Categoria

CoBraLT

CoBraLT, Salvando Vidas

Ação do Salvando Vidas – RCP é realizada em Campinas /SP

Ocorreu nesta quarta-feira, 16/05, das 9h às 16h , no largo do Rosário, em Campinas, a ação “Salvando Vidas – RCP”, orientando a população sobre como agir em uma situação de Parada Cardiorrespiratória, com demonstração de técnicas de Reanimação Cardio-Pulmonar para leigos. No mesmo local também ocorreu um “Pit Stop” com orientações para pedestres e motociclistas, uma ação do Movimento Maio Amarelo em Campinas.

O Coordenador da Campanha Maio Amarelo em Campinas, Dr. Thiago Rodrigues A. Calderan, membro SBAIT, fala da importância da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas (SMCC) entrar neste ano para a campanha como uma das organizadoras da ação junto com a Disciplina de Cirurgia do Trauma da UNICAMP e da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (EMDEC). Orientações para procedimentos de primeiros socorros, segundo o médico, são fundamentais para salvar vidas.

População aprendeu técnicas de RCP durante o evento

“A população não tem conhecimento de manobras e procedimentos simples que podem ser eficazes no atendimento inicial de uma vítima. O reconhecimento de uma emergência está ao alcance de todas as pessoas independente da formação. Um leigo consegue perceber uma situação que necessita de socorro imediato, de forma segura, solicitando os melhores recursos para promover ajuda adicional”, reforçou Dr Thiago.

O médico, que é Cirurgião do Trauma, explica que muitas vítimas poderiam sobreviver se houvesse um socorro adequado prestado pelos leigos e também na solicitação do recurso adicional adequado; por exemplo como chamar pelo 192. Apesar de um número de fácil memorização, muita gente não aciona quando necessário no momento de um socorro. Ou ainda buscar o DEA (desfibrilador externo automático) que deveria estar à disposição em locais de grande fluxo de pessoas.

O evento contou com o apoio do Instituto Terzius, SBAIT, CoBRALT e Ligas do Trauma de Campinas e teve grande repercussão na mídia. Confira:

Campanha realiza ação para ensinar a socorrer vítimas de acidente de trânsito ( VTV, 16/05/18)

Ação do Maio Amarelo ensina a pedestres como socorrer acidentados ( CBN Campinas, 16/05/18)

 

Saiba mais:

COMO IDENTIFICAR UMA VÍTIMA DE PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA

A vítima que encontra-se em situação de parada cardiorrespiratória está inconsciente, não respira (não tendo movimentação do tórax) e se for possível avaliar, não possui pulso (batimento cardíaco)

DICAS PARA SALVAMENTO

– Primeira dica é ver se o ambiente encontra-se seguro para promover o atendimento à vítima.

– Segundo passo é solicitar ajuda adicional para alguém ligar para 192 e buscar o DEA (desfibrilador externo automático).

– Terceiro passo é reconhecer a parada cardiorrespiratória e promover as manobras de reanimação de forma efetiva e adequada.

 

Confira outras imagens do evento:

CoBraLT

Ligas Acadêmicas, um modelo brasileiro em mais um país da America Latina

De 28 a 30 de novembro ocorreu o Congresso de Cirurgia do Uruguai, em Montevidéu. O médico Thiago Calderan, orientador da Liga do Trauma da Unicamp, um dos centros do P.A.R.T.Y. Brasil esteve presente falando sobre o Programa P.A.R.T.Y.  e sobre as Ligas de Trauma,  um modelo que surgiu no Brasil há mais de 25 anos.

Acadêmicos da Faculdade de Medicina do Uruguai fundaram a Liga Estudiantil de Trauma y Emergencias de Facultad de Medicina del Uruguay em 30 de setembro, após um dos orientadores, o  Dr. Fernando Machado conhecer a Liga do Trauma da Unicamp durante o Campinas 2017,  evento realizado em maio. Os próximos planos da Liga são vincular-se ao CoBraLT e fundar um núcleio P.A.R.T.Y. no Uruguai.

Durante o congresso, Dr Thiago Calderan recebeu um premio de  Primer Socio Honorario de LETE-Fmed (Liga Estudiantil de Trauma y Emergencias de Facultad de Medicina del Uruguay

CoBraLT, News

CoBraLT anuncia nova gestão

O presidente do CoBraLT, Daniel Zaidan completou 1 ano da gestão como presidente , finalizando também o ciclo de sua gestão.  Bárbara Seidinger, ( Curitiba/PR), assumirá a nova gestão , sendo indicada tanto pelo excelente trabalho realizado junto ao CoBraLT ,como também por ser da localização do próximo congresso da SBAIT / CoLT, a ser realizado em agosto de 2018, em Curitiba.

Assumir a gestão do maior comitê de Ligas Acadêmicas de trauma e emergência do país não é, nem de longe, uma tarefa fácil. Representar todas as Ligas e seus estudantes, com suas diferentes demandas, bem como fomentar a criação de novas ligas, é um desafio que abracei durante o ano passado e dei o meu melhor para desempenhar a tarefa da melhor forma possível. Acredito fortemente que, ao fim desse ciclo, realizamos boa parte dos nossos objetivos: mais de 40000 pessoas atingidas pelas ações do Projeto Salvando Vidas, 3 núcleos do projeto P.A.R.T.Y. abertos (e mais alguns outros em implementação), com cerca de 3600  estudantes conscientizados pelos programas já existentes, além da expansão e aumento do número de Ligas (nacionais e internacionais) filiadas. Escrevo essa nota hoje para agradecer a todos que nos ajudaram a terminar esse ciclo e alimentar o nosso objetivo maior, que é o de difundir o conhecimento em Trauma e Emergência a todos, passando principalmente pelo público leigo e pelos acadêmicos das áreas relacionadas ao tema, contribuindo para o seu desenvolvimento. Desejo sorte à próxima gestão e uma expansão maior ainda de todas as conquistas obtidas até agora. Meu muito obrigado a todos que tornaram isso tudo possível.     Daniel Zaidan

Fechar