Posts Populares

APH, Cursos

“Acidentes com Produtos Perigosos” é o tema do 2º módulo do III Curso de Atualização em Atendimento Pré-Hospitalar

O Projeto de Educação Médica Continuada do CRM-PR, em parceria com o SIATE CURITIBA/SMS/SESA e com a SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado), promove no dia 17 de abril, às 20h, o 2º módulo do III Curso de Atualização em Atendimento Pré-Hospitalar.

Com o tema “Acidentes com Produtos Perigosos”, o evento é aberto a médicos, estudantes de Medicina, socorristas emergencistas e enfermeiros e a participação pode ser presencial, na sede do Conselho em Curitiba, ou via web.

Para participar, preencha o formulário de inscrição no fim da página e informe o tipo de participação (presencial ou online). A transmissão online é disponibilizada no site do CRM-PR no dia do evento e a sala virtual abre 1h antes do início da aula. Confira os pré-requisitos técnicos para garantir uma boa conexão.

Programação:

19h30 | Credenciamento

20h00 | Palestrante: Dr. Edison Vale Teixeira Júnior (CRM-PR 10.949)

20h30 | Palestrante: Jonas Emmanuel Benghi Pinto
Major do Corpo de Bombeiros da PMPR

21h00 |Mesa de Debates 
Moderador: Dr. Ricardo Cesar Geenen Accioly Pinto (CRM-PR 8.412)
Debatedores:
Dr. João Claudio Campos Pereira (CRM-PR 23.032)
Dr. Michele Mamprim Grippa (CRM-PR 21.828)

22h30 | Encerramento


Informações:

III Curso de Atualização em Atendimento Pré-Hospitalar – 2° módulo: Acidentes com Produtos Perigosos
Data: 17 de abril de 2019
Hora: das 20h às 22h30
Local: Auditório Raquele Rotta Burkiewicz, Sede do CRM-PR (Rua Victório Viezzer, 84 – Vista Alegre – Curitiba, PR)
Informações: eventos@crmpr.org.br | (41) 3240-4045 | (41) 3240-4077
https://www.crmpr.org.br/III-Curso-de-Atualizacao-em-APH–2-Modulo-Acidentes-com-Produtos-Perigosos-18-51129.shtml

 

Capítulos SBAIT

SBAIT RS esteve representada na 1ª Jornada de Emergência RS

Nos dias 12 e 13 de abril foi realizada na Universidade de Santa Cruz do Sul,  em Santa Cruz do Sul/ RS, a 1ª Jornada de Emergência RS, reunindo 200 participantes.

A SBAIT RS esteve representada pela diretora do capitulo, Drª. Dóris Lazarotto, que participou do painel “Manejo do paciente politraumatizado: O Protagonismo da equipe multidisciplinar na emergência, abordando o manejo do cirurgião do trauma no paciente politraumatizado.

O evento foi uma realização da Associação Brasileira de Medicina de Emergência -ABRAMEDE-  Regional Rio Grande do Sul.

Drª Dóris Lazarotto ( SBAIT-RS), com os integrantes da mesa do painel : Enfª Stela Maris de Campos Ramos, Dr Carlos Dornelles, Enfª Lilian Frustockl e a psicóloga Aline Badch Rosa.

 

Imagens: Arquivo SBAIT RS

Campanhas

“ME OUÇA” é o tema da campanha Maio Amarelo 2019

O  Movimento Maio Amarelo é  realizado anualmente com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. Com o tema “NO TRÂNSITO, O SENTIDO É A VIDA”,  a sexta edição do Movimento Maio Amarelo ocorre em 2019 propondo o envolvimento direto da sociedade nas ações e uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro.

A campanha em 2019 traz a proposta de incentivar que os adultos ouçam o conselho dado por uma criança, que com sua ingenuidade e inexperiência perante a vida, tem uma percepção e absorção do que é certo e errado com mais eficácia, sem filtros.

O Observatório Nacional de Segurança Viária, idealizador do Movimento maio Amarelo, explica que a campanha teve sua inspiração nos cinco sentidos humanos, numa alusão à sinalização de trânsito, já que o trânsito é feito de sentidos.

A SBAIT é uma das Entidades apoiadoras do Movimento, e realiza em diversas cidades do país ações de conscientização junto à sociedade, contando com a participação de membros e das Ligas de Trauma.

Saiba mais sobre o Movimento Maio Amarelo e como participar em:  https://www.maioamarelo.com

Eventos, Ligas de Trauma

Evento Inédito no leste de Minas Gerais

A cidade de Governador Valadares, no leste de Minas Gerais, sediou entre os dias 04 a 06 de maio o I Congresso de Trauma e Emergências do Leste Mineiro (COTELM). O evento realizado pelas Ligas do Trauma das duas instituições de ensino da cidade foram as responsáveis pela realização do evento, são elas: Liga Acadêmica de Cirurgia, Trauma e Emergência (LACITE) da Universidade Vale do Rio Doce (Univale) e Liga Acadêmica de Trauma e Emergência (LATE) da Universidade Federal de Juiz de Fora Campus Governador Valadares.

O evento pioneiro na região apresentou números expressivos já em sua primeira edição. Estiveram presentes mais de 450 congressistas, 55 palestrantes, mais de 80 trabalhos científicos inscritos e uma programação científica que abrangeu as urgências e emergências cirúrgicas traumáticas e não traumáticas, urgências clínicas, atendimento pré-hospitalar e medicina intensiva.

Para o Presidente do Congresso e membro da SBAIT, Dr. Romeo Lages Simões, o que tornou o evento único foi a integração entre as cidades do leste mineiro o que propiciará um grande desenvolvimento do atendimento ao trauma e às urgências e emergências da região: “Estiveram presentes palestrantes das cidades de Ipatinga, Caratinga, Teófilo Otoni, Manhuaçu e de Governador Valadares dando ao evento o caráter de agregação entre as cidades, que são polos acadêmicos formadores de novos médicos. Precisamos garantir aos nossos futuros médicos uma formação de excelência em relação ao tema, através de eventos como esse temos certeza que estaremos contribuindo para o crescimento desses estudantes”.

Além dos palestrantes locais, estiveram presentes no evento nomes nacionais, todos eles membros da SBAIT: Dr. Antônio Onimaru (São Paulo / SP), Dr. André Gusmão (Salvador / BA) e Dr. Thiago Calderan (Campinas / SP). A participação desses nomes durante o evento trouxeram o reconhecimento do evento a nível nacional, uma vez que o congresso foi apoiado pela SBAIT e pelo CoBraLT.

Dr. Romeo Lages faz questão de ressaltar: “ O COTELM só foi possível de realizar graças ao esforço interminável dos ligantes do trauma da LATE (UFJF / GV) e da LACITE (UNIVALE). Deixo aqui registrado os meus parabéns e sobretudo o meu muito obrigado aos ligantes do trauma de ambas instituições. Sem a dedicação dos meus alunos e ligantes o evento não seria possível de ser realizado. Mais uma vez, fica nítido que a força que as ligas do trauma possuem e isto deve ser valorizado.”

Equipe Organizadora, membros ligantes da LACITE (UNIVALE) e LATE (UFJF/GV) e membros da SBAIT no primeiro dia do evento.

As instituições de Ensino UNIVALE e UFJF Campus GV foram apoiadores do evento desde a primeira reunião para organização do evento até a execução das atividades, mostrando que as escolas médicas da cidade estão preocupadas e atentas com a formação dos futuros médicos.

Confira momentos do evento:

Mesa de abertura – A Integração entre o Pré e o Intrahospitalar, com Dr. Antonio Onimaru e Dr Thiago Calderan

Dr. André Gusmão (Salvador / BA), apresentando a palestra “Organizando o Fluxo Hospitalar para transfusão maciça no trauma”

Membros SBAIT no I Congresso de Trauma e Emergências do Leste Mineiro (COTELM): Dr. André Gusmão ( Salvador / BA), Dr Thiago Calderan ( Campinas / SP), Dr. Romeo Lages ( Governador Valadares/ MG), e Dr Antônio Onimaru ( São Paulo / SP).

 

 

 

 

 

APH

2º Encontro da série de Atendimento Pré-Hospitalar (APH) é realizado em Campinas/SP

Com o tema “Trauma de Extremidades” foi  realizado em 02 de abril, em Campinas/SP,  o 2º Encontro da série de Atendimento Pré-Hospitalar (APH) , uma iniciativa do Comitê Científico de Cirurgia do Trauma da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas – SMCC

A programação contou com apresentação de caso clínico pela Empresa Concessionária de Rodovias CCR AutoBAn e aula ministrada por profissional do SAMU Campinas, Dra. Camila Fahl Galego.  Durante o evento foram abordados o uso de torniquete, controle de hemorragia externa e imobilização de bacia.

II Encontro Permanente de APH , na SMCC

“O trauma de extremidades é uma das principais causas de internação e de chegada de vítimas no pronto socorro. Então, uma fratura de perna, de mão, uma fratura de braço. Desde um jogo de futebol que ele pode fazer um entorse ou uma fratura de tornozelo até em eventos mais traumáticos. O trauma de extremidades são os principais causadores de sequelas”, enfatizou o Membro do Comitê Científico de Cirurgia do Trauma da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas (SMCC), Dr. Thiago Calderan.

Mais uma vez o evento teve grande procura a exemplo do encontro que abriu a série, realizado em 15 de fevereiro, na SMCC . “É uma felicidade imensa nossa de ter um público grande do APH. O objetivo era esse mesmo de atingir um público que está atuando no trauma, na prevenção e no cuidado deste paciente; reunindo estas entidades”, completou o médico.

Para os participantes, os encontros são importantes no sentido do compartilhamento de experiências, pois muitas vezes um profissional atende ocorrências diferentes do que o colega. Dessa forma, esses momentos de troca são fundamentais.

O evento foi realizado na Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas e contou com o apoio da SBAIT e dos parceiros Grupo de Resgate GRAU, SAMU, Corpo de Bombeiros e Concessionárias de Rodovias.

 

Informações: Assessoria de Comunicação SMCC
Imagens: Branca Braga

 

 

 

 

 

 

Eventos

Governador Valadares sediará o I Congresso de Trauma e Emergências do Leste Mineiro (COTELM)

Entre os dias 04 a 06 de Abril de 2019 a cidade de Governador Valadares seriará o I Congresso de Trauma e Emergências do Leste Mineiro (COTELM). O congresso está sendo organizado pelas Ligas do Trauma da cidade ( Liga Acadêmica de Cirurgia, Trauma e Emergência – LACITE da Universidade Vale do Rio Doce – Univale e pela Liga Acadêmica de Trauma e Emergência – LATE da Universidade Federal de Juiz de Fora Campus GV).

O evento que ocorrerá no Auditório Hermirio Gomes da Silva (Hermirão) da Univale contará com uma estrutura até então nunca vista na região do leste mineiro. Antes mesmo do início do congresso cerca de 400 inscritos já garantiram sua presença. Além disto, estarão presentes 55 palestrantes de diversas cidades da região como Ipatinga, Caratinga, Teófilo Otoni, Manhuaçu, além de Governador Valadares.

Entre os palestrantes o destaque fica para três membros da SBAIT que estarão engrandecendo o evento, são eles: Dr. Antônio Onimaru (Membro Honorário da SBAIT), Dr. Thiago Calderan (atual orientador do CoBraLT pela SBAIT) e Dr. André Gusmão (Membro Titular da SBAIT).

O Presidente do Congresso, Dr. Romeo Lages Simões, que também é membro da SBAIT, afirma que o evento pioneiro na região só está sendo possível graças a atuação incansável dos alunos ligantes do trauma: “O evento só está acontecendo pela atuação e desejo incessante dos alunos em realizar este evento inédito na região. Cabe lembrar, que o apoio das instituições de ensino superior como a Univale e a UFJF/GV foi preponderante, uma vez que as mesmas perceberam que o momento que a região do leste de Minas Gerais é único. É hora  da medicina de urgência e emergência e trauma da região se desenvolver com a presença marcante das escolas médicas que aqui atuam”.

A programação científica do evento foi cuidadosamente elaborada, contemplando assuntos como o Atendimento Pré-Hospitalar e a integração com o ambiente Intrahospitalar, Urgências e Emergências Cirúrgicas Traumáticas e Não traumáticas, bem como urgências clínicas.

O evento está sendo apoiado pela Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT) e pelo Comitê Brasileiro das Ligas do Trauma (CoBraLT).

As inscrições podem ser realizadas através do site: www.univale.br/cotelm.

Quem estiver na região do leste mineiro não pode deixar de comparecer a esse evento.

Capítulos SBAIT, Ligas de Trauma

V Simpósio Gaúcho de Emergência e Trauma e Pré CoLT RS é realizado com sucesso

O V Simpósio Gaúcho de Emergência e Trauma e Pré CoLT RS ocorreu nos dias 29 e 30 de março no Salão de Atos da Universidade Federal do Rio Grande do SUL  (UFRGS) e reuniu mais de 500 participantes.

O Simpósio Gaúcho de Emergência e Trauma é um evento que tem por objetivo trazer os temas mais atuais e relevantes com relação ao atendimento pré e intra-hospitalar às emergências clínicas e traumáticas, além do atendimento integrado ao paciente crítico. Quatro ligas acadêmicas de Trauma e Emergência do Rio Grande do Sul (PUCRS, UFCSPA, ULBRA e UFRGS) são as responsáveis pela organização central do evento.

O público alvo do evento, de acordo com as informações obtidas por meio das cinco edições já ocorridas, envolve participantes de todo o estado, com um aumento significativo, ano após ano, de participantes provindos do interior. O perfil do público participante abrange as mais diversas áreas de atuação no atendimento ao paciente crítico no trauma e na emergência, como bombeiros, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, condutores de ambulância, socorristas e estudantes destas áreas, sobretudo acadêmicos de medicina.

No decorrer dos últimos 4 anos, o evento se consolidou como um dos principais do estado nesta área, com um crescimento significativo ao longo desse período; tornando-se, na última edição, em 2017, o maior evento envolvendo trauma e emergência do sul do país.

Durante o evento também foi oficializada a criação do núcleo acadêmico no capítulo SBAIT -RS, que envolve todas as Ligas de Trauma do Rio Grande do Sul. A presidente do capítulo SBAIT -RS, Profa. Dóris Lazarotto, ressalta a importância da participação, da dedicação e envolvimento que  estes jovens estudantes tiveram durante a organização de um evento dessa proporção como o Simpósio. O capítulo SBAIT-RS pretende incentivar e apoiar cada vez mais a participação do jovem estudante.

Profa. Dóris, presidente do capítulo SBAIT-RS ( ao centro), com os alunos Anderson Machado / Daniella Thiemi/ João Antônio Ribeiro / Yasmin Cardenas, da comissão organizadora do evento

O V Simpósio Gaúcho de Emergência e Trauma e Pré CoLT RS contou com o apoio da Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT) e Associação Brasileira de Medicina de Emergência (ABRAMEDE).

Dr Luciano Eifler em sua palestra durante o evento

 

Ligas de Trauma

III Jornada Paraibana de Emergência e Trauma é realizada em João Pessoa/PB

A III Jornada Paraibana de Emergência e Trauma foi realizada durante os dias 22 e 23 de março na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, em João Pessoa/ PB , reunindo 200 participantes. 

O Coordenador do Comitê de Educação da SBAIT, Dr Gustavo P. Fraga esteve entre os convidados.

Dr Adriano Dias Trajano, (à esq), coordenador do evento e Dr Gustavo P. Fraga, coordenador Comitê de Educação da SBAIT.

O evento contou com uma ampla programação, contendo  palestras , minicursos, workshops de casos clínicos  e apresentação de 40 trabalhos científicos e foi organizado pela Liga do Trauma da Paraíba.

 

Imagem em destaque: Comissão Organizadora
Crédito: Liga do Trauma da Paraíba

 

Prevenção

Velocidade e segurança

Na quinta-feira (7 de março) o presidente Jair Bolsonaro defendeu o fim das lombadas eletrônicas nas rodovias. O mesmo entende que o principal objetivo dos equipamentos não é reduzir o número de acidentes. Segundo Bolsonaro, no Brasil, é quase impossível viajar sem receber multa.

Esta afirmação traz muita preocupação com o estado atual dos prontos socorros que já se encontram cheios de pacientes vítimas do trânsito que mata certa de 40.000 brasileiros por ano.

Dados do DATASUS, compilados pelo Observatório Nacional de Segurança Viária, o Brasil possui uma taxa de mortes no trânsito por 100.000 habitantes de 18,9 sendo que Roraima, Piauí e Tocantins superam a taxa de 38 mortes por 100.000 habitantes.

Os limites de velocidade são estabelecidos engenheiros em função do tipo, da geometria e das condições da estrada, do tipo de veículos que nela circulam e nas possibilidades climáticas que podem ocorrer e alterar as condições de trafegar.

Velocidades mais altas aumentam o risco de uma colisão por uma série de razões:

  • É mais provável que o condutor perca o controle do veículo
  • Não se antecipe a tempo aos perigos que se aproximam
  • Também faça com que os outros usuários da via subestimem a velocidade do seu veículo.

Quanto maior a velocidade, maior a distância percorrida em determinado intervalo de tempo, maior a distância percorrida para reação do motorista e maior a distância para parar o veículo em caso de necessidade.

Na tabela abaixo, extraída do Manual da Organização Mundial de Saúde (Gestão da Velocidade) fica evidente a importância do controle de velocidade:

Outro dado importante a ser reforçado e que os pedestres, logo depois dos motociclistas, são as maiores vítimas do excesso de velocidade.

No gráfico abaixo e demonstrado o risco de morte do pedestre conforme se eleva a velocidade do veículo causador.

Transport Research Centre: Speed Management report, Paris 2006

Na Austrália, o limite de velocidade na rede viária de Melbourne passou de 100 km/h a 110 k/h em 1987 e depois voltou a 100 km/h em 1989. Em comparação com uma área de controle, onde o limite de velocidade permaneceu o mesmo, a taxa de lesões por colisão por quilômetro percorrido aumentou 24,6 % quando o limite de velocidade aumentou, e diminuiu 19,3 % quando o limite de velocidade diminuiu (Sliogeris J. 110-kilometre per hour speed limit: Evaluation of road safety effects, Melbourne, 1992).

Diante do exposto é importante que a sociedade discuta e aprofunde o nível de informações, pois mortes no trânsito são em sua grande maioria evitáveis e em jovens. E, caso as concessionárias pratiquem ações inadequadas com os recursos das autuações, que sejam punidas com rigor e não nossos filhos.

Por Danilo Stanzani, diretor do comitê de prevenção SBAIT ( gestão 2019/2020)

Teses

Membro SBAIT defende tese de mestrado na Faculdade de Ciências Médicas da PUC-SP

Ocorreu nesta quarta-feira, 20, a defesa de tese de mestrado do Dr. Pérsio Pinto,membro SBAIT,  na Faculdade de Ciências Médicas da PUC-SP, com o título: “Implantação do Módulo de Simulação de Procedimentos de Manutenção da Vida na Sala de Emergência no Internato do Curso de Medicina”.

Participaram da banca examinadora os membros SBAIT : Dr José Mauro da Silva Rodrigues, Dr Marcelo Ribeiro e Mário Cesaretti .

A SBAIT parabeniza seu membro Dr Pérsio Pinto, pela obtenção do título de mestre e deseja muito sucesso e conquistas.

 

Imagem: Defesa de tese contou com a presença de membros SBAIT na banca.
crédito: Persio Pinto

Fechar