Com o tema “Trauma de Extremidades” foi  realizado em 02 de abril, em Campinas/SP,  o 2º Encontro da série de Atendimento Pré-Hospitalar (APH) , uma iniciativa do Comitê Científico de Cirurgia do Trauma da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas – SMCC

A programação contou com apresentação de caso clínico pela Empresa Concessionária de Rodovias CCR AutoBAn e aula ministrada por profissional do SAMU Campinas, Dra. Camila Fahl Galego.  Durante o evento foram abordados o uso de torniquete, controle de hemorragia externa e imobilização de bacia.

II Encontro Permanente de APH , na SMCC

“O trauma de extremidades é uma das principais causas de internação e de chegada de vítimas no pronto socorro. Então, uma fratura de perna, de mão, uma fratura de braço. Desde um jogo de futebol que ele pode fazer um entorse ou uma fratura de tornozelo até em eventos mais traumáticos. O trauma de extremidades são os principais causadores de sequelas”, enfatizou o Membro do Comitê Científico de Cirurgia do Trauma da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas (SMCC), Dr. Thiago Calderan.

Mais uma vez o evento teve grande procura a exemplo do encontro que abriu a série, realizado em 15 de fevereiro, na SMCC . “É uma felicidade imensa nossa de ter um público grande do APH. O objetivo era esse mesmo de atingir um público que está atuando no trauma, na prevenção e no cuidado deste paciente; reunindo estas entidades”, completou o médico.

Para os participantes, os encontros são importantes no sentido do compartilhamento de experiências, pois muitas vezes um profissional atende ocorrências diferentes do que o colega. Dessa forma, esses momentos de troca são fundamentais.

O evento foi realizado na Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas e contou com o apoio da SBAIT e dos parceiros Grupo de Resgate GRAU, SAMU, Corpo de Bombeiros e Concessionárias de Rodovias.

 

Informações: Assessoria de Comunicação SMCC
Imagens: Branca Braga