Chegamos ao fim de mais um ano. E ao fim do 1º ano da nova gestão da SBAIT. Foi um ano de muito trabalho e de várias mudanças em nossa sociedade, sempre com o objetivo de aumentar sua força e seu reconhecimento como uma entidade sólida e representante do Trauma no Brasil. Ainda temos muitos desafios, mas a cada passo, vamos chegando mais perto dos nossos objetivos.

Neste ano, a SBAIT ganhou uma “cara nova”, com a mudança do seu logotipo. Mantivemos a ideia do primeiro logo, mas demos uma roupagem mais moderna, afinal, o mundo está em constante atualização e desenvolvimento, e não poderíamos ficar de fora. Também abrimos a sociedade para membros da área de Trauma que não são médicos. Uma ideia antiga, que saiu do papel, com o apoio dos associados, reafirmando que o atendimento ao traumatizado é, de fato, multidisciplinar. Agora, estamos todos juntos.

Também criamos o Plano Nacional de Catástrofes e formamos uma base de dados considerável, que nos permite um rápido acionamento quando houver necessidade de atendimento no local ou de troca de experiências. Já tivemos alguns momentos em que a experiência dos membros da SBAIT foi fundamental para atendimentos difíceis. Então, nada melhor do que formalizar este processo para que possamos utilizá-lo da melhor forma em ocorrências com múltiplas vítimas.

E seguimos, incansavelmente, desenvolvendo formas de atrair novos associados, que não só nos ajudam a manter o trabalho da sociedade, como também a dar mais força para ela. Não é novidade para ninguém que a doença trauma ainda é muito negligenciada em nosso País. Ela não recebe a atenção que precisa dos governantes e, por isso, ou também por isso, nossas ações, como sociedade, são ainda mais importantes. Precisamos atualizar os profissionais, pressionar o governo para oferecer uma estrutura maior para as vítimas de trauma e sugerir políticas públicas de prevenção, que sempre será nosso maior objetivo. Então, precisamos crescer ainda mais para que nossa atuação seja cada vez mais ampla.

Para aumentar o número de associados, criamos vários benefícios para eles (que você pode conferir aqui). Mas sabemos que a conscientização e o incentivo do colega também são importantes, então, vamos nos unir e convidar o colega para fazer parte do Time SBAIT. Juntos, somos mais!

Estamos apenas na metade do trabalho dessa nova gestão e, como presidente, eu gostaria de agradecer à diretoria, que tem apoiado nossas decisões e trabalhado para que os objetivos sejam alcançados, dedicando – o escasso – tempo e a energia à nossa sociedade. Também quero agradecer às gestões anteriores, que deixaram uma base sólida para que pudéssemos evoluir nosso projeto ao longo deste ano. E, claro, quero agradecer aos nossos associados, presentes nos eventos que realizamos e em tantas outras ocasiões.

O próximo ano será cheio também. Teremos o Trauma Brasil 2020, que será realizado em novembro, em São Paulo. Traremos grandes nomes internacionais e nacionais para discutir assuntos relacionados ao trauma e contamos com a participação de todos vocês. Estamos preparando uma programação muito interessante e, em breve, começaremos a divulgá-la.

A SBAIT também estará presente em outro grande evento, o 5º Congresso Mundial do Trauma (WTC), que acontece em outubro, na Austrália. Foi aqui no Brasil que o WTC começou, em 2012, e este é, sem dúvida, o maior evento sobre trauma do mundo. Além disso, a SBAIT é a sociedade internacional convidada no XXI ECTES (European Congress of Trauma & Emergency Surgery) que se realizará em Oslo, de 26 a 28 de novembro, onde estaremos para prestigiar o presidente da ESTES e amigo de todos os brasileiros, Carlos Mesquita, de Portugal.

Uma reestruturação da SBAIT está em curso, e é um dos principais objetivos que teremos neste próximo ano. Queremos, como diretoria, entregar uma sociedade sólida e estruturada, baseada no desenvolvimento de um planejamento estratégico e na revisão de seu estatuto.

Também estamos animados com a ampliação do P.A.R.T.Y. para várias cidades do Estado de São Paulo. Este é um desejo antigo da SBAIT, dada a importância do programa quando falamos em prevenção. Por aqui, já sabemos dos benefícios, mas encontramos dificuldade para ampliação devido à falta de estrutura. Agora, com o interesse da Secretaria Estadual de Saúde, ele deve atingir muito mais jovens.

Ainda na área de prevenção, continuaremos desenvolvendo campanhas para os leigos, como a que fizemos em outubro, em razão do Dia das Crianças. Junto com o CoBraLT, preparamos uma cartilha com dicas de prevenção e primeiros-socorros para acidentes comuns com as crianças.

Que os desafios do dia a dia não nos deixem esquecer o que de fato é importante. Em nome de toda a diretoria, também quero desejar um novo ano produtivo, com bons momentos, muito sucesso e, claro, saúde. Afinal, é ela que nos permite desfrutar e executar todo o resto. Que 2020 venha cheio de desafios e que consigamos vencê-los um a um.

 

Tercio De Campos – Presidente da SBAIT