Tese Adriano

Fraga, Hirano, Trajano e Parreira após a defesa do Mestrado.
Foto: Arquivo DCT – Unicamp

No último dia 18 de julho aconteceu na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a defesa de Dissertação de Mestrado em Ciências da Cirurgia do médico Adriano Dias Trajano. O tema do estudo foi “Análise dos óbitos por trauma em um hospital universitário brasileiro”, que apesar de ser um tema pouco estudado em nosso meio, é uma ferramenta importante para a implementação e avaliação do sistema de trauma.

Como conclusão do estudo observou-se que durante os últimos 16 anos houve uma mudança dos óbitos por trauma no Hospital de Clínicas da Unicamp, com uma grande diminuição dos ferimentos por projétil de arma de fogo e uma maior incidência de mortes em ocupante de motocicleta. A clássica curva trimodal das mortes por trauma, com o terceiro pico de mortalidade tardia por sepse e falência múltipla de órgãos, ainda foi notada na presente casuística.

A Banca Examinadora foi composta pelo atual presidente da SBAIT, Gustavo Pereira Fraga, Coordenador da Disciplina de Cirurgia do Trauma da Unicamp, orientador do projeto e presidente da Banca, pelos professores José Gustavo Parreira, Professor Assistente da Disciplina de Cirurgia de Emergência da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, e Elcio Shiyoiti Hirano, Professor Assistente da Disciplina de Cirurgia do Trauma da Unicamp. Os professores Pedro Paulo Martins de Oliveira (Unicamp) e Simone Vieira Abib (Unifesp) foram os suplentes.