Author

sbait

Campanhas

Inmetro alerta sobre risco de tombamentos de móveis e TVs sobre crianças

Entre os dias 6 e 10 de novembro, o Inmetro, realiza, com apoio da ONG Criança Segura, parceira SBAIT, uma campanha de conscientização sobre os riscos de acidentes com crianças em decorrência do tombamento de móveis e eletrodomésticos. A ação é direcionada a pais, responsáveis, classe médica e instituições de ensino infantil.

Faz parte da campanha, materiais informativos e infográficos sobre o assunto, contendo dados sobre como ocorrem os acidentes com tombamento de móveis e eletrodomésticos com crianças  e dicas sobre como evitar que esses casos aconteçam.

Cenário

Todos os anos, diversos casos desse tipo de acidente, inclusive fatais, são registrados em todo o mundo. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma criança morre a cada duas semanas devido ao tombamento de móvel ou eletrodomésticos sobre ela.

Entre julho e agosto deste ano, o Inmetro realizou uma pesquisa para mapear os índices de acidentes vinculados ao tombamento de móveis e TVs no Brasil. Do total de participantes da pesquisa, 93% afirmaram já ter visto ou tomado conhecimento de casos de crianças escalando móveis. Entre esses,  77% afirmaram saber de casos de crianças que sofreram acidentes porque o móvel ou a TV tombou sobre elas. O levantamento revela, ainda, serem bastante elevados os percentuais de lesões leves em decorrência de tombamento de móveis ou TV (43,1%) e de lesões graves ou fatais (21,2%), o que reforça a necessidade de campanhas de conscientização como esta.

Para evitar esse tipo de acidente, a prevenção é a principal ação a ser tomada. É importante verificar em casa, por exemplo, se móveis como estantes, cômodas e racks, estão bem fixos à parede. Outra ação simples é prender TVs e outros eletrodomésticos de grande porte à parede ou ao móvel com abraçadeiras ou suportes adequados. Nada, porém, substitui a supervisão dos pais e responsáveis: as crianças são curiosas e tendem a subir no mobiliário para tentar alcançar algum objeto. É preciso estar sempre atento.

Essa é uma iniciativa global, que reúne 19 países, como como os Estados Unidos, Canadá e Austrália, e é organizada pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), criadora da campanha.

Dicas de prevenção

Evitar que esse tipo de acidente aconteça é bem simples. Confira as dicas abaixo:

– Fixe na parede ou no chão os móveis que corram o risco de tombar, como estantes e cômodas;

– Coloque a TV num móvel robusto e estável, adequado para suportar seu tamanho;

– Prenda a TV ao móvel com abraçadeiras para evitar que o aparelho deslize (e, para garantir a segurança, afixe-a à parede);

– Ao afixar TVs de tela plana diretamente na parede, num painel ou num móvel, siga as instruções do fabricante para garantir que elas estejam presas de forma segura;

– Se você tem em casa algum aparelho de TV de tubo de grande porte, coloque-o num móvel baixo e estável. Caso não o utilize mais, considere reciclá-lo;

– Em casos de acidentes de consumo envolvendo este tipo de produto ou qualquer outro acidente envolvendo um produto ou um serviço, faça o relato no Sinmac (www.inmetro.gov.br/sinmac).

Fonte: http://criancasegura.org.br 

Eventos, News

Liga de Cirurgia de Urgência e Trauma de Catanduva-SP completa 20 anos

A FAMECA (Faculdade de Medicina de Catanduva), unificada na FIPA (Faculdades Integradas Padre Albino), foi palco da 19ª Semana do Trauma, realizada pela Liga de Cirurgia de Urgência e Trauma “Luis Fernando Almeida Maia” (LCUT/FAMECA). Na ocasião, os membros comemoraram os 20 anos de fundação da Liga que foi a primeira a ser instituída na FAMECA.

Com 33 membros, de 3ª, 4ª e 5ª séries é a única Liga do Trauma do Brasil a ter parceria firmada com o Corpo de Bombeiros e SAMU 192. Através dessa coadjuvação, os discentes recebem treinamento e acompanham atendimentos noturnos com as equipes.

Membros SBAIT e organizadores do evento

Semana

 

No dia 25 de outubro, durante as atividades da 19ª Semana do Trauma, marcaram presença e palestraram para os alunos o Prof. Dr. Bruno M. Pereira, diretor do Capítulo São Paulo da SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado), presidente da WSACS (World Society of Abdominal Compartimental Syndrom ), diretor do Comitê de Desastres da Sociedade Pan-americana de Trauma e professor da disciplina de cirurgia do trauma na UNICAMP-SP; e o Prof. Dr. Gustavo Pereira Fraga, coordenador da disciplina de cirurgia do trauma e do Internato da UNICAMP-SP, coordenador do Comitê de Prevenção da SBAIT e ex-presidente da Sociedade Pan-Americana de Trauma; ainda participaram o Prof. Dr. Elcio Shiyoiti Hirano, médico assistente das equipes da UTI do Trauma e da Captação de Órgãos do Hospital das Clínicas de Campinas e professor da disciplina de Cirurgia do trauma da UNICAMP-SP; e o Dr. Vitor Kruger, residente de Cirurgia do Trauma da UNICAMP-SP.

Os palestrantes foram homenageados junto ao fundador da LCUT, Prof. Dr. Raul Vianna Jr. e o atual presidente docente Prof. Dr. Leandro Centurion. Para o presidente discente da LCUT, Matheus Gonçalves, do 4º ano, “foi uma satisfação e um prazer muito grande receber profissionais renomados internacionalmente na área de cirurgia de urgência e emergência, e sem dúvida agregou valor às nossas comemorações de 20 anos e aprendizado para os integrantes da liga”, finalizou.

Confira alguns momentos do evento:

 

Campanhas

Semana Latino-Americana de Prevenção contra o Afogamento ocorre em novembro

De 20 a 26 de novembro de 2017, a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático ( Sobrasa), parceria SBAIT, promoverá a 3ª edição da Semana Piscina + Segura, com o objetivo de alertar à sociedade sobre as questões importantes de prevenção, que podem tornar as piscinas + seguras e salvar vidas, em clubes, condomínios, escolas e academias de natação.

No Brasil 20 pessoas morrem afogadas todos os dias. O afogamento é a segunda causa de morte em crianças de um a nove anos de idade e a terceira, entre dez e 19 anos. Os afogamentos em piscinas representam 53% de todos os casos de afogamento entre crianças, na faixa etária de 1 a 9 anos.

Em 2017, a Semana Piscina + Segura ocorrerá em conjunto com a Semana Latino-Americana de Prevenção contra o Afogamento,organizado pelos países membros do CLAS ( Comitê Latino-Americano de Salvamento)  reunindo  escolas, clubes e academias com atividades lúdicas de prevenção em afogamento envolvendo diretamente crianças, pais e responsáveis.

Gestores de escolas, academias e clubes, interessados em participar da Campanha Piscina + Segura, devem enviar seu nome, instituição, logotipo , email, endereço e suas dúvidas para  sobrasa@sobrasa.org.

Mais informações em: http://www.sobrasa.or

News

SBAIT 35 anos – Sociedade comemora com novo site

Em, 2017 a SBAIT completa  35 anos  de sua fundação e recebe um novo website para registrar essa história.

Além de um Congresso que reúne profissionais de diferentes especialidades e que aborda temas que vão desde a prevenção até a reabilitação passando pelo atendimento pré-hospitalar e hospitalar, a SBAIT promove, em comunhão com outras sociedades médicas, iniciativas de grande impacto como vários programas de atualização e reciclagem no atendimento ao traumatizado, Cursos, Simulações de Atendimento a Múltiplas Vítimas de Trauma, além de Campanhas de Conscientização e Prevenção diretamente focadas na sociedade.

Conheça e divulgue o novo site da SBAIT acessando: http://www.sbait.org.br 

Associe-se e faça você também parte dessa história .

SBAIT – Há 35 anos enfrentando a Doença Trauma

Sem categoria

Dr David Szpilman, diretor da Sobrasa, é homenageado em evento internacional

Dr David Szpilman, diretor da Sobrasa (Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático), parceira SBAIT, foi homenageado durante a Conferência Mundial de Prevenção em Afogamentos – WCDP 2017, realizado de 17 a 19 de outubro em Vancouver – Canadá.

A SBAIT parabeniza o Dr David pelo seu comprometimento e trabalhos realizados frente à Sobrasa na prevenção de afogamentos.

Saiba mais sobre o evento, acessando: http://www.wcdp2017.org/

 

Campanhas

Salvando Vidas na Unicamp – Prevenção de Queda nos Idosos

Em 2010, existiam 39 idosos para cada grupo de 100 jovens e a previsão de 2040 é que seja 153 idosos para cada 100 jovens. Com o aumento da expectativa de vida, nossa população geral envelhece. E com o aumento do número de idosos, nossa atenção à saúde deste grupo etário precisa ser repensada, pois o quadro epidemiológico, as incapacidades e sequelas da senilidade requerem um sistema de organização de saúde contínuo e multidisciplinar.

A queda em idoso é um evento comum e que traz graves consequências ao idoso. Mesmo não sendo uma consequência direta do envelhecimento, pode indicar o início de fragilidade ou doença aguda. Além dos agravos a saúde particular do idoso, a queda pode significar o aumento da dependência e a institucionalização, custos sociais, econômicos e psicológico à família e cuidadores. A estimativa é de uma queda para cada quatro pessoas com mais de 65 anos; e a cada um de vinte que sofreram a queda precisa de internação por conta da fratura. Quanto maior a idade, maior a prevalência: 40% dos idosos com 80 anos ou mais caem a cada ano. Nas instituições de longa permanência e casas de repouso, o número aumenta para 50%.

Diante deste cenário, o melhor caminho é a prevenção, mesmo não sendo o caminho mais fácil. Isto, porque a prevenção a queda dos idosos depende de várias ações conjuntas. Por isso, a Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT) lançou a Campanha de Prevenção de Queda nos Idosos durante o mês de outubro para celebrar o dia internacional do idoso, 1º de outubro, com instrução e prevenção e o Comitê Brasileiro de Ligas do Trauma (CoBRALT) difundiu para as Ligas de Trauma do país através do tema de edição do Salvando Vidas do referido mês.

Em contribuição a campanha, a Liga do Trauma da Unicamp impactou o campus da Universidade e a cidade de Campinas através das redes sociais e da distribuição de 2500 flyers com o conteúdo sobre prevenção, envio de mais de 700 e-mails, mais de 25 cartazes fixados nos Centros de Saúde de todas as regiões de Campinas e nos locais públicos do Hospital de Clínicas da Unicamp.

Durante a abordagem das pessoas nas ruas, dos profissionais de saúde parceiros da causa e até mesmo nas redes sociais foram abordados dicas de prevenção e distribuídos material com mais informações. Através destas ações acreditamos que a consciência da prevenção pode ser melhor difundida e assim podemos dar atenção a esta questão de saúde pública tão importante.

Lembre-se: a cada 1 segundo, um idoso sofre uma queda no Brasil. Que tal você investir os seus próximos segundos compartilhando essas informações com um outro alguém? Vamos juntos trabalhar pela prevenção dos idosos do hoje e dos idosos do amanhã.

News

Workshop vai ensinar leigos a salvarem vítimas de afogamento em Campinas

Evento, que faz parte da Semana Latino-americana de Prevenção em Afogamento, acontece no Tênis Clube Campinas, é gratuito e aberto ao público

 A Liga do Trauma da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), em parceria com a SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado), vai promover o workshop Salvamento Aquático, na próxima terça-feira, 21, às 12h30, no TCC (Tênis Clube de Campinas). O evento, que é gratuito e aberto ao público, dará instruções práticas e teóricas sobre salvamento aquático, prevenção de afogamento e treinamento de Reanimação Cardiopulmonar. A atividade faz parte da Semana Latino-Americana de Prevenção em Afogamento. As orientações serão dadas pelos alunos da Liga do Trauma, Corpo de Bombeiros e Instituto Terzius.

“Nós queremos que o leigo saiba agir em uma situação de afogamento. Neste workshop, vamos mostrar as etapas do afogamento, como as vítimas devem ser retiradas da água e quais as manobras que precisam ser feitas até que chegue uma equipe de socorro”, explica o coordenador do Comitê de Prevenção da SBAIT, Gustavo Pereira Fraga. “Na ocasião, as pessoas também vão aprender a fazer a Reanimação Cardiopulmonar. A SBAIT tem feito um grande trabalho de divulgação da RCP porque ela é fundamental para salvar a vida do paciente até a chegada do resgate”, completa.

O workshop tem duração de duas horas e meia. Após as orientações teóricas, todos vão para a piscina colocar os ensinamentos em prática. “É preciso ter técnica para retirar da água uma pessoa que está se afogando. Como ela fica desesperada, pode comprometer a segurança de quem está tentando ajudá-la. Neste workshop, as pessoas vão aprender a fazer tudo isso e quais são os primeiros procedimentos que devem ser adotados até que chegue ajuda capacitada”, antecipa um dos organizadores do evento, o orientador da Liga do Trauma Thiago Calderan.

Segundo dados da Sobrasa (Sociedade Brasileiro de Salvamento Aquático), 17 pessoas morrem, em média, por dia no Brasil, vítimas de afogamento. São seis mil pessoas por ano. Esta é a segunda causa de morte na faixa entre 1 e 9 anos; a terceira entre 10 e 19 anos e a quarta, na faixa dos 20 aos 25 anos.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas antecipadamente pelo link https://goo.gl/Pq5nuA . Os participantes devem levar traje de piscina e toalha. As vagas são limitadas.

 SERVIÇO

Workshop de Salvamento Aquático

Dia 21/11/17

Das 12h30 às 15h

Onde: Tênis Clube de Campinas – Rua coronel Quirino, 1376 – Cambuí – Campinas

Inscrições gratuitas (vagas limitadas): https://goo.gl/Pq5nuA

 

Informações à imprensa:

Capovilla Comunicação

Patrícia Capovilla

(19) 99284-1970

Campanhas

SBAIT lança campanha de segurança no trânsito focada nas crianças

Objetivo é aproveitar o Dia das Crianças para conscientizar os adultos que eles são os responsáveis pela segurança de seus filhos

A SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado) está lançando nesta semana a campanha “Dê segurança para seu filho no Dia das Crianças”. O objetivo é conscientizar os adultos sobre a importância de transportar corretamente as crianças dentro dos veículos.

Dados preliminares do DATASUS apontam que de janeiro a junho deste ano, 7.193 crianças/adolescentes de 0 a 14 anos ficaram internadas vítimas de ocorrências de trânsito. São Paulo foi o Estado com maior número de registros: 1.249.

A Campanha é composta por três peças de divulgação

“Muitas pessoas vão pegar a estrada neste feriado prolongado. Transportar as crianças adequadamente dentro dos veículos pode evitar ferimentos graves e até a morte. É muito importante que os pais tenham esta consciência, não apenas nos trajetos longos e estradas, mas também quando vão até a esquina. Os adultos são os responsáveis pela segurança das crianças”, destaca o presidente da SBAIT, José Mauro da Silva Rodrigues.

Até os 10 anos de idade, a criança só pode ser transportada no banco traseiro. Do nascimento até um ano (aproximadamente 13 quilos), precisa estar no bebê conforto, sentada de costas, ou seja, olhando para o vidro traseiro do veículo, com uma inclinação mínima de 45°. De um a quatro anos de idade (aproximadamente entre 9 e 18 quilos), a criança precisa estar em cadeira de segurança, popularmente conhecida como cadeirinha. Neste caso, ela deve estar ereta e virada para a frente. “É fundamental que os pais sigam corretamente as orientações dos fabricantes. Não pode, de forma alguma, fixar o dispositivo de qualquer jeito”, destaca Rodrigues.

De quatro a 7 anos e meio, a criança deve usar o assento de elevação, também conhecido como booster. Ele é importante para que a criança fique mais elevada, de forma que o cinto de segurança fique posicionado corretamente no corpo. “Caso a criança já consiga apoiar totalmente as costas no encosto e os pés no chão, sem que o cinto fique sobre seu pescoço ou barriga, ela não precisa mais do acento. Se isso não ocorrer, ela deve usar o assento até os dez anos”, explica o presidente da sociedade. E apenas após esta idade, as crianças podem ser transportadas no banco da frente. “Mas o mais seguro é mantê-las no banco traseiro até os 14 anos”, afirma Rodrigues.

Além desses cuidados, os motoristas também precisam fazer vistorias preventivas nos veículos para evitar problemas mecânicos, além de dirigir com prudência. “O celular ao volante é um dos grandes males atuais quando falamos em trânsito. Também não custa reforçar que bebida alcoólica e volante não combinam e que as regras de trânsito precisam ser respeitadas. Todas as ocorrências de trânsito poderiam ser evitadas, portanto, a imprudência é fator determinante”, destaca o presidente da SBAIT.

A campanha da SBAIT, que circula nesta semana nas redes sociais da entidade, é formada por três peças: uma delas aborda a importância do cinto de segurança, com o slogan: “Cinto de segurança protege vidas. Abrace essa ideia”. Na outra, o destaque é o uso dos dispositivos de segurança, com a frase: “Cadeirinha: coloque seu filho no seu devido lugar. Dentro do carro, é tão aconchegante quanto o seu abraço”. A outra peça é sobre o uso de celular: “Celular no trânsito não é brincadeira. Nada é mais urgente que a sua vida”. As peças utilizam ursinhos de pelúcia para ilustrar o tema de forma lúdica.

Confira as peças da Campanha:

News

I Congresso Paulista de Cirurgia do Trauma da SBAIT-SP recebe convidados nacionais e internacionais

Foi realizado de 5 a 7 de outubro de 2017 no Sheraton São Paulo WTC, o I Congresso Paulista de Cirurgia do Trauma da SBAIT-SP, reunindo convidados nacionais e internacionais da área durante uma programação abrangente e relevante para os participantes.

A interação com os participantes foi um dos destaques do evento, onde uma votação eletrônica era realizada durante as Sessões Interativas, nas quais os participantes decidiam  em 15 segundos, qual a melhor decisão a ser tomada de acordo com o caso apresentado.

A programação contou ainda com uma cirurgia ao vivo e cursos pré-congresso, além de apresentação de trabalhos científicos.

Congresso gerou bastante interação com a plateia

Confira outros momentos do Congresso, acessando a Galeria de Imagens:

Galeria de Imagens: I Congresso Paulista de Cirurgia do Trauma da SBAIT-SP

 

News

TRAUMA BoleTEAM SBAIT edição 19

Confira a  edição 19 do TRAUMA BoleTEAM SBAIT,  que traz vários destaques, entre eles, o I Congresso Paulista de Cirurgia do Trauma da SBAIT-SP e o Concurso para a certificação de área de atuação em Cirurgia do Trauma, entre outras notícias, eventos e artigos.

Na Conversa Técnica dessa edição, o convidado é o Dr.  Sizenando Starling (SBAIT-MG), que fala sobre “Tratamento não operatório das lesões contusas das vísceras maciças abdominais”.

Dr. Rogério Fett Schneider, presidente do Capítulo-RS da SBAIT,  é o entrevistado da sessão “Em Destaque”, falando sobre o Trauma em seu Estado e sobre os trabalhos que desenvolve. Ele também aborda aumento da violência no País.

A edição online pode ser acessada pelo link:

Trauma BoleTEAM SBAIT – edição 19

 

Fechar