Author

sbait

SBAIT

Confira os 14 benefícios do sócio SBAIT

E 2019 começou com muitas novidades para os sócios SBAIT.

Uma delas é o aumento de benefícios do associado.

Confira 14 benefícios de ser sócio da SBAIT:

Cursos:
1. Descontos na inscrição de cursos de capacitação e atualização, como: DSTC, USET e ADMR
2. Descontos para participação em Congressos da SBAIT (anos pares) e eventos apoiados pela mesma


Publicações:

3. Recebimento mensal do informativo eletrônico Espaço do Trauma,  numa parceria com a Revista Emergência
4. Recebimento bimestral da versão eletrônica da Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões
5. Recebimento do periódico trimestral TRAUMA BoleTEAM, versão impressa e eletrônica
6. Recebimento mensal de seis artigos científicos, em pdf, via e-mail, do TRAUMA EM REVISTA
7. Recebimento por e-mail da Revista da Sociedade Pan-americana de Trauma (SPT)


Sociedades de Trauma:

8. Descontos para inscrição na prova de Título de Habilitação em Cirurgia do Trauma, em parceria com CBC e AMB
9. Descontos para filiação à Sociedade Panamericana de Trauma (SPT)
10. Acesso às reuniões para discussão de casos via Telemedicina da PTS (toda sexta-feira) e da SBAIT (na última quarta-feira do  mês).
11. Participação nos projetos de Prevenção da SBAIT, como P.A.R.T.Y., MAIO AMARELO, SALVANDO VIDAS, Dicas de Emergência, etc
12. Torna-se automaticamente membro da ALTEC (Associação Lusitana de Trauma Emergência Cirúrgica)
13. Canal aberto para uma rede de especialistas para discussão de condutas  e dúvidas de Trauma e Urgências Cirúrgicas não traumáticas
14. Kit sócio com certificado, carteirinha e pin da SBAIT
Se você ainda não é sócio  SBAIT  aproveite e faça seu cadastro para obter todos esses benefícios:
Parceiros, Prevenção

Verão e férias : Os riscos de afogamentos em crianças.

No  Brasil, o afogamento é a segunda maior causa de morte acidental de crianças e adolescentes de zero a 14 anos, segundo dados do Ministério da Saúde.

O afogamento, segundo a ONG Criança Segura, parceira SBAIT, é um vilão ainda mais perigoso para as crianças de um a quatro anos de idade, pois é a causa número um de óbitos acidentais desse grupo etário.

Estamos em pleno verão, época em que os óbitos por afogamento tornam-se mais frequentes. Dessa forma, é importante ressaltar que a prevenção é a melhor forma de evitar os afogamentos. É importante que sempre haja um adulto supervisionando atentamente as crianças quando elas estão brincando perto da água de uma maneira geral, – seja na praia, no rio, na piscina, na piscininha, ou até mesmo na lavanderia ou no banheiro.

A ONG Criança Segura explica que crianças são mais vulneráveis a afogamentos. Devido a características próprias do desenvolvimento infantil, até os quatro anos de idade, meninas e meninos possuem coordenação motora limitada, pouca habilidade para reconhecer situações perigosas e reagir de maneira rápida e correta para se livrar delas. Além disso, possuem a cabeça proporcionalmente mais pesada que o resto do corpo, o que prejudica ainda mais seu equilíbrio e também dificulta que consigam se levantar sozinhos em caso de um tombo.

Sendo assim, se uma criança dessa faixa etária cai com seu rosto dentro de um recipiente qualquer com até 3 dedos de água (balde, bacia, vaso sanitário etc.), ela muito provavelmente não conseguirá se levantar sozinha, nem mesmo terá força suficiente para apenas erguer o tronco e tirar nariz e boca da água para que possa respirar.

Em apenas dois minutos submersa, a criança perde a consciência. Após quatro minutos embaixo d’água, danos irreversíveis ao cérebro podem ocorrer. Por isso, não é recomendado deixar uma criança sozinha enquanto ela está brincando com água ou tomando banho nem mesmo para atender ao telefone ou pegar uma toalha. Em caso de afogamento, todo segundo conta na hora de prestar socorro à vítima.

A ONG Criança Segura recomenda, especialmente para pais e responsáveis:

  • que nunca deixem crianças sozinhas brincando quando estiverem dentro ou próximas da água, nem por um segundo. Nessas situações, é importante garantir que um adulto estará as supervisionando de forma ativa e constante o tempo todo.  
  • É preciso que os adultos se articulem e combinem formas de sempre terem a certeza que pelo menos um responsável estará totalmente atento às crianças. Caso essa pessoa queira descansar ou precise se ausentar do local por qualquer motivo, ele precisa passar sua função de cuidador para outro adulto.
  • E atenção especial também às crianças que já sabem nadar ou que praticam natação, elas também podem estar sujeitas ao afogamento.

 

Outras dicas de prevenção em ambientes aquáticos:

  • Ensine as crianças que nadar sozinhas, sem ninguém por perto, é perigoso;
  • O colete salva-vidas é o equipamento mais seguro para evitar afogamentos. Boias e outros equipamentos infláveis passam uma falsa segurança, mas podem estourar ou virar a qualquer momento;
  • Tenha um telefone próximo à área de lazer e o número do atendimento de emergência sempre visível (SAMU: 192; Corpo de Bombeiros: 193);
  • Crianças devem aprender a nadar com instrutores qualificados ou em escolas de natação especializadas. Se os pais ou responsáveis não sabem nadar, devem aprender também;
  • Fique atento! Crianças pequenas podem se afogar em qualquer recipiente com mais de 2,5 cm de água ou outros líquidos, seja uma banheira, pia, vaso sanitário, balde, piscina, praia ou rio;
  • Ensine as crianças a não correr, empurrar, pular em outras crianças ou simular que estão se afogando quando estiverem na piscina, lago, rio ou mar.

Piscina

  • Piscinas devem ser protegidas com cercas de no mínimo 1,5 m de altura e portões com cadeados ou trava de segurança. Atenção! Alarmes e capas de piscina garantem mais proteção, mas não eliminam o risco de acidentes;
  • Evite deixar brinquedos e outros atrativos próximos à piscina e reservatórios de água.

Águas naturais

  • Tenha certeza que as crianças estão nadando em áreas seguras de rios, lagos, praias e represas;
  • Ensine as crianças a respeitarem as placas de proibição nas praias, os guarda-vidas e a verificarem as condições das águas abertas.

Ambiente doméstico

  • Depois do uso, mantenha vazios, virados para baixo e fora do alcance das crianças baldes, bacias, banheiras e piscinas infantis;
  • Deixe a porta do banheiro e da lavanderia fechada ou trancada por fora e mantenha a tampa do vaso sanitário baixada (se possível, lacrada com um dispositivo de segurança);
  • Mantenha cisternas, tonéis, poços e outros reservatórios domésticos sempre trancados.

Outras informações e orientações podem ser conferidas no site da ONG Criança Segura,  que está com inscrições abertas para seus cursos “Familiares e Responsáveis” e “Trânsito”, totalmente online e gratuitos. Informações: https://criancasegura.org.br

SBAIT

Entidades se reúnem para traçar ações conjuntas para o atendimento ao traumatizado

Presidente da SBAIT, Dr Tercio de Campos

Na última terça-feira, 09 de janeiro, representantes da Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT), do Capítulo Brasileiro do American College Of Surgeons (ACS),  do Comitê de Trauma do ACS e do Comitê de Trauma Brasileiro (BCOT),  reuniram-se para traçar ações conjuntas para organizar o atendimento aos pacientes traumatizados.

Durante a reunião foi elaborado  o planejamento das ações, além do treinamento do atendimento, tratamento, prevenção e pesquisa. Dessa forma os cirurgiões, residentes e estudantes poderão se organizar em todo o país com as diretrizes e orientação das entidades.

Ficou definido ainda que o CBC, a SBAIT e o BCOT, desenvolverão e assinarão os protocolos de ações conjuntas, onde o Colégio Brasileiro de Cirurgiões tem o papel fundamental de facilitador e apoiador dos projetos de Trauma, trabalhando junto ao Governo e Associações Médicas representativas, a SBAIT como a legítima sociedade que defende e representa o Trauma no Brasil, desenvolvendo e difundindo projetos de Trauma e prevenção, e o BCOT como representante dos cursos do American College of Surgeons, com a missão de expandir e facilitar a realização destes cursos, trabalhando em conjunto com a SBAIT.

Dr. Tercio de Campos, presidente da SBAIT foi um dos participantes da reunião, que contou também com a presença de  membros SBAIT representando o Comitê de Trauma do CBC: Dr. Sizenando Vieira Starling, Dr. Helio Machado Vieira Junior, Dr.  José Mauro da Silva Rodrigues (ex-presidente da SBAIT), Dr. Marcelo Augusto Ribeiro e Dr. Diogo Garcia (Comitê de Trauma do ACS).

A reunião ocorreu na sede do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC), no Rio de janeiro (RJ) e foi organizada pelo CBC, através da Comissão Permanente de Trauma.

 

Crédito Imagens: Colégio Brasileiro de Cirurgiões ( CBC)

SBAIT

Novo presidente da SBAIT fala sobre os “Desafios e oportunidades para os próximos dois anos”

Presidir a SBAIT nos próximos dois anos é uma grande honra e também um grande desafio, por toda sua luta histórica, repleta de garra, desde sua fundação. A responsabilidade é enorme! Que só poderá ser enfrentada com o apoio de todos os sócios. Manifestações de apoio não faltaram, o que me encoraja para um dos maiores desafios de minha carreira. Pretendo, juntamente com os membros da chapa e das comissões, fazer o melhor.

Alguns pontos considero os mais importantes, dentre muitos.

Dr Tércio de Campos (SP), presidente SBAIT 2019/2020

O primeiro é aumentar o número de sócios, para que nossa sociedade seja mais representativa e ganhe força frente às outras entidades médicas. Algumas ações podem auxiliar nesta expansão, como o oferecimento, de modo claro, de um pacote de benefícios para que seja atrativo ser membro da SBAIT. Outra ação é a participação de eventos nos diversos lugares de nosso país, desde interior do Rio Grande do Sul até o Amapá. Temos um potencial enorme para desenvolver. E o foco no aluno de medicina, no residente e no jovem cirurgião deve ser definido como um dos objetivos. A tecnologia nos auxiliará, facilitando as maneiras de associação, continuando o desenvolvimento iniciado nos últimos anos.

O relacionamento harmônico com outras sociedades considero como um ponto de grande importância. O Colégio Brasileiro de Cirurgiões, a Sociedade Pan-americana de Trauma, o American College of Surgeons, a European Society for Trauma & Emergency Surgery e a Associação Lusitana de Trauma e Emergência Cirúrgica são nossas principais referências na projeção do Trauma no Brasil e no mundo, com benefícios para todos. Os laços devem ser apertados.

Outro ponto relevante é o envolvimento em todos os cursos relacionado ao trauma. Desde cursos que surgiram graças ao empenho da SBAIT, como o DSTC, dentre outros, até o vínculo do ATLS à sociedade, algo que será benéfico para todos: sociedade, ATLS, alunos e instrutores. Os cursos terão papel fundamental nos próximos anos. As urgências não traumáticas deverão também ser abordadas. O aumento não planejado de escolas médicas e de vagas de medicina, sem o aumento proporcional de vagas de residência médica, deixará uma lacuna óbvia de aprendizado que deverá ser suprida, preferencialmente, por sociedades médicas responsáveis, que visam a educação como um benefício maior para a população. O vínculo de cursos a sociedades traz credibilidade para todos, além de promover a sociedade.

O registro de trauma tem também um papel fundamental. Só através do registro de trauma será possível obter dados sólidos e confiáveis sobre o trauma no país, com inúmeros benefícios para todos, tais como publicações científicas, proposição de políticas de saúde, comparação com dados de outros países, propostas de prevenção, além de termos o diagnóstico preciso do trauma em nosso país. E trabalharemos por isto com as pessoas que têm lutado muito nos últimos anos por esta causa.

A acreditação de hospitais e centros de trauma é outra importante ação para a afirmação da sociedade como um órgão responsável, que cuidará do trauma no país. A certificação de trauma, iniciada na gestão atual, deve ser continuada e disseminada, pois poderemos ter um grupo diferenciado de cirurgiões habilitados em trauma, que é a semente necessária para a afirmação da especialidade trauma no país e consequente melhor treinamento do residente que cuidará do trauma, com a formação de dois anos na especialidade.

E outro ponto de grande importância é o desenvolvimento de ações de prevenção ao trauma. Nitidamente, as ações de prevenção têm um impacto significativo para salvar vidas de milhares de jovens. O Maio Amarelo tem sido um marco da SBAIT, mês em que ações de prevenção têm sido disseminadas em todo o país. O espaço para a expansão destas ações é imenso, e é a melhor maneira de colocar a SBAIT na mídia. A marca SBAIT deve ser expandida para que possa ser mais valorizada.

A parte científica já tem duas ações programadas. A primeira é o Intergastro & Trauma, evento que ocorrerá em Campinas em maio de 2019, onde a SBAIT tem participado de modo ativo nos últimos anos como uma das apoiadoras do evento. Nesta ocasião, ocorrerá a posse festiva da próxima diretoria, que, na prática, inicia sua gestão em janeiro de 2019. O outro grande evento ocorrerá em novembro de 2020, com o Congresso da SBAIT associado ao Congresso Pan-americano de Trauma e Congresso Brasileiro das Ligas de Trauma. Este evento será realizado em São Paulo, com a expectativa de ser mais um marco para a SBAIT, assim como têm sido os últimos congressos.

Este projeto descrito acima não será construído em dois anos. Ele tem sido desenvolvido durante a última década, que tive o privilégio de acompanhar de perto. Tenho muito orgulho e felicidade de poder contar com o apoio dos presidentes da SBAIT e de seus fervorosos sócios, pois só há sentido nas ações em uma sociedade como a nossa, quando há harmonia e continuidade de projetos, que espero honrar, para o benefício de todos.

 

Dr. Tércio de Campos
Presidente  SBAIT

*Editorial Trauma BoleTEAM edição 23, dez/18

 

SBAIT

Novo presidente da SBAIT anuncia nova diretoria (Gestão 2019/2020)

A partir de janeiro de 2019 assume a nova diretoria da SBAIT, gestão 2019/2020, com presidência do Dr Tércio de Campos (SP), eleita durante o  XIII Congresso SBAIT e XX CoLT, realizado em agosto de 2018 em Curitiba/PR.

A nova diretoria é composta por:

Presidente – Dr Tércio de Campos (SP)
1º vice-presidente – Dr. Amauri Clemente da Rocha
2º vice-presidente – Dr. Rogério Fett Schneider
Secretário geral – Dr. Marcelo Augusto Fontenelle Ribeiro
1º secretário – Dr. Fábio Henrique de Carvalho
2º secretário – Dr. Hélio Machado Vieira Jr
1º tesoureiro – Dr. Bruno Monteiro Tavares Pereira
2º tesoureiro – Dr. Lívio José Suretti Pires
Conselho Fiscal: André Gusmão (BA), Carlos Alberto Fagundes (ES), Sizenando Starling (MG), Sandro Scarpelini (SP) e Carlos Otávio Corso (RS).


Coordenadores dos Comitês
:

Pré-Hospitalar – Dr. Daniel Souza Lima (CE)
Educação – Dr Gustavo P. Fraga (SP)
Desastres- Dr André Gusmão (BA)
Qualidade e Registro de Trauma – José Gustavo Parreira (SP)
Prevenção – Danilo Stanzani (SP)
Acreditação –Dr. Edivaldo Massaro Utiyama (SP)
Ligas do Trauma -Thiago Rodrigues A. Calderan (SP)

A posse festiva será realizada durante o evento Campinas 2019, a ser realizado em Campinas/SP de 30 de maio a 01 de junho.

Internacional

Entrevista – Atendimento a vítimas de violência armada é destaque em Jornal de Toronto

Dr. Sandro Rizoli, membro honorário internacional da SBAIT e diretor médico de trauma e serviços de cuidados intensivos do Hospital St. Michael’s, em Toronto, foi destaque em entrevista na primeira página do principal jornal diário de Toronto, o “Toronto Star”, de 27/12, falando sobre a violência armada:

“Tratar ferimentos à bala costumava ser incomum. Agora o hospital vê cerca de uma vítima de tiros por semana. “, Diz Rizoli na entrevista, na qual também compartilha o procedimento utilizado pela sua equipe no atendimento a essas vítimas.

Confira matéria no link: St. Mike’s hospital trauma surgeons are using battlefield techniques to treat victims of gun violence

 

*Imagem em destaque: (RICHARD LAUTENS / TORONTO STAR)

Internacional

“Desafios, oportunidades, união e engajamento global” – Dr Raul Coimbra, em seu discurso presidencial na AAST, em 2017

Dr Raul Coimbra, membro honorário internacional SBAIT

“Desafios, oportunidades, união e engajamento global” , esse é o tema do discurso presidencial  do membro honorário da SBAIT, Dr Raul Coimbra em sua posse como presidente da American Association for the Surgery of Trauma (AAST), em 2017.  O discurso , uma inspiração para a carreira de cirurgiões de todo o mundo, conta sua  trajetória profissional e também a história da AAST, mostrando os desafios enfrentados pela Associação e as oportunidades que estão por vir.

 

O discurso foi publicado no Journal of Trauma & Acute Care Surgery, volume 86, número 1 e pode ser conferido na íntegra acessando o link :

Challenges,_opportunities,_unity,_and_global.8 – Challenges, opportunities, unity, and global engagement: The 2017 AAST Presidential Address – Raul Coimbra, MD, PhD, San Diego, California

ou diretamente, abaixo:

 

 

 

Campanhas

SBAIT lança campanha para conscientizar motoristas sobre a prevenção nas viagens de fim de ano

Com o tema “Não seja e não faça mais uma vítima”, a SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado), que reúne cirurgiões do Trauma de todo o País, está lançando uma campanha nas redes sociais para conscientizar a população sobre a importância de dirigir com responsabilidade nas viagens de fim de ano.

Campanha de prevenção SBAIT dezembro/2018

No mês de dezembro, segundo levantamento divulgado pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), há um aumento de cerca de 10% nas mortes causadas por ocorrências de trânsito, em comparação aos demais meses do ano.

“Este é um dos períodos mais críticos para quem trabalha com trauma. As pessoas estão empolgadas com as festas de fim de ano e se esquecem da segurança. O consumo de bebida alcoólica também tende a aumentar nessa época, o que causa ainda mais problema no trânsito”, destaca o presidente da Sociedade, José Mauro da Silva Rodrigues.

De acordo com os dados do ONSG, que foram compilados pela Universidade Federal do Paraná, com base no Sistema de Informações de Mortalidade do DataSUS (2010-2015), a média de mortes em dezembro é de 3.898,5. Já nos demais meses, é de 3.518,5. O levantamento aponta, ainda, que as ocorrências aumentam nos 13 últimos dias do mês. Segundo a entidade, o principal motivo é a grande quantidade de veículos que saem para viajar.

“Nossa campanha foca diretamente a prevenção. Com prevenção, é possível evitar praticamente todas as ocorrências de trânsito. E isso inclui não ingerir bebida alcoólica antes de dirigir, não usar o celular ao volante, fazer manutenção no veículo e respeitar sinalizações e limites de velocidade. O trânsito é feito por pessoas e, se cada um fizer a sua parte, certamente teremos grandes mudanças nessas estatísticas”, destaca Rodrigues.

Confira as dicas da SBAIT pegar a estrada neste fim de ano:

– Faça manutenção do veículo antes da viagem.
– Assegure-se que todos os passageiros do carro estejam com cinto de segurança, inclusive no banco traseiro. No caso das crianças, é fundamental que usem os dispositivos indicados para sua idade (bebê conforto, cadeira ou assento elevatório).
– Não consuma bebida alcoólica antes de dirigir. Ela prejudica seus reflexos e também pode causar sono.
– Jamais utilize celular, seja em chamadas ou mensagens de texto. Ele desvia sua atenção. O ideal é desligá-lo enquanto estiver o volante pra não cair na tentação de utilizá-lo.
– Respeite a sinalização e redobre o cuidado em pistas que estejam má conservadas.
– Não ultrapasse a velocidade permitida.
– Lembre-se: além de colocar sua vida em risco, também coloca a de outras pessoas.

SBAIT

SBAIT presente no I Encontro  da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM)

Ocorreu em  12 de dezembro, o I Encontro  da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) e Sociedades de Especialidades Médicas do Brasil, com presença do atual presidente da SBAIT, Dr. José Mauro da Silva Rodrigues, e dos ex- presidentes SBAIT, Dr. Sandro Scarpelini e Dr. Gustavo P. Fraga, que buscam a Residência Médica de Cirurgia do Trauma em 2 anos.

Drª Rosana Leite de Melo (CNRM) abriu o evento com a conferência “Panorama da residência médica no Brasil: Conquistas e desafios”. Destaque também para a aula do diretor do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC), Dr Paulo Roberto Corsi, que abordou o caso: ” Cirurgia Geral- o Cirurgião que o Brasil merece”.

O encontro ocorreu na sede da Associação Médica Brasileira, (AMB/ DF), em Brasília/ DF.

 

Drª Rosane Leite de Melo (CNRM) com o presidente da SBAIT, Dr. José Mauro da Silva Rodrigues, e os ex- presidentes Dr. Sandro Scarpelini e Dr. Gustavo P. Fraga, durante o Encontro.

SBAIT

Conheça os benefícios dos associados SBAIT e junte-se a nós!

Todos temos que lutar pelo aprimoramento profissional na Cirurgia do Trauma, o que só é possível com uma sociedade representativa. Para tanto a SBAIT busca continuamente aumentar o quadro de associados. Dessa maneira conseguirá atingir os seus objetivos:

1. Dois anos de Residência Médica em Cirurgia do Trauma para melhor capacitação dos profissionais
2. Reconhecimento da Área de Atuação em Cirurgia do Trauma, com representação na Associação Médica Brasileira (AMB)
3. Desenvolvimento do Sistema Nacional de Trauma com:
– Linha de Cuidado ao Trauma do Ministério da Saúde
– Registro de Trauma
– Acreditação
4. Defesa de remuneração adequada aos profissionais que atuam em urgências

Para atingir esses objetivos a SBAIT oferece como benefícios aos associados:
1. Descontos na inscrição de cursos de capacitação e atualização, como: DSTC, USET, ADMR e ATLS
2. Descontos para participação em Congressos da SBAIT (anos pares) e eventos apoiados pela mesma
3. Recebimento mensal do informativo eletrônico Espaço do Trauma, numa parceria com a Revista Emergência
4. Recebimento bimestral da versão eletrônica da Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões
5. Recebimento do periódico trimestral TRAUMA BoleTEAM, versão impressa e eletrônica
6. Recebimento mensal de seis artigos científicos, em pdf, via e-mail, do TRAUMA EM REVISTA
7. Descontos para filiação à Sociedade Panamericana de Trauma (PTS)
8. Descontos para inscrição na prova de Título de Habilitação em Cirurgia do Trauma, em parceria com CBC e AMB
9. Acesso às reuniões para discussão de casos via Telemedicina da PTS (toda sexta-feira) e da SBAIT (na última quarta-feira do mês).
10. Participação nos projetos de Prevenção da SBAIT, como P.A.R.T.Y., MAIO AMARELO, SALVANDO VIDAS, Dicas de Emergência, etc

Para isso é necessário uma Sociedade forte, com muitos associados. Nós devemos perguntar o que podemos fazer pela Sociedade e não apenas o que a Sociedade pode fazer por nós.

 

OPORTUNIDADE

Pagando a anuidade 2018 no mês dezembro de 2018 fica quitada a anuidade de 2019.

 

Seguem valores da ANUIDADE conforme a categoria:

-Categoria Médico  – R$330,00

-Categoria Médico Residente – R$190,00

-Categoria Aluno de Medicina – R$ 80,00

Seguem dados bancários para depósito ou transferência bancária na conta SBAIT

 

Banco Santander – 033
Agência: 0115
C/C: 13 00 35 82 5
CNPJ: 49 078 884 / 0001-96
Favorecido: SBAIT

 

Pedimos a gentileza de enviar o formulário preenchido pelo link: http://inscricao.sbait.org.br/

e o comprovante de depósito para o email: secretaria@sbait.org.br

Fechar