Cirurgia do Trauma foi a 1ª Residência própria do Hospital Risoleta Tolentino Neves, criada em 2013, junto com a Residência em Clínica Médica. De lá pra cá o processo  evoluiu bastante e, hoje, o Hospital possui o 2º maior programa de Residência dessa área no Brasil, com oito vagas ofertadas por ano e, atualmente, 5 matriculados.

Alguns fatores foram decisivos para esse resultado. “O Risoleta é referência no atendimento ao Trauma em Belo Horizonte e também temos um forte programa de residência, com um total de 42 médicos já habilitados nessa área. Estar em um hospital geral porta aberta permite aos residentes uma variedade de casos enorme e, com isso, um aprendizado incrível. Os residentes atuam com uma equipe multidisciplinar e contam com a liderança de preceptores bastante experientes, o que intensifica o conhecimento adquirido”, afirma Mario Pastore, coordenador da Residência em Cirurgia do Trauma e da Clínica Cirúrgica do Hospital.

Hospital Risoleta Neves – Belo Horizonte/MG

Mario é membro da SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado) – maior organização nacional de conscientização da doença Trauma – e defende que a Cirurgia do Trauma deixe de ser uma área de atuação para se tornar uma especialidade devido à sua importância no contexto médico e para os pacientes, especialmente em situações de urgência.

Equipe altamente qualificada

Os médicos do Risoleta possuem amplos conhecimentos, tanto teóricos quanto práticos. Os processos para ingressar no Hospital têm como critério a habilitação formal do MEC em Trauma, qualificando a equipe e a assistência prestada aos usuários. Os cirurgiões da Instituição são credenciados pela SBAIT e, atualmente, o Risoleta é o Hospital com maior número de sócios dessa sociedade em Minas Gerais.

Na foto, dr. Mario entre os residentes da última turma formada pelo Risoleta, em 26/02/2021

Texto e imagens:
Participação de Dr. Mario Pastore Neto – sócio SBAIT-MG