orientações do tema de maio:  “ACIDENTES COM ANIMAIS PEÇONHENTOS”

 

News

III Simulado Nacional SBAIT de Múltiplas Vítimas é realizado em Vitória (ES) e João Pessoa (PB)

O Simulado em Vitória contou com resgate aéreo

Neste sábado, 27, o III Simulado Nacional SBAIT de Múltiplas Vítimas foi realizado em duas cidades: Vitória (ES) e João Pessoa (PB).

Em Vitória, o Simulado reuniu no total 213 participantes, sendo 40 vítimas. O cenário simulou uma colisão envolvendo dois carros, duas motos e atropelamento no calçadão da praia Camburi.

Em Vitoria, o Simulado contou com 213 participantes, sendo 40 vítimas

O Simulado reuniu 103 acadêmicos integrantes do Comitê Brasileiro das Ligas do Trauma (CoBraLT) e as instituições SAMU 192  NOTAer, Corpo de Bombeiros Militar, BPTran, Guarda Civil Municipal de Vitória e Detran|ES.

Participantes do Simulado em Vitória (ES)

Já em João Pessoa, o Simulado envolveu a participação de 150 pessoas, sendo 20 vítimas e teve sequência em dois hospitais, com a simulação intrahospitalar.

 

O cenário do Simulado em João Pessoa envolveu um carro, uma moto e um ônibus que transportava quinze universitários

O cenário envolveu um carro, uma moto e um ônibus que transportava quinze universitários na BR 230. O condutor do carro, que manipulava o aparelho telefônico ao mesmo tempo em que dirigia em alta velocidade, perdeu o controle do veículo e colidiu na traseira do micro-ônibus, o qual capotou duas vezes, arremessando duas vítimas para fora deste. Posteriormente, o condutor da moto, utilizando capacete, que se encontrava logo atrás do carro, não conseguiu reduzir a velocidade e frear a tempo, colidindo na traseira do automóvel e sendo arremessado cerca de dois metros. O carro entrou em chamas com as vítimas presas às ferragens. Pessoas que estavam no local e presenciaram o acidente acionaram os Bombeiros, a polícia militar e o SAMU.

 

Participantes Simulado em João Pessoa /PB

O Simulado foi organizado pela Liga de Emergência e Trauma da Paraíba e contou com a participação das Instituições CBMPB, SAMU, SEMOB, PMPB, Hospital TRAUMA (HEETSHL), DETRAN, Hospital de Cabedelo, PRF, IPC.

Os Simulados  fizeram parte das atividades do Movimento Maio Amarelo, que visa chamar atenção da sociedade para a importância de um trânsito seguro.

Confira mais imagens dos Simulados

News

11 trabalhos são premiados no Campinas 2017

11 trabalhos são premiados no Campinas 2017

No sábado, último dia do Campinas 2017, foi feita a premiação dos melhores trabalhos apresentados nas categorias Oral e Pôster, nacional e internacional. No total, foram premiados cinco trabalhos internacionais (4 na categoria Oral e 1 na categoria Pôster) e seis  trabalhos nacionais (4 na categoria Oral e 2 Pôster).

A Comissão Organizadora recebeu a inscrição de 299 trabalhos. Na categoria Nacional (Congresso Brasileiro das Ligas de Trauma – CoLT e Intergastro & Trauma), foram aprovados 39 trabalhos para apresentação oral e 123 para pôster, totalizando 162 trabalhos. Já na categoria Internacional (WSES – Congresso Nacional de Cirurgia e Emergência), foram aprovados 22 para apresentação oral e 12 para pôster.

Confira os vencedores:

Categoria Internacional Oral

Decision making criteria for damage control surgery

Autores Nao Urushibata 1, Kiyoshi Murata 1, Atsushi Senda 1, Raira Nakamoto 1
Instituição 1 MCH – Matsudo City Hospital (4005 Kamihongo, Matsudo)

 

 Admission INR in the assessment of coagulopathy in trauma

Autores André Gusmão Cunha 1,2,3, Ana Celia Diniz Cabral Barbosa Romeo 1, Oddone Freitas Melro Braghirolii 2, Pedro Humberto Félix de Sousa Filho 2, Geraldo Pedral Sampaio 3, Andréa Mendonça Gusmão Cunha 3, Roberto José Meyer Nascimento 3
Instituição  FMB/UFBA – Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia

 

Is it worth operating on the moribund with an end-stage diffuse community-acquired peritonitis in settings with limited technical background? A Retrospective analysis of 36 cases managed over a 10 years period in a middle-income country.

Autores Chichom-Mefire Alain 1,2, Verla Vincent Siysi 2, Ngowe-Ngowe Marcelin 2
Instituição FHS/UB – Faculty of Health Sciences, University of Buea (Buea, Cameroon)

 

Emergency surgery management of complicated diverticulitis in a regional centre – an Australian experience 

Autores Dorothy Chua 1, Daniel Chan 1,2, Praveen Ravindran 1,3
Instituição 1 TTH – The Tweed Hospital, New South Wales (Powell St & Florence Street, Tweed Heads New South Wales 2485, Australia), 2 UNSW – Faculty of Medicine (Sydney NSW 2052), 3Bond – Bond University

 

EPIDEMIOLOGICAL ANALYSIS OF TRAUMA PATIENTS AFFECTED BY FAT EMBOLISM AT TRAUMA INTENSIVE CARE UNIT

Autores Alcir Escocia Dorigatti 1, Bruno Monteiro Pereira 1, Lizianne Hermogenes Lopes 1, Marcela dos Santos Martins 1, Cesar Vanderlei Carmona 1, Gustavo Pereira Fraga 1
Instituição 1 Unicamp – University of Campinas (Campinas – SP – Brazil)

 

AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DA APLICAÇÃO DE CLÍSTERES COM MESALAZINA NA EXPRESSÃO TECIDUAL DE MUCINAS NEUTRAS E ÁCIDAS NA COLITE DE EXCLUSÃO

Autores Adrieli Heloísa Campardo Pansani 1, José Aires Pereira 1, Yara Tinoco Franceschi 1, Gabriele Escocia Marinho 1, Rafaela de Sousa Novo 1, Thaís Silva de Oliveira 1, Gabrielle Máira de Lima Matijascic 1, Carlos Augusto Real Martinez 1
Instituição 1 USF – Universidade São Francisco (Avenida São Francisco de Assis, 218 – Jardim Sao Jose, Bragança Paulista – SP)

 

DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO PARA TREINAMENTOS EM PRIMEIROS SOCORROS PARA CRIANÇAS 

Autores Ana Paula Boaventura 1, Lucas Félix Calandrim 1, Cleuza Aparecida Vedovato 1, Thais Rafael Guimarães 1, Lais Rodrigues de Oliveira 1, Gabriel Otero 1
Instituição 1 UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas (Rua Tessália Vieira de Camargo, 126 Cidade Universitária Campinas – SP )

 

CORRELAÇÃO ENTRE OS CRITERIOS ULTRASSONOGRÁFICOS DE WILLIAMS E A ELASTOGRAFIA HEPÁTICA TRANSITÓRIA (FIBROSCAN®) NO DIAGNÓSTICO DA FIBROSE HEPÁTICA EM CRIANÇAS COM FIBROSE CÍSTICA

Autores Maria Ângela Bellomo Brandão 1, Flávia Andressa Justo 1, Gabriel Hessel 1, Elizete Aparecida Lomazi 1, Roberto M Yamada 1, Thirzah M Lopes 1, Tiago S Pereira 1, Antônio F Ribeiro 1
Instituição 1 FCM-UNICAMP – Faculdade de Ciências Médicas – Universidade de Campinas (Cidade Universitária Zeferino Vaz – Barão Geraldo, Campinas – SP)

 

A experiência da Liga do Trauma da Unicamp no Movimento Maio Amarelo de 2016 em Campinas

Autores: Karla Saraiva da Silva, Paolla Ravida A. de Macedo, Yasmin L. Cecchi, Bruno M. Guidi, Thiago Rodrigues A. Calderan e Gustavo Pereira Fraga.

Instituição 1 UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas (Rua Tessália Vieira de Camargo, 126 Cidade Universitária Campinas – SP )

 

Adenomas Hepáticos: Expressão Fenotípica, Descrição de Casuística e Revisão de Literatura

Autores DIOGO MARCELO FURTADO 1,1,1,1, PAULO VITOR BARRETO GUIMARAES 1, SIMONE REGES PERALES 1, ELAINE CRISTINA ATAIDE 1, MILENA GARCIA SILVA 1, ILKA DE FATIMA SANTANA FERREIRA BOIN 1, LARISSA ELOY 1, CECILIA ESCANHOELA 1
Instituição 1 UNICAMP – FACULDADE DE CIENCIAS MEDICAS – UNICAMP (Cidade Universitária Zeferino Vaz – Barão Geraldo, Campinas – SP, 13083-970)

 

Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar: um evento local que ganhou proporções nacionais

Autores: Andrey Salgado Moraes Filho, Mariana Araújo Dias, Linajanne Borges Muniz, Edith Monielyck Mendonça Batista, Artur Paz Oliveira Moura, Henrique Maraguchi, Bianca Ramos de Castro e Raíssa Lorena Brito Amorim.

Instituição 2 LATE – MA – Liga Acadêmica do Trauma e Emergência do Maranhão (Praça Gonçalves Dias, Centro. São Luís – MA), 3 UFMA – Universidade Federal do Maranhão (Avenida dos Portugueses, São Luís – MA)

 

News

Posse da nova diretoria da SBAIT é realizada durante abertura do Campinas 2017

Gustavo Pereira Fraga, presidente do IV Congresso da Sociedade Mundial de Cirurgia de Emergência (WSES) durante a abertura

A cerimônia de abertura do evento Campinas 2017 ocorreu na noite desta quinta-feira 1918), com a fala do presidente do Intergastro & Trauma, Marcelo Amade Camargo. Logo na sequência, quem discursou foi o presidente do CoLT (Congresso das Ligas do Trauma), Thiago Calderan. Gustavo Pereira Fraga, presidente do IV Congresso da Sociedade Mundial de Cirurgia de Emergência (WSES), foi o terceiro a falar na cerimônia, que também teve a participação do presidente da WSES, Luca Ansaloni, e do secretário de Transportes de Campinas, Carlos José Barreiro, que esteve representando o prefeito da cidade, Jonas Donizette.

Presidente do CoLT (Congresso das Ligas do Trauma), Thiago Calderan

Na sequência, ocorreu a cerimônia de posse da nova diretoria da SBAIT, eleita para o biênio 2017/2018. O ex-presidente Sandro Scarpelini passou o cargo para José Mauro da Silva Rodrigues, que, oficialmente, está no comando da entidade desde 1º de janeiro de 2017. Também estiveram presentes na cerimônia vários membros da nova diretoria, entre eles, o 1º vice-presidente, Ricardo Breigeiron, o secretário geral, Marcelo Augusto Fontenelle Ribeiro, o 1º secretário, Amauri Clemente da Rocha, o 1º tesoureiro, Daniel Souza Lima e o 2º tesoureiro, Fabio Henrique de Carvalho. Também participaram os coordenadores dos comitês de Pré-Hospitalar, Rodrigo Caselli Belém, Ligas de Trauma, Daniel Zaidan dos Santos, de Educação, Diogo Valério Garcia, de Qualidade e Registro de Trauma, Paulo Roberto Carreiro, e Prevenção, Gustavo Pereira Fraga.

Nova diretoria da SBAIT, eleita para o biênio 2017/2018

Ainda durante a cerimônia de posse da nova diretoria, o presidente da SBAIT, José Mauro da Silva Rodrigues, anunciou os novos membros honorários da entidade: Joanne Banfield, que recebeu a homenagem de Sandro Scarpelini, e Gustavo Machain, homenageado por Gustavo Pereira Fraga.

Dr José Mauro da Silva Rodrigues ( presidente atual) e Dr Sandro Scarpelini ( presidente SBAIT 2015/2016)

Esta nomeação é um reconhecimento a ambos pela participação em congressos da SBAIT. Fraga e Scarpelini também receberam o título de membro honorário, concedido a todos os ex-presidentes. Thiago Calderan fez a entrega para Fraga e José Mauro entregou a homenagem para Scarpelini.

A cerimônia recebeu grande número de convidados nacionais e internacionais

A programação do primeiro dia do Campinas 2017 reuniu vários cursos e simpósios da área de emergência e trauma. O evento segue até o dia 20 de maio no Expo Dom Pedro, em Campinas. Acompanhe os detalhes do evento pela cobertura online através da hashtag #Campinas2017 nas redes sociais SBAIT .

News

Simulado Nacional de Atendimento a Múltiplas Vítimas é realizado em Campinas

O Simulado Nacional de Atendimento a múltiplas vítimas ocorreu em uma das principais avenidas de Campinas, simulando um atropelamento com 13 vítimas

Foi realizado na cidade de Campinas (SP) na tarde desta quarta-feira, 17 de maio, o Simulado Nacional de Atendimento a Múltiplas Vítimas. Organizado pela SBAIT, o Simulado teve como objetivo treinar equipes de resgate que atuam em Campinas e cidades da região para uma situação real. O cenário envolveu um atropelamento em uma das principais avenidas da cidade, resultando em 13 vítimas.

O Simulado, em comemoração ao Maio Amarelo, faz parte da programação pré-congresso do Campinas 2017, que acontecerá entre os dias 18 e 20 de maio no Expo Dom Pedro. Intitulado Gestão de Acidentes com Múltiplas Vítimas, o curso foi ministrado por uma equipe de cirurgiões de Israel, através da Sociedade Mundial de Cirurgia de Emergência. Os médicos israelenses acompanharam os trabalhos de resgate em Campinas.

WSES COURSE on MASS CASUALTY INCIDENT MANAGEMENT – Curso pré-congresso Campinas 2017, que contou com a presença de convidados israelenses.

“Nós envolvemos várias equipes de resgate neste simulado. É fundamental que esses profissionais passem por treinamentos próximos à realidade. Dessa forma, as instituições conseguem melhorar seu protocolo e o treinamento da equipe”, destaca o coordenador do Comitê de Prevenção da SBAIT, Gustavo Pereira Fraga. “Além de um atendimento correto, é crucial um bom tempo de resposta. Tudo isso faz diferença para estabilizar a vítima”, explica.

Este é o terceiro ano em que a SBAIT realiza simulados com múltiplas vítimas. “A Sociedade tem um papel importante no atendimento ao traumatizado. Por isso, desenvolvemos ações e cursos para que as equipes possam se aperfeiçoar cada vez mais”, comenta o presidente da entidade, José Mauro da Silva Rodrigues.  Em 2015, foi realizada a 1ª edição do simulado em Campinas, na Praça Arautos da Paz.

Profissionais das Instituições participantes do Simulado em Campinas

Além da EMDEC e da Sociedade de Medicina de Campinas, (SMCC), participaram da ação a Secretaria de Transportes de Campinas, Prefeitura de Campinas, alunos da disciplina Cirurgia do Trauma da Unicamp (Universidade de Campinas), Liga do Trauma da Unicamp,  GRAU (Grupo de Resgate e Atendimento a Urgências), COBOM (Corpo de Bombeiros) de Campinas, CIMCamp, Bombeiros Voluntários de Monte Mor, Concessionária CCR AutoBAn, Rota das Bandeiras e Guarda Municipal de Campinas.

Durante o mês de maio, outras cidades do país também realizarão o Simulado Nacional de Atendimento a Múltiplas Vítimas.

Confira imagens da ação realizada em Campinas:

 

 

News

P.A.R.T.Y. Campinas especial recebe interessados em implantar o programa em diversas regiões do país

P.A.R.T.Y. Campinas especial, com 18 convidados interessados em implantar o Programa em suas cidades.

O P.A.R.T.Y. Campinas desta terça-feira, 16, foi especial. Além de receber 40 alunos da EE Carlos Gomes, também reuniu representantes de Serviços de diversas regiões do país, interessados em conhecer mais detalhadamente o funcionamento do programa com o objetivo de implantar em suas regiões.

Estiveram presentes 18 convidados de São José dos Campos (SP), Campinas (SP), Manaus (AM), Maranhão (MA), Maceió (AL), Passo Fundo (RS), Canoas (RS) e Florianópolis (SC).

Em Campinas (SP) atualmente há dois centros do Programa P.A.R.T.Y.  ( Unicamp e PUC Campinas), sendo que em breve poderá ser implantado o terceiro centro na cidade, no Hospital Mário Gatti. Dessa forma, todos hospitais terciários públicos da cidade possuirão centro ativo do Programa P.A.R.T.Y.

Thiago Calderan, orientador da Liga do Trauma da Unicamp, frisa que “é muito importante a ampliação do programa P.A.R.T.Y em outros centros do Brasil e mundo para estimular a prevenção ao trauma”. Ele ressalta ainda que “para montar um programa é essencial que os envolvidos vivenciem esta experiência e respeitem os princípios do P.A.R.T.Y., originado no Canadá. Este foi o segundo passo, segundo ele. O primeiro é querer. O terceiro está em firmar parcerias, porque nenhum centro na situação do Brasil consegue manter e crescer sem parcerias firmes”, reforça.

A edição especial do P.A.R.T.Y. Campinas fez parte da programação do Maio Amarelo na cidade, aproveitando a presença dos convidados que também participarão da II Jornada SBAIT de Prevenção ao Trauma e II Simpósio Internacional do Programa P.A.R.T.Y, que contará com a presença da fundadora do Programa P.A.R.T.Y., Joanne Benfield. Esses   eventos ocorrerão durante o “Campinas 2017”, que reunirá de 18 a 20 de maio em Campinas (SP), três grandes eventos, incluindo o XIX Congresso Brasileiro das Ligas de Trauma.

Sobre o Programa P.A.R.T.Y. 

O Programa P.A.R.T.Y.  (Prevenção do Risco de Trauma Relacionado ao uso de Álcool na Juventude) foi iniciado no Centro de Ciências da Saúde de Sunnybrook em janeiro de 1986 com a ajuda da enfermeira emergencista Joanne Banfield. Desde então, o Programa P.A.R.T.Y. foi entregue a mais de 1 milhão de jovens e já expandiu-se para mais de 100 programas ao redor do mundo.

Voltado para estudantes que cursam os últimos anos do Ensino Médio, faixa etária prestes a obter a Carteira Nacional de Habilitação – CNH, o programa propõe uma reflexão com esses jovens sobre os riscos que estão sujeitos no trânsito, caso escolhas ruins sejam feitas. Durante as oficinas, os estudantes assistem palestras e conhecem de perto a realidade de uma

P.A.R.T.Y. Brasil

O primeiro Programa P.A.R.T.Y. no Brasil  foi implantado em Ribeirão Preto no ano de 2008 e a partir daí cresceu para as cidades de Sorocaba, Vitória e Campinas, atuando com dois centros. Em 2013, tornou-se P.A.R.T.Y. Brasil, vinculado à Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT). Objetivo é ampliar o programa para todas as regiões do país.

Para saber mais sobre o P.A.R.T.Y., visite o site P.A.R.T.Y. Brasil ou entre em contato com o CoBraLT ( Comitê Brasileiro das Ligas de Trauma) .

Saiba mais informações sobre como implantar um P.A.R.T.Y. em sua região acessando o post: Workshop explica a acadêmicos os passos para a implantação do P.A.R.T.Y. em suas cidades

Confira momentos do P.A.R.T.Y. Campinas especial do dia 16/05.

News

Cursos DSTC são realizados em quatro cidades do Brasil simultaneamente

Cursos DSTC (Cuidados Cirúrgicos Definitivos em Trauma) são realizados com sucesso em quatro cidades do Brasil simultaneamente: Campinas, São Paulo ( 2 turmas) , Ribeirão Preto e Florianópolis, recebendo instrutores nacionais, internacionais e participantes de diversas regiões do país.

Os cursos, considerados um sucesso pela organização e pelos participantes, fazem parte da programação pré-congresso do Campinas2017, que tem início nesta quinta-feira (20/05) em Campinas.

O objetivo do Curso DSTC é preparar cirurgiões na abordagem e cuidado definitivo de pacientes com múltiplas lesões traumáticas complexas e graves, em particular a abordagem de técnicas cirúrgicas específicas.

Para saber mais sobre o curso, acesse: http://www.cursosbait.com.br/

Confira momentos dos cursos:

 

News

I Simpósio Internacional de Trauma é realizado no RJ

O Simpósio reuniu 350 participantes

O I Simpósio Internacional de Trauma foi realizado nesta segunda-feira, dia 15 de maio, no Rio de Janeiro, reunindo 350 participantes.

O evento contou com a presença dos convidados internacionais e nacionais de grande expressão na área, como o  Dr Esteban Foianini, (Bolívia), Dr Carlos Mesquita ( Portugal), Dr Renato Poggetti  e Dr Domingos André Drummond. Educação e modelos de atendimento estiveram entre os temas em destaque no evento.

O Simpósio foi uma realização do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e SBAIT.

Membros SBAIT entre os convidados do evento

Fechar