Mais de 90% dos casos poderiam ser evitados com prevenção

O Trauma foi responsável por 563.774 feridos internados de janeiro a junho deste ano. Para atender a todos esses pacientes, o SUS (Sistema Único de Saúde) desembolsou R$ 703 milhões. O levantamento, feito pela SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado) e baseado em informações do DataSUS, demonstram a vulnerabilidade de um País que abriga 13 das 50 cidades mais violentas do mundo
e que possui poucos estudos para definir políticas públicas eficientes. No mesmo período do ano passado, foram 559.697 internações. O aumento foi de 0,75%.

“São números realmente alarmantes. Os registros mostram o quanto caminhamos devagar nesse setor”, afirma o presidente da SBAIT, José Mauro da Silva Rodrigues. “Vivemos uma situação de guerra não declarada. É uma epidemia desta doença no País. O mais triste é que praticamente todas as ocorrências de Trauma poderiam ser evitadas”, completa.
Do total de internações de Trauma, 101.785 foram causadas por alguma ocorrência envolvendo meios de transporte, o que resultou em um gasto de R$ 141,5 milhões no SUS .

“Se considerarmos que, na maioria das vezes, uma ocorrência de trânsito está relacionada a falhas nos veículos, que poderiam ser evitadas com manutenção, falhas nas vias públicas, que poderiam ser evitadas com sinalização adequada e vias seguras, ou imprudência, como desrespeito às regras de trânsito, uso de celular ao volante, etc., esta situação poderia
ser bem diferente apenas com prevenção.”, explica Rodrigues.

Para ele, muitos fatores pioram essas estatísticas. “A deficiência do transporte público faz do automóvel uma necessidade, incentiva-se o uso de motocicleta para o trabalho, as propagandas de bebidas alcoólicas são livres e voltadas para jovens. Tudo isso agrava a situação”, reforça. “Para piorar, não temos registros de trauma nos hospitais brasileiros, o que inviabiliza estudos de prevalência. Em países desenvolvidos, o registro de trauma é fundamental para gerar políticas públicas”, compara.

Trauma é todo atendimento médico decorrente de lesões provocadas por causas externas, como ocorrências de trânsito, violência, quedas e outros tipos de acidentes. A SBAIT é uma entidade que reúne cirurgiões do Trauma de todo o País e desenvolve vários trabalhos de prevenção.

Informações à imprensa:
Capovilla Comunicação
Patrícia Capovilla
(19) 99284-1970