Author

sbait

Parceiros, Prevenção

“No trânsito, o sentido é a VIDA” é o tema do Movimento Maio Amarelo 2019

Foi aprovado nesta quinta-feira, 28, pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito), o tema do Movimento Maio Amarelo 2019 , sugerido pelo Observatório  Nacional de Segurança Viária (ONSV) parceiro SBAIT.

Com o tema “NO TRÂNSITO, O SENTIDO É A VIDA”,  a sexta edição do Movimento Maio Amarelo propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações e uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro.

De acordo com o OBSERVATÓRIO, os acidentes não acontecem, mas sim são frutos de escolhas inadequadas e arriscadas. Para José Aurelio Ramalho, diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, 90% dos acidentes têm como motivação as falhas humanas como imperícia, imprudência e desatenção. “Somos os responsáveis pelos nossos atos no trânsito e ter consciência clara disso é um dos caminhos para a reversão do triste cenário não só do Brasil, mas de todo o mundo”, reforça.

A abertura oficial da Campanha Maio Amarelo 2019 será realizada no dia 24 de abril, em Vitória-ES. Já o encerramento, com a premiação “Destaques Maio Amarelo 2019”, acontecerá no dia 28 de junho, em Natal-RN. Os eventos reunirão autoridades do setor de Trânsito e Mobilidade Urbana de todo o país.

A premiação será dada às empresas, entidades do setor público e sociedade civil organizada que mais disseminarem os conceitos e práticas propostas pelo Maio Amarelo. As ações devem estar direcionadas à conscientização para a segurança no trânsito e o incentivo à mudança de comportamento de todos que transitam.

Campanhas mensais 2019

Também foram aprovados os temas para as campanhas mensais sugeridas pelo OBSERVATÓRIO, que agora serão encaminhadas pelo Contram  para publicação no Diário Oficial:

  • Fevereiro – Os cuidados próximos às escolas.
  • Março – Por que dirigir sob efeito de drogas lícitas e ilícitas é perigoso?
  • Abril – Use o cinto corretamente e saiba a importância dele para salvar sua vida.
  • Maio – Ações de apoio ao Maio Amarelo, campanha da sociedade por um trânsito seguro.
  • Junho – Riscos de acidentes, como evitá-los?
  • Julho – A importância de equipamentos de segurança para moto e motociclistas (capacete, calçado).
  • Agosto – Comunicação em trânsito – A importância de ver e ser visto.
  • Setembro – Celular ao volante: por que não usar?
  • Outubro – Os limites de velocidade existem para lhe proteger.
  • Novembro – Ultrapassagens: como executá-las com seguranças.
  • Dezembro – Como dirigir em condições adversas? (chuva, neblina, queimadas)

 

Frases para as peças publicitárias

O Contran também definiu as mensagens a serem veiculadas nas peças publicitárias destinadas à divulgação ou promoção, nos meios de comunicação social, de produtos oriundos da indústria automobilística ou afins, no ano de 2019. As frases foram sugeridas pelo OBSERVATÓRIO. São elas:

  • Faça a sua parte por um trânsito mais seguro.
  • Vamos juntos reduzir as mortes no trânsito.
  • No trânsito a vida é mais importante.
  • No trânsito, gentileza e segurança andam juntos.
  • Deixe a pressa de lado e dê valor à segurança.
  • Desconecte-se do celular e dê atenção ao trânsito.

 

Saiba mais sobre o Movimento Maio Amarelo e como participar em:  https://www.maioamarelo.com

APH

SBAIT realiza o I Fórum Nacional de Imobilização no Trauma

O I Fórum Nacional de Imobilização no Trauma ocorreu em 28 de fevereiro, no Auditório da Associação Paulista de Medicina (APM) em São Paulo /SP com o objetivo de discutir e reavaliar as práticas de imobilização no trauma praticadas atualmente em todo o país.

No decorrer da programação do Fórum, vários representantes de Instituições apresentaram estudos nacionais, internacionais e também experiências locais mostrando as atualizações que embasam as novas decisões e práticas em imobilização.

Ao final, cada entidade representada registrou seu olhar sobre o assunto e com as perguntas e respostas elencadas, o próximo passo agora é a elaboração de um consenso que norteará as melhores práticas em imobilização no trauma.

O evento foi organizado e promovido pela SBAIT  e contou com a participação de profissionais de diversos áreas e também das entidades: Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC), Associação Brasileira de Medicina do Tráfego ( ABRAMET), Comitê de Trauma Brasileiro (BCOT), Comissão Nacional de Urgência e Emergência do COFEN , Colégio Brasileiro de Enfermagem em Emergência, Grupo de Trabalho em Urgência e Emergência do Coren-SP, Corpo de Bombeiros do Estado de SP, SAMU 192 – SP, Grupo de Resgate e Atendimento a Urgências (GRAU), SAMU Bragança Paulista e Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro/RJ.

Confira momentos do evento:

Profissionais palestrantes no evento

 

Participantes do Fórum

 

APH, Eventos, SBAIT

I Fórum Nacional de Imobilização no Trauma – Como participar

Na próxima quinta-feira, 28 de fevereiro, a SBAIT promove o I Fórum Nacional de Imobilização no Trauma, reunindo profissionais que atuam na atenção ao trauma para discussão das melhores práticas em imobilização.

O evento será realizado no auditório da Associação Paulista de Medicina (APM), em São Paulo/SP, das 9h00 às 12h00.

Como participar:

Presencialmente e por webconferência.

– Para você que deseja participar PRESENCIALMENTE do evento, estamos disponibilizando NOVAS vagas. 
*Quem já realizou sua inscrição NÃO precisa cadastrar-se novamente.

Para inscrever-se PRESENCIALMENTE no evento, acesse:
https://www.sympla.com.br/i-forum-nacional-de-imobilizacao-…

– Para participar por  WEBTRANSMISSÃO , cadastre-se no link abaixo e no horário do evento, basta acessá-lo.

Evento: SBAIT
Endereço do evento para convidados: https://apmsaopauloevento.webex.com/apmsaopauloevento/onstage/g.php?MTID=e9bdb25f9abd60f3a72e954d57d58f089
Data e hora: Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2019 9:00
Horário Padrão da América do Sul – Leste (Brasília, GMT-03:00)
Número do evento: 665 785 064
Senha do evento: apm2019

 

Programação

9h00 – 9h15 – Abertura e boas vindas – Tercio de Campos ( Presidente SBAIT)

9h15 – 9h30 – O porquê de imobilizar e os primeiros questionamentos – Ricardo Galesso

9h30 – 9h45 – Estado atual de recomendações da imobilização – Lucas Certain

9h45 – 10h00 – Resgate veicular: Técnicas atuais de extricação – Diego Blanco

10h00 -10h15 – Resgate veicular: Novas abordagens – Edgard Neto

10h15 – 10h30 – Podemos aplicar inteiramente as recomendações? Visão e reflexões para o Brasil – Daniel Lima

10h30 – 12h00 – O olhar das entidades convidadas e discussões e construção de perguntas chaves para a construção de um consenso . Moderadores: Daniel Lima, Cruvinel Neto e Antonio Onimaru

 

Sobre o evento:

I Fórum Nacional de Imobilização no Trauma
Data: 28.02.2019
Auditório da Associação Paulista de Medicina (APM) | São Paulo – SP
Horário: 09h00 – 12h00
Público alvo: Entidades e profissionais que atuam na atenção ao trauma
Transmissão por webconferência

Prevenção

GUIA SBAIT orienta sobre raios

Estamos no verão, época com grande incidência de tempestades com raios.  Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE, o Brasil é o país onde mais caem raios no mundo.

A SBAIT, com o intuito de alertar a população para a prevenção de lesões por raios, possui um guia prático com dicas fáceis e instruções básicas para evitar lesões fatais ou não fatais causadas por raios.

Este guia pode ser usado como referência para práticas de prevenção em casos de chuvas fortes, raios e trovões assim como para entender melhor como se comportar dentro ou fora de ambientes cobertos nestas situações.

Campos abertos, como fazendas ou campos de futebol são áreas de grande risco em temporais com raios e representam as regiões com maior número de mortes por esta causa, seguido por mortes embaixo de árvores. Praias e barcos estão em terceiro lugar em ocorrências de mortes causadas por raios.

Para informar a população, o Guia traz entre outras informações de prevenção, os “10 passos para diminuir seus riscos e de sua família”, em casos onde não se consegue  alcançar abrigo durante uma tempestade de raios, minimizando assim, os riscos. O Guia traz ainda um plano de precauções e ações que podem evitar as lesões causadas por raios.

O Guia SBAIT para prevenção de lesões por raios pode ser conferido no site SBAIT: http://www.sbait.org.br/files/pdfs/raios_1.pdf

 

Campanhas, Prevenção

Folia sem Traumas

Estamos próximos de umas das maiores festas populares no Brasil que atrai milhares de pessoas de vários países experimentarem a alegria e hospitalidade de nossa gente.

O carnaval de São Paulo, por exemplo, tem uma expectativa de crescer 60% nos blocos de rua em relação ao ano passado (Estadão, dez/2018).

Uma festa grandiosa como essa que tem um tempero que preocupa quem trabalha com trauma e emergências: feriado prolongado, deslocamentos viários, jovens e álcool.

A partir de meados dos anos 1980, as mortes associadas às causas externas, que incluem os homicídios, suicídios, acidentes de trânsito, afogamentos, quedas acidentais etc., passaram a desempenhar um papel de destaque, de forma negativa, sobre a estrutura por idade das taxas de mortalidade, particularmente dos adultos jovens do sexo masculino. (Tabua de Mortalidade IBGE 2017)

O trânsito brasileiro é o quarto mais violento do continente americano, segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Dentro do País, São Paulo é o Estado com maior número de óbitos no trânsito e dirigir alcoolizado é a segunda maior causa (Professor Ricardo Abrantes do Amaral, do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP)

Em sua coluna semanal, o médico fala sobre um estudo feito no Hospital Saint Paul, no Canadá durante muitos anos, que mostra o aumento de acidentes automobilísticos nos Estados Unidos em um período “famoso” por ser o horário de maior consumo de maconha. O THC diminuiu o tempo de reação do motorista. Um dos principais princípios ativos da cannabis e um dos responsáveis pelas alterações de percepção após o consumo da planta”, (Prof. João Paulo Lotufo).

Por esses e outros motivos a Sociedade Brasileira de Atendimento Integral ao Traumatizado – SBAIT orienta que alguns cuidados sejam tomados antes da folia:

– Antes de viajar, mantenha as revisões de seu carro em dia e utilize sempre o cinto de segurança, inclusive no banco de trás. Se for viajar de moto use sempre o capacete e roupas adequadas,

– Se for viajar de carro ou moto, mantenha atenção redobrada na sinalização viária, nos limites de velocidade e nos demais veículos ao seu redor,

– Transporte as crianças sempre no banco de trás e com cinto de segurança. Caso tenha até́ sete anos, utilize a cadeirinha apropriada,

– Não deixe para decidir se vai dirigir ou não depois de ter bebido, a decisão vai ser errada, decida antes de sair de casa,

– Se for dirigir, não beba, o álcool é responsável por 65% dos acidentes nas estradas,

– Café, banho gelado e medicações não reduzem os efeitos do álcool,

– O respeito entre pedestres, motoristas e motociclistas é o segredo para reduzir acidentes e acabar com a violência no trânsito,

  • Não use o celular enquanto dirige, essa prática aumenta em 400% o risco de acidentes.

Divirta-se com cuidado!!!!

 

Por Dr. Danilo Stanzani – Diretor do comitê de prevenção SBAIT 

APH, Eventos

I Fórum Nacional de Imobilização no Trauma

Há mais de 50 anos, o uso de dispositivos de imobilização é a conduta padrão no Atendimento Pré-Hospitalar (APH) às vítimas de trauma em todo mundo, em especial o uso do colar cervical e da prancha longa. Recentes discussões sobre as imobilizações no trauma têm atraído interesse de diversos profissionais e serviços de APH no Brasil .

A Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT) tem acompanhado estas discussões e através do seu Comitê de Pré-Hospitalar, se posiciona em favor do fortalecimento de uma análise crítica baseada em evidências científicas, mas também considerando todas as particularidades vivenciadas pelo modelo de atendimento ao trauma no Brasil. Neste sentido, a SBAIT convida a todos os profissionais interessados nesse debate, a participar do  I Fórum Nacional de Imobilização no Trauma, que reunirá entidades e profissionais responsáveis em oferecer as melhores práticas ao paciente vítima de trauma.  Confira como participar:

 

Sobre o evento:

I Fórum Nacional de Imobilização no Trauma,

Data: 28.02.2019

Auditório da Associação Paulista de Medicina (APM) | São Paulo – SP

Horário: 09h00 – 12h00

Público alvo: Entidades e profissionais que atuam na atenção ao trauma

Transmissão por webconferência

 

Participação:

–  Inscrições presenciais (vagas limitadas) : https://www.sympla.com.br/i-forum-nacional-de-imobilizacao-no-trauma__457488

– Para acessar a webtransmissão, cadastre-se no link abaixo e no horário do evento, basta acessá-lo.

 

Evento: SBAIT
Endereço do evento para convidados: https://apmsaopauloevento.webex.com/apmsaopauloevento/onstage/g.php?MTID=e9bdb25f9abd60f3a72e954d57d58f089
Data e hora: Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2019 9:00
Horário Padrão da América do Sul – Leste (Brasília, GMT-03:00)
Número do evento: 665 785 064
Senha do evento: apm2019

 

Programação

9h00 –    9h15 – Abertura e boas vindas – Tercio de Campos ( Presidente SBAIT)

9h15 –    9h30 – O porquê de imobilizar e os primeiros questionamentos – Ricardo Galesso

9h30 –    9h45 – Estado atual de recomendações da imobilização – Lucas Certain

9h45 – 10h00 –  Resgate veicular: Técnicas atuais de extricação – Diego Blanco

10h00 -10h15 – Resgate veicular: Novas abordagens  – Edgard Neto

10h15 – 10h30 – Podemos aplicar inteiramente as recomendações? Visão e reflexões para o Brasil – Daniel Lima

10h30 – 12h00 – O olhar das entidades convidadas e discussões e construção de perguntas chaves para a construção de um consenso . Moderadores: Daniel Lima, Cruvinel Neto e Antonio Onimaru

 

ESTACIONAMENTO CONVENIADO APM

Com acesso direto ao prédio da APM

Multipark Edifício Dr. Florisval Meinão 
Endereço: Rua Francisca Miquelina, 67
Horário de funcionamento: segunda a sexta das 7h às 23h, sábado das 7h às 18h

Horários/Valores do estacionamento:

07h às 19h – R$ 16,00 – em dias da semana

 

*Imagem em destaque: Simulado Nacional SBAIT de Múltiplas Vítimas, em Manaus – 2017.

Parceiros, Prevenção

Sobrasa divulga dados da Semana Latino-Americana de Prevenção de 2018

A 3ª edição da Semana Latino-Americana ocorrerá de 24 a 30 de novembro de 2019

A Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático – SOBRASA, parceira SBAIT,  divulgou os dados da Semana latino Americana de prevenção em Afogamento realizada de 19 a 25 de novembro de 2018. Ao todo, participaram 15 países ( Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Nicarágua, El salvador, Equador, Espanha. México, Paraguai, Portugal, Peru, Uruguai e Venezuela). O Brasil contou com a participação de 20 estados.  140 ações foram reportadas e 33.5 milhões de pessoas participaram diretamente em cursos, aula, atividades em escolas, clubes, academias, espaços abertos e indiretamente por meio de familiares, amigos, mídias sociais, TV, Rádio e Jornais.

A SBAIT participou da Semana Latino-Americana com divulgação de orientações de prevenção de afogamento e ações locais, como o  3º Workshop de Salvamento Aquático, um evento do Programa “Salvando Vidas”, que foi realizado em Campinas/SP.

A Semana Latino-Americana de Prevenção em Afogamento é a maior campanha mundial em prevenção de afogamentos. Para a Sobrasa, ” Com um pouco de esforço podemos salvar uma vida e vamos continuar fazendo a diferença, não só na semana, mas praticando ações durante o ano todo. Unidos é a única forma de enfrentar o desastre do afogamento, que leva 16 brasileiros à morte todos os dias.

Em 2019, a terceira edição da Semana Latino-Americana já tem data marcada para acontecer. Será realizada de 24 a 30 de novembro.

Para saber mais sobre a Semana Latino Americana e outras ações de prevenção e afogamento, como a Piscina + Segura, visite o site da Sobrasa: http://www.sobrasa.org

Parceiros, Prevenção

SBAIT participa de reunião com parceiros para traçar estratégias de prevenção

Na tarde desta terça-feira, 29 de janeiro, foi realizada na sede do Observatório Nacional de Segurança Viária – ONSV, na cidade de Indaiatuba/SP, uma reunião entre diretores da SBAIT, representantes do ONSV com o presidente Sr José Aurélio Ramalho e a representante do projeto “Vida sobre Rodas”, Dra Adriana Mallet, para discutir as estratégias de prevenção e organização do atendimento a traumatizados.

Nessa reunião estiveram representando a SBAIT, os diretores  Dr Danilo Stanzani (Comitê de prevenção), Dr. Gustavo P. Fraga (Comitê de Educação) e Dr Alcir E. Dorigatti (Membro do Programa P.A.R.T.Y. Campinas). Justificou a ausência  Dr Thiago Calderan (Coordenador do Comitê das Ligas de Trauma da SBAIT).

Foram discutidos importantes projetos de prevenção, como o Maio Amarelo, a reinserção de traumatizados com sequelas na sociedade, através do Projeto Recomeço, que faz parte do Programa “Urbanidade” . Também foram discutidas ações para desenvolver o Registro de Trauma, unindo forças de outras entidades médicas , além de outras articulações que serão feitas por meio de Frentes Parlamentares em Brasília/DF.

Eventos

SBAIT representada no lançamento de Centro de Trauma em Campinas/SP

Nesta terça-feira, 29 de janeiro, ocorreu em Campinas/SP, a inauguração do Centro de Trauma do Hospital Vera Cruz, com capacidade para atender quatro pessoas simultaneamente.

A SBAIT esteve representada na inauguração pelos  diretores e sócios da SBAIT: Dr Danilo Stanzani, diretor do comitê de prevenção, dr Gustavo P. Fraga,  diretor do comitê de educação , Dr Mauricio Godinho, diretor do capítulo SBAIT-SP, Dr. Mario Eduardo Mantovani, Dr. Henrique Mesquita, Dra Marina Sider e Dr. Gustavo Magaldi.

O Centro de Trauma do Hospital contará com  especialistas de neurocirurgia vascular, ortopedia, cirurgia de trauma, cirurgia cardíaca e demais profissionais.

Como apoio à equipe de atendimento do trauma está o serviço social do Hospital Vera Cruz, que simultaneamente ao socorro do politraumatizado atua junto aos familiares, promovendo uma abordagem humanizada do atendimento.

Abaixo, imagens do evento:

 

Imagem em destaque: Diretores e sócios da SBAIT presentes no evento – Crédito: arquivo SBAIT

 

Imagens galeria

crédito: Arquivo HVC-2019

SBAIT

Plano Nacional de Catástrofes da SBAIT – Entenda como funciona e como participar

O Plano Nacional de Catástrofes da SBAIT foi acionado recentemente em razão do rompimento da barragem em Brumadinho/MG, que resultou em centenas de vítimas no dia 25 de janeiro. A última vez que o Plano havia sido acionado foi devido ao incêndio na Boate Kiss, em 27 de janeiro de 2013 (vide imagem acima, onde membros SBAIT participam da teleconferência ).  Entenda como funciona o Plano Nacional de Catástrofes da SBAIT e como participar:


Plano Nacional de Catástrofes da SBAIT

O Plano Nacional de Catástrofes da SBAIT consiste em uma mobilização nacional dos sócios da SBAIT, quando ocorrer uma catástrofe em algum local do país e, eventualmente, do mundo. Deste modo, abre-se uma linha de comunicação nacional entre os voluntários inscritos no programa.

O primeiro passo consiste na detecção de uma situação em que haja a necessidade do atendimento de múltiplas vítimas ou de vítimas críticas em situações específicas e que possa haver necessidade de discussão de casos clínicos, planejamento de estratégias e administração de ações.

Este plano será convocado pelo presidente ou, em sua ausência, pelo vice-presidente da SBAIT. A convocação será feita pelos contatos dos membros inscritos neste programa e pelas redes sociais. A partir daí, abre-se o canal de telemedicina. Atualmente, este canal tem sido disponibilizado em Miami (EUA), mas poderá ser feito de outras formas. O link deste canal será enviado aos sócios inscritos previamente neste Plano e àqueles que atenderem ao chamado das mídias sociais.

A partir desta comunicação estabelecida, deverá ser feito o diagnóstico da situação, estabelecendo a necessidade de recursos, tendo como base de Contato, preferencialmente, o membro da SBAIT no local da Catástrofe ou, caso não haja nenhum membro disponível, o cirurgião responsável no local.

Será então traçado um plano de auxílio, com voluntários presenciais, caso necessário, e apoio ininterrupto à distância, através da discussão de casos e de ações, com disponibilidade de auxílio internacional em uma rede de especialistas nas mais diversas áreas.

A centralização destas decisões será feita na rede aberta, sob a coordenação da SBAIT e a participação de seus sócios voluntários.

Para que se tenha agilidade no processo, encorajamos os membros que têm interesse em participar desta rede a se inscreverem previamente, para que a comunicação seja facilitada.

 

Tercio De Campos

Presidente – SBAIT

 

 

Fechar