Campanha contou com artes e videos de conscientização

A  Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA), parceira SBAIT,  realizou, de 26 a 01 de fevereiro, a Semana ” Se beber, fique fora da água”, alertando sobre o risco de beber e entrar em piscinas, mar, etc. Foram divulgados vídeos e artes com orientações e conscientização à população.

O afogamento é uma das maiores causas de morte no Brasil. Segundo a SOBRASA, 5.700 brasileiros morrem afogados todos os anos em nosso país.  O álcool está envolvido em pelo menos 15% dessas ocorrências, ou seja, pelo menos duas pessoas alcoolizadas estão entre as 16 que morrem afogadas diariamente no Brasil.

A frase “Eu sei nadar e não vou me afogar!” pode ser considerada um mito, uma vez que, alcoolizada, a pessoa reduz a capacidade de entender e sair de situações de risco.

A cultura de não misturar álcool e direção,  aos poucos está se apropriando da população, mas no lazer isso ainda não está muito claro, segundo a SOBRASA.  É comum em passeios de barco e pescarias e locais de muito turismo, unir  diversão com álcool. Uma pessoa alcoolizada, eufórica e sem medos está muito mais exposta nestes ambientes onde desconhecem os altos riscos de estarem próximos ou dentro da água.

“Seu afogamento pode começar no copo” – É o que faz homens morrerem 13 vezes mais que as mulheres na faixa de 15 a 29 anos. O uso do álcool potencializa essa redução da avaliação do risco de um afogamento e dessa forma pode matar muito rapidamente, pois o álcool reduz a coordenação motora , a consciência do perigo e o  risco de morte por afogamento é enorme.

 

Outros dados:

Dois brasileiros morrem afogados todos os dias em nosso país em consequência ao uso de álcool.

– Mais de 15% de todos os óbitos por afogamento estão relacionados ao uso de álcool. Em algumas regiões e atividades, como em festas onde é comum ter uma piscina ou lago isso pode chegar até a 60%.

– O uso do álcool superestima a capacidade da pessoa aumentando o risco de fazê-la  perder sua vida.

 

A combinação Álcool e atividades aquáticas  podem ser fatais, por isso, a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático – SOBRASA faz o alerta de que álcool e água não se misturam  e recomenda:

“Se beber, fique fora da água”

 

Confira os videos e artes realizados para divulgação da campanha:
O uso do álcool torna os afogamentos uma das maiores causas de morte – Vídeo 1

O risco do uso de álcool perto ou dentro da água – Vídeo 2  

Eu sei nadar, será que posso me afogar? Vídeo  3

Álcool e nadar – combinam? – Vídeo 4

Álcool e o risco às crianças – Vídeo  5

Álcool e a masculinidade tóxica – Vídeo 6

O álcool te torna um super herói sem poderes – Video 7

 

 

Imagem em destaque: Pixabay