Author

sbait

Prevenção

Dicas para um Natal Seguro junto às crianças

A ONG Criança Segura, parceira SBAIT, traz dicas para aproveitar o Natal com segurança junto às crianças, confira:

Árvore de Natal

1. Procure instalar a árvore em um canto da casa preferencialmente de difícil acesso para as crianças pequenas;

2. Evite instalar a árvore perto de móveis que podem ser escalados pelas crianças: isso evita que os pequenos escalem os móveis para alcançar a árvore e acabem sofrendo quedas;

3. Se a árvore for muito grande, é interessante deixá-la bem fixada em algum objeto estável e seguro para não cair sobre os pequenos.

Pisca-pisca

4. Evite o uso de luzes elétricas em árvores metálicas, pois ela pode ficar carregada com a eletricidade de luzes defeituosas e dar choques;

5. Desligue todas as luzes quando for dormir ou sair de casa. As luzes podem dar curto e iniciar um incêndio;

6. Ligue o pisca-pisca em tomadas que ficam longe do acesso das crianças;

7. Evite usar velas acesas em árvores;

8. Não deixe fios desencapados e espalhados pelo chão;

9. A fiação da árvore deve ficar longe do alcance das crianças;

10. Substitua fios elétricos desencapados e proteja tomadas com tampas, fita isolante ou mesmo móveis;

11. Alguns pisca-piscas contém chumbo, elemento extremamente tóxico para crianças e adultos. Por conta disto, é importante lavar bem as mãos depois de mexer neste material e deixar fora do alcance das crianças.

 

Enfeites gerais

12. Festão e outros cordões usados na decoração podem trazer o risco de estrangulamento, especialmente para os menores. Por isso, muito cuidado ao utilizar esse tipo de material;

13. Evite colocar enfeites em escada, mas quando existir certifique-se que existem portões de segurança no topo e na base das escadas. Caso a escada seja aberta, instale redes ao longo dela;

14. Em janelas e sacadas com decoração, instale grades ou redes de proteção e não posicione móveis em baixo dessas janelas. Eles podem ser usados para escalar;

15. Tenha um cuidado especial com decorações que possam quebrar. Enfeites com pequenas peças removíveis devem ficar fora do alcance das crianças, pois são risco para engasgo;

16. Evite enfeites que se assemelhem a doces ou alimentos: crianças pequenas podem tentar comê-los;

17. Não deixe papéis de embrulho, sacos e fitas espalhados depois que os presentes forem abertos. Esses itens trazem risco de sufocação e asfixia para crianças.

Aproveite o Natal com segurança!

 

Imagem:  StockSnap por Pixabay 

Sem categoria

4ª edição do Workshop de Salvamento Aquático é realizada em Campinas/SP

Foi realizada, no dia 30 de novembro, em Campinas/SP, a 4ª edição do Workshop de Salvamento Aquático, um evento do Programa “Salvando Vidas”, organizado pela Liga do Trauma da Unicamp, orientado pelo Dr. Thiago Calderan, como parte da Semana Latino-Americana de Prevenção em Afogamento.

O workshop contou com aulas teóricas sobre prevenção de afogamento e como agir nestas situações, além de aulas práticas de reanimação cardiopulmonar e manobras de resgate de afogados em piscinas.

O evento aconteceu na Sociedade Hípica de Campinas e teve o apoio da Disciplina de Cirurgia do Trauma da Unicamp, da SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado), do Programa Salvando Vidas, do CoBraLT (Comitê Brasileiro de Ligas do Trauma), da Sobrasa (Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático), do Instituto Terzius e do Corpo de Bombeiros Militar de Campinas.

 

Imagem: O Workshop contou com aulas teóricas e práticas.

Crédito: Liga do Trauma da Unicamp

Ligas de Trauma

7° Treinamento em Massa de RCP é realizado em Araras/SP

No dia 01 de dezembro a Liga de Traumatologia e Emergência da FHO – Fundação Hermínio Ometto (LTE – GEFE), realizou o 7° Treinamento em Massa de Reanimação Cardiopulmonar e treinou 530 pessoas com técnicas de primeiros socorros.

Esse treinamento tem como objetivo capacitar um grande número de professores, funcionários da instituição, os alunos ingressantes dos cursos que compõem o Núcleo Comum de Saúde e os representantes de sala de todos os cursos da Instituição do Centro Universitário da Fundação Hermínio Ometto, em Araras/SP,  treinando-os em um circuito de 50 minutos para proceder em casos de emergências envolvendo parada cardiorrespiratória (PCR) com uso do desfibrilador externo automático (DEA), conduta em crise convulsiva, identificação do acidente vascular cerebral (AVC) e desengasgamento adulto e infantil.

 

 

Confira:

 

Informações e imagens: LTE – GEFE

P.A.R.T.Y. Brasil

Programa P.A.R.T.Y. Brasil é lançado no Estado de São Paulo

O II Fórum de Saúde no Combate às Violências no Estado de São Paulo ocorreu nesta sexta-feira, 29 de novembro no Auditório José Ademar e Muzzolino, na Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo.

O lançamento do Programa P.A.R.T.Y.  ( Prevenção do Trauma Relacionado ao Álcool na Juventude) no Estado de São Paulo foi um dos destaques da programação.

Estiveram presentes representantes do P.A.R.T.Y. Brasil : Dra Naoko Silveira (Prefeitura Municipal de Campinas), Prof Dr. Gustavo P. Fraga, coordenador do Programa na Unicamp e Coordenador do Comitê de Educação da SBAIT, Dra. Ana Helena Parra, médica coordenadora do Programa em Ribeirão Preto, uma das responsáveis por trazer esse programa do Canadá para o Brasil, Enf. Nelsina Carmo, representante do P.A.R.T.Y. em São José dos Campos e também Dra. Sylmara Del Zotto, representante da Secretaria do Estado de São Paulo.

O Programa P.A.R.T.Y. foi apresentado aos representantes das Diretorias Regionais de Saúde – DRS do Estado com o objetivo de, em 2020 implantar o Programa nas 17 DRS, no mínimo em uma cidade referência em cada região, as maiores, que atendem os casos de trauma mais graves em cada região, contando com o apoio da Secretaria Estadual de Saúde e Secretaria Estadual de Educação, que permitirá a expansão do Programa P.A.R.T.Y. para todo o Estado de São Paulo.

A SBAIT apoiará a implantação dos novos núcleos.  O coordenador do comitê de prevenção da SBAIT, Dr Danilo Stanzani não pode comparecer, mas apoia amplamente essas atividades.

O evento recebeu cerca de 150 participantes e foi transmitido ao vivo pela Web.

Saiba mais sobre o Programa P.A.R.T.Y  acessando: https://programapartybrasil.wordpress.com/

 

Imagem em destaque: Dra Naoko Silveira, Dra. Sylmara Del Zotto, Prof Dr. Gustavo P. Fraga, Dra. Ana Helena Parra e Enf. Nelsina Carmo.

 

Eventos

I Jornada de Cirurgia do Trauma é realizada em Brasília/DF

A I Jornada de Cirurgia do Trauma do Hospital de Base e III Jornada de Trauma LETES (Liga de Emergência e Trauma da Escola Superior de Ciências da Saúde), ocorreu em 29 de novembro de 2019 no Centro Universitário de Brasília – CEUB , em Brasília/ DF.

Com o objetivo de promover uma discussão de temas atuais do manejo cirúrgico de pacientes vítimas de trauma, o evento contou com a participação de diversos membros da SBAIT, entre eles o presidente da SBAIT, o médico Tercio de Campos, que apresentou   a palestra Cirurgia Do Trauma: É Necessária Uma Especialidade?  que também falou sobre o curso DSTC –  Definitive Surgical Trauma Care. A programação contou ainda com a presença dos membros  SBAIT, Dr Ricardo Breigeiron (RS) falando sobre o Manejo do trauma torácico na sala de emergência e a Indicação e manejo de ostomias no trauma: Conceitos Atuais,  Dr. Romeo Lages (SP) falando sobre o papel das ligas de trauma na formação dos alunos , Dr. Newton Djin Mori (SP) falando sobre a ATLS 10ª edição : o que mudou?  e Dr. Marcelo Ribeiro (SP), abordando sobre o tema  Trauma pélvico grave : desafio interespecialidades e o Manejo Do Abdome Aberto. e Dr Romulo Souki falou sobre a Experiência do hospital João XXIII e cirurgia de controle de
Danos.

Membros da SBAIT estiveram presentes entre os convidados do evento

O evento foi  promovido pelo Instituto Hospital de Base do Distrito Federal – IHBDF, com apoio da Liga de Emergência e Trauma da Escola Superior de Ciências da Saúde – LETES, sob a coordenação do Dr. Rodrigo Caselli.

Durante o evento, foi realizado o lançamento do livro “Manual de Condutas no Trauma Grave do Hospital de Base do Distrito Federal”, no qual o membro da SBAIT, Dr Rodrigo Caselli é um dos organizadores.

Confira momentos do evento:

 

 

Sem categoria

Simpósio de Cirurgia do Trauma é realizado em BH

Ocorreu na sexta-feira, 25, o Simpósio de Cirurgia do Trauma no Hospital João XXIII , em Belo Horizonte/MG, reunindo membros da SBAIT-MG.
O evento também foi marcado pelo encontro dos ex alunos do Hospital João XXIII.

Confira momentos:

imagens: Arquivo SBAIT-MG

Campanhas

III Semana Latino-Americana de Prevenção em Afogamentos vem aí!

A Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático – SOBRASA, parceira SBAIT, promove de 24 a 30 de novembro de 2019, a 3ª edição da Semana Latino-Americana de Prevenção em Afogamentos, com apoio da ILS – International Life Saving.

O objetivo da campanha é a redução do número de afogamentos e pode ser realizada por qualquer instituição, empresa ou indivíduo que queira participar, promovendo atividades de prevenção em afogamento em qualquer dia da semana de 24 a 30 de novembro .

Saiba mais sobre como participar em www.sobrasa.org

 

Cursos

Cursos DATC e DSTC são realizados em Vitória/ES

De 8 a 10 Novembro foram realizados em Vitória/ES, os cursos DSTC (Definitive Surgical Trauma Care / DATC (Definitive Anaesthetic Trauma Care Course ), este foi o primeiro DATC realizado fora do estado de São Paulo.

Os cursos, que tiveram a presença de  22 participantes e 11 instrutores, sendo dois convidados internacionais,. contaram com a organização do Capítulo do Espírito Santo da Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado – SBAIT e International Association for Trauma Surgery and Intensive Care – IATSIC e apoio da COOPERCIGES – Cooperativa de Cirurgiões Gerais do Estado do Espírito Santo.

Instrutores:

Diretores do curso
Gustavo P. Fraga (Campinas, Brasil) – cirurgião
Luis Vale (Ilha da Madeira, Portugal) – anestesista

Instrutor convidado
Luis Miguel R. Ferreira (Coimbra, Portugal) – cirurgião

Local Course Faculty
Carlos R. Renon – Local Coordinator (Vitória, Brasil) – cirurgião
Cláudio Pinheiro (Vitória, Brasil) – cirurgião
Daniel Santos (Vitória, Brasil) – cirurgião
Fernando A. M. Bermudes (Vitória, Brasil) – cirurgião
José Hélio Zen Jr. (Campinas, Brasil) – anestesista
Robert Alexander Stephen (Vitória, Brasil) – cirurgião
Romeo Lages Simões (Governador Valadares, Brasil) -cirurgião
Sizenando V. Starling (Belo Horizonte, Brasil) – cirurgião

Conheça o histórico de Cursos DATC/DSTC já realizados acessando: http://www.sbait.org.br/br/cursos/historico-cursos/dstc


Sobre os cursos:

O DSTC é um curso idealizado na Europa e Oceania com o objetivo de preparar cirurgiões, já formados ou em treinamento, para abordarem lesões traumáticas graves, com atenção especial para estratégias e técnicas cirúrgicas avançadas. O curso é baseado principalmente em práticas cirúrgicas, o que permite discussões e oportunidade de treinamento. Posteriormente foi criado o DATC, para capacitar anestesiologistas no atendimento desses doentes graves.

Confira momentos dos cursos:

Participantes dos cursos DATC DSTC Vitória/ES – 8 a 10 de novembro de 2019

Instrutores

SBAIT

Oportunidade – Anuidade SBAIT 2020 pelo valor da anuidade 2019

Informamos uma grande oportunidade para sócios e não sócios SBAIT: Associando-se ou renovando sua anuidade até dezembro de 2019, o sócio já garante a anuidade SBAIT 2020 pelo valor da anuidade 2019.

Os membros SBAIT possuem vários benefícios, entre  eles:

  • Descontos em cursos e eventos apoiados pela SBAIT.
  • Recebimentos de publicações e informações da área.
  • Participação em projetos da Sociedade; como o Plano Nacional de Catástrofes e o Programa P.A.R.T.Y., Salvando Vidas e Maio Amarelo.
  • Kit associado.
  • Acesso às reuniões para discussão de casos via telemedicina , da SBAIT e Sociedade Panamericana de Trauma, entre outros.

 

A Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT) atua, desde 1982 no combate à doença trauma como sua principal missão, Acreditamos que o nosso principal objetivo seja contribuir para reduzir o número de vítimas da violência e trauma e melhorar a qualidade da atenção a essas vítimas.

O trauma é uma doença totalmente previnível, por isso nossa sociedade possui o importante papel de orientar a sociedade para a prevenção. Capacitar profissionais para um atendimento ao traumatizado de qualidade, promover políticas públicas e parcerias para esse atendimento de qualidade também faz parte de nossos objetivos.

Profissionais de áreas que atuam diretamente no atendimento ao traumatizado agora também podem fazer parte do time SBAIT . Dessa forma, podem associar-se à SBAIT na Categoria Multiprofissional, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, fisioterapeutas, psicólogos, assistentes sociais, socorristas, condutores de veículos de saúde, bombeiros, entre outros profissionais da área de saúde, o que reforça o sentido de integração das áreas para o Atendimento Integrado ao Traumatizado, como a SBAIT valoriza.

Aproveite essa oportunidade e junte-se a nós!

Saiba mais

http://www.sbait.org.br/br/associe-se)

*Essa oportunidade é válida até dez/19, para médicos e profissionais da categoria multiprofissional.

 

News

Encontro apresenta ao ministro da Infraestrutura propostas do Seminário de Mobilidade – Rodovias que perdoam

No dia 31 de outubro, o Ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas recebeu diretores do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), parceiro SBAIT, para discutir , entre outros assuntos,  o resultado do 2º Seminário de Mobilidade Humana, Segura e Sustentável – Rodovias que Perdoam, realizado em 12 de setembro e que contou com a presença do presidente da SBAIT, Dr. Tercio de Campos, representando a Sociedade juntamente com outras Sociedades Médicas e Instituições interessadas no tema.

Também participaram do encontro o diretor-geral do Denatran, Jerry Adriane Dias, o secretário nacional de Transportes Terrestres interino, Marcello da Costa e a coordenadora-geral de Planejamento, Gestão e Controle do Denatran, Marcela Laíz.

No documento estão as propostas sugeridas para que as estradas brasileiras adotem o que há de mais moderno em segurança nas rodovias já usadas em outros países. O ministro comprometeu-se em encaminhar internamente – no Ministério da Infraestrutura -, o uso do mesmo nas concessões de rodovias que virão a partir de 2020.

Ações sugeridas pelo seminário:

1.      CRIAR um comitê permanente de segurança em vias e rodovias, composto pelos órgãos públicos (engenharia e de controle), iniciativa privada e sociedade civil organizada. (Ministério da Infraestrutura, ANTT, DNIT, TCU, ABEETRANS, ABSEV, ONSV, ETC).

2.      APRESENTAR 2020/2030 com as ações e implementações que serão introduzidas em todas as etapas, (projeto/construção/entrega/auditoria/fiscalização /novas tecnologias) com data e responsável.

3.      REVISITAR todos os atuais manuais, diretrizes, normas e procedimentos de construção de rodovias no país, com o olhar da segurança viária e de atendimento ao complaice : do projeto a construção, da fiscalização aos produtos e serviços empregados na rodovia.

4.      REDIGIR diretrizes de fiscalização e auditoria, geridos por “flags de controle” onde as rodovias novas e em operação serão avaliadas periodicamente.

5.      AMPLIAR as concessões de rodovias à iniciativa privada exigindo o atendimento a todas as etapas regidas no contrato de concessão, com ênfase na segurança viária, atendendo aos requisitos da OMS/ONU, ao qual o Brasil é signatário.
6.      EXIGIR a rigidez dos controles do projeto a execução no que tange ao cumprimento das normas e procedimentos, antes, durante e após a finalização da rodovia.

7.      CRIAR políticas de incentivo para a introdução de novas tecnologias (produtos e serviços) com o propósito de promover uma segurança viária de primeiro mundo.

8.      CERTIFICAR que sejam utilizados somente produtos e serviços, normatizados e homologados, e que apresentem, comprovadamente, sua eficácia e eficiência.

9.      PREVER que a assistência dada a vítimas de acidentes de trânsito em rodovias, tenham um atendimento pós resgate,  em um centro de atendimento às vítimas de traumas decorrentes de acidentes, com equipes multidisciplinares de socorro com profissionais especializados para estes atendimentos,

10.   REFORÇAR a fiscalização pela PRF, principalmente nos pontos das rodovias federais classificados como de alto risco de acidentes.

Ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas – crédito ONSV

Informações e imagens: http://www.onsv.org.br/

Fechar