Posts Populares

Campanhas

III Semana Latino-Americana de Prevenção em Afogamentos vem aí!

A Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático – SOBRASA, parceira SBAIT, promove de 24 a 30 de novembro de 2019, a 3ª edição da Semana Latino-Americana de Prevenção em Afogamentos, com apoio da ILS – International Life Saving.

O objetivo da campanha é a redução do número de afogamentos e pode ser realizada por qualquer instituição, empresa ou indivíduo que queira participar, promovendo atividades de prevenção em afogamento em qualquer dia da semana de 24 a 30 de novembro .

Saiba mais sobre como participar em www.sobrasa.org

 

Cursos

Cursos DATC e DSTC são realizados em Vitória/ES

De 8 a 10 Novembro foram realizados em Vitória/ES, os cursos DSTC (Definitive Surgical Trauma Care / DATC (Definitive Anaesthetic Trauma Care Course ), este foi o primeiro DATC realizado fora do estado de São Paulo.

Os cursos, que tiveram a presença de  22 participantes e 11 instrutores, sendo dois convidados internacionais,. contaram com a organização do Capítulo do Espírito Santo da Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado – SBAIT e International Association for Trauma Surgery and Intensive Care – IATSIC e apoio da COOPERCIGES – Cooperativa de Cirurgiões Gerais do Estado do Espírito Santo.

Instrutores:

Diretores do curso
Gustavo P. Fraga (Campinas, Brasil) – cirurgião
Luis Vale (Ilha da Madeira, Portugal) – anestesista

Instrutor convidado
Luis Miguel R. Ferreira (Coimbra, Portugal) – cirurgião

Local Course Faculty
Carlos R. Renon – Local Coordinator (Vitória, Brasil) – cirurgião
Cláudio Pinheiro (Vitória, Brasil) – cirurgião
Daniel Santos (Vitória, Brasil) – cirurgião
Fernando A. M. Bermudes (Vitória, Brasil) – cirurgião
José Hélio Zen Jr. (Campinas, Brasil) – anestesista
Robert Alexander Stephen (Vitória, Brasil) – cirurgião
Romeo Lages Simões (Governador Valadares, Brasil) -cirurgião
Sizenando V. Starling (Belo Horizonte, Brasil) – cirurgião

Conheça o histórico de Cursos DATC/DSTC já realizados acessando: http://www.sbait.org.br/br/cursos/historico-cursos/dstc


Sobre os cursos:

O DSTC é um curso idealizado na Europa e Oceania com o objetivo de preparar cirurgiões, já formados ou em treinamento, para abordarem lesões traumáticas graves, com atenção especial para estratégias e técnicas cirúrgicas avançadas. O curso é baseado principalmente em práticas cirúrgicas, o que permite discussões e oportunidade de treinamento. Posteriormente foi criado o DATC, para capacitar anestesiologistas no atendimento desses doentes graves.

Confira momentos dos cursos:

Participantes dos cursos DATC DSTC Vitória/ES – 8 a 10 de novembro de 2019

Instrutores

SBAIT

Oportunidade – Anuidade SBAIT 2020 pelo valor da anuidade 2019

Informamos uma grande oportunidade para sócios e não sócios SBAIT: Associando-se ou renovando sua anuidade até dezembro de 2019, o sócio já garante a anuidade SBAIT 2020 pelo valor da anuidade 2019.

Os membros SBAIT possuem vários benefícios, entre  eles:

  • Descontos em cursos e eventos apoiados pela SBAIT.
  • Recebimentos de publicações e informações da área.
  • Participação em projetos da Sociedade; como o Plano Nacional de Catástrofes e o Programa P.A.R.T.Y., Salvando Vidas e Maio Amarelo.
  • Kit associado.
  • Acesso às reuniões para discussão de casos via telemedicina , da SBAIT e Sociedade Panamericana de Trauma, entre outros.

 

A Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT) atua, desde 1982 no combate à doença trauma como sua principal missão, Acreditamos que o nosso principal objetivo seja contribuir para reduzir o número de vítimas da violência e trauma e melhorar a qualidade da atenção a essas vítimas.

O trauma é uma doença totalmente previnível, por isso nossa sociedade possui o importante papel de orientar a sociedade para a prevenção. Capacitar profissionais para um atendimento ao traumatizado de qualidade, promover políticas públicas e parcerias para esse atendimento de qualidade também faz parte de nossos objetivos.

Profissionais de áreas que atuam diretamente no atendimento ao traumatizado agora também podem fazer parte do time SBAIT . Dessa forma, podem associar-se à SBAIT na Categoria Multiprofissional, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, fisioterapeutas, psicólogos, assistentes sociais, socorristas, condutores de veículos de saúde, bombeiros, entre outros profissionais da área de saúde, o que reforça o sentido de integração das áreas para o Atendimento Integrado ao Traumatizado, como a SBAIT valoriza.

Aproveite essa oportunidade e junte-se a nós!

Saiba mais

http://www.sbait.org.br/br/associe-se)

*Essa oportunidade é válida até dez/19, para médicos e profissionais da categoria multiprofissional.

 

News

Encontro apresenta ao ministro da Infraestrutura propostas do Seminário de Mobilidade – Rodovias que perdoam

No dia 31 de outubro, o Ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas recebeu diretores do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), parceiro SBAIT, para discutir , entre outros assuntos,  o resultado do 2º Seminário de Mobilidade Humana, Segura e Sustentável – Rodovias que Perdoam, realizado em 12 de setembro e que contou com a presença do presidente da SBAIT, Dr. Tercio de Campos, representando a Sociedade juntamente com outras Sociedades Médicas e Instituições interessadas no tema.

Também participaram do encontro o diretor-geral do Denatran, Jerry Adriane Dias, o secretário nacional de Transportes Terrestres interino, Marcello da Costa e a coordenadora-geral de Planejamento, Gestão e Controle do Denatran, Marcela Laíz.

No documento estão as propostas sugeridas para que as estradas brasileiras adotem o que há de mais moderno em segurança nas rodovias já usadas em outros países. O ministro comprometeu-se em encaminhar internamente – no Ministério da Infraestrutura -, o uso do mesmo nas concessões de rodovias que virão a partir de 2020.

Ações sugeridas pelo seminário:

1.      CRIAR um comitê permanente de segurança em vias e rodovias, composto pelos órgãos públicos (engenharia e de controle), iniciativa privada e sociedade civil organizada. (Ministério da Infraestrutura, ANTT, DNIT, TCU, ABEETRANS, ABSEV, ONSV, ETC).

2.      APRESENTAR 2020/2030 com as ações e implementações que serão introduzidas em todas as etapas, (projeto/construção/entrega/auditoria/fiscalização /novas tecnologias) com data e responsável.

3.      REVISITAR todos os atuais manuais, diretrizes, normas e procedimentos de construção de rodovias no país, com o olhar da segurança viária e de atendimento ao complaice : do projeto a construção, da fiscalização aos produtos e serviços empregados na rodovia.

4.      REDIGIR diretrizes de fiscalização e auditoria, geridos por “flags de controle” onde as rodovias novas e em operação serão avaliadas periodicamente.

5.      AMPLIAR as concessões de rodovias à iniciativa privada exigindo o atendimento a todas as etapas regidas no contrato de concessão, com ênfase na segurança viária, atendendo aos requisitos da OMS/ONU, ao qual o Brasil é signatário.
6.      EXIGIR a rigidez dos controles do projeto a execução no que tange ao cumprimento das normas e procedimentos, antes, durante e após a finalização da rodovia.

7.      CRIAR políticas de incentivo para a introdução de novas tecnologias (produtos e serviços) com o propósito de promover uma segurança viária de primeiro mundo.

8.      CERTIFICAR que sejam utilizados somente produtos e serviços, normatizados e homologados, e que apresentem, comprovadamente, sua eficácia e eficiência.

9.      PREVER que a assistência dada a vítimas de acidentes de trânsito em rodovias, tenham um atendimento pós resgate,  em um centro de atendimento às vítimas de traumas decorrentes de acidentes, com equipes multidisciplinares de socorro com profissionais especializados para estes atendimentos,

10.   REFORÇAR a fiscalização pela PRF, principalmente nos pontos das rodovias federais classificados como de alto risco de acidentes.

Ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas – crédito ONSV

Informações e imagens: http://www.onsv.org.br/

Capítulos SBAIT

III Curso de Atualização em Atendimento Pré-Hospitalar – CRM-PR realiza o 8º módulo

Ocorreu em 16 de outubro o 8º módulo do III Curso de Atualização em Atendimento Pré-Hospitalar, do Conselho Regional de Medicina – PR, em parceria com a SBAIT.

A programação do módulo 8 – “Politraumatizado” abordou os temas: “Choque e reposição volêmica”, com Dr. Fábio Henrique de Carvalho (SBAIT-PR), “Uso do ácido Tranexâmico no Pré hospitalar”, com Dr. João Cláudio Campos Pereira (membro da diretoria SBAIT-PR) e “Controle de hemorragia / torniquete”, com Dr. Sergio Fabricio Maniglia.

O 9º Módulo será realizado em 20 de novembro. Informações podem ser obtidas pelo site: https://www.crmpr.org.br/

 

Palestrantes e debatedores

Crédito imagens:  SBAIT PR

Eventos

Membros SBAIT presentes no 3º Evento do CBC e 4º Simpósio de Emergências Médicas e de Cirurgia Digestiva

O 3º Evento do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e o 4º Simpósio de Emergências Médicas e de Cirurgia Digestiva ocorreram no dia 10 de outubro  em Santa Cruz do Sul, O evento foi realizado no auditório do Curso de Medicina da Universidade de Santa Cruz do Sul e contou com a presença de membros SBAIT e  e acadêmicos da Liga do trauma e da Liga de Cirurgia Digestiva e Coloproctologia da UNISC.

Dr. Luciano Eifler falou sobre a “Medicina 4.0 – A Revolução na Saúde”,abordando as tecnologias e inovação no ambiente médico. Em seguida, a solenidade de Posse de novos membros do Colégio Brasileiro de Cirurgiões  foi conduzida por Dr Ricardo Breigeiron, juntamente com Dr Fernando Figueiredo e Dra Dóris M. Lazzarotto, diretora do capítulo SBAIT-RS.

A palestra “Tópicos em Hematologia para o Cirurgião”, com a Dra Rafaela Komorowski, encerrou a programação do evento, que contou com a presença de 80 participantes, entre alunos, convidados, cirurgiões e professores.

Confira:

Informações: SBAIT-RS
Imagens: Etapa Formaturas

Simulados

VII Simulação de Catástrofe é realizada em casa noturna na cidade de Presidente Prudente/SP

Ocorreu em 13 de outubro na  cidade de Presidente Prudente/SP, a VII Simulação de Catástrofe, organizada pela Liga do Trauma e Cirurgia de Emergência da Faculdade de Medicina de Presidente Prudente – UNOESTE.

Nesta edição, foi simulado um incêndio em uma casa noturna com 80 vítimas, vários figurantes, todas atendidas pelo protocolo START e encaminhadas aos hospitais da cidade conforme o plano de Catástrofe.

A VII Simulação ocorreu em uma casa noturna da cidade e envolveu 80 vítimas.

De acordo com a Liga do Trauma e Cirurgia de Emergência FAMEPP, ” As simulações trazem um benefício imensurável para a educação médica e o
sistema municipal de saúde com um orçamento muito baixo, tornando-se uma atividade anual cada vez mais bem sucedida procurada por vários estudantes e profissionais de saúde, mudando a cena do sistema e dando uma sensação de prontidão a cada profissional envolvido. Os hospitais recebem ainda os dados coletados, incluindo a correlação entre as vítimas atendidas e o tempo de avaliação, permitindo uma melhor preparação para o gerenciamento no caso de possíveis desastres”.


Histórico Simulações

  • A I Simulação realizada pela Liga ocorreu em 2013. No cenário, dois ônibus e um carro, com 80 vítimas, leves, graves e  óbitos, com o envolvimento de aproximadamente 200 pessoas.
  • Em 2014, a II Simulação teve como cenário a queda de uma arquibancada no Recinto de Exposições Jacob Tosello, deixando 100 vítimas, inclusive algumas fatais, mobilizando mais de 300 profissionais.
  • Em 2015, a III Simulação teve como cenário a colisão de duas aeronaves – uma que estava taxiando na pista e outra, que estava aterrissando, o que causou um princípio de incêndio, deixando cerca de 100 pessoas feridas. 450 pessoas foram envolvidas.
  • Em 2016, a IV Simulação teve como cenário um incêndio em uma das salas de cinema de um shopping da cidade, deixando cerca de 80 vítimas desde leves, até queimadas, com asfixia, politraumatizada, pisoteadas e óbito.
  • Em 2017, a V Simulação envolveu um incêndio de grandes proporções no Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente (HRC-PP) ,
    mobilizando cerca de 500 voluntários no local.
  • Em 2018 , a VI Simulação envolveu a colisão de uma aeronave contra uma edificação, fazendo 65 vítimas, 15 óbitos e mobilizando cerca de 550 pessoas.

 

A seguir, confira momentos da VII Simulação – 2019, que ocorreu em uma casa noturna na cidade:

 

Sem categoria

Trabalhos premiados no XXI COLT e II N/NE ABRAMEDE

Foi divulgada a relação dos trabalhos premiados do XXI Congresso Brasileira de Ligas de Trauma – CoLT e II Congresso Norte / Nordeste da Associação Brasileira de Medicina de Emergência – ABRAMEDE.

O evento ocorreu de 3 a 5 de outubro de 2019, no Hotel Fiesta, em Salvador/BA, juntamente com o Encontro Nacional dos Coordenadores do SAMU, com o tema Emergência 2.0 | Inovação, Atualização e Tecnologia.

Ao todo foram selecionados 190 posteres para apresentação e 86 trabalhos orais.

Confira os trabalhos vencedores:


ENFERMAGEM (ORAL)

1º LUGAR – TRABALHO ORIGINAL – Trauma e Controle de Danos – Código: 40765

Título: Incidentes com múltiplas vítimas e o domínio dos métodos de triagem: o que se sabe e o que se faz

Autores: Jonas Allyson Mendes de Araujo; Maria Ruth Brandão Sales; Maria Isabel de Araujo Dourado; Maria Gleiciane Cordeiro; Monalisa Mesquita Arcanjo; Andrea Oliveira Brito; Igor Charles Rocha Sousa

 

2º LUGAR – TRABALHO ORIGINAL – Trauma e Controle de Danos – Código: 40747

Título: Traumatismos decorrentes de tentativas de suicídio: um estudo comparativo

Autores: Vivian Andrade Gundim; Jasmine Sousa Salomão; Miriam Santos Carvalho; Renata dos santos Mota; Stephane dos Santos Dias; Irany Santana Salomão; Rafael Espírito Santo Salomão

3º LUGAR – EXPERIÊNCIA DE SUCESSO – Trauma e Controle de Danos – Código: 40715

Título: Ensinando salvamento veicular por meio de práticas deliberadas de ciclos rápidos: do conceito a alta performance

Autores: Jonas Allyson Mendes de Araujo; Maria Ruth Brandão Sales; Maria Gleiciane Cordeiro; Andrea Oliveira Brito; Monalisa Mesquita Arcanjo; Joyce Carvalho de Oliveira; Acleciane Maria Martins de Souza

 

ENFERMAGEM (PÔSTER)

1º LUGAR – EXPERIÊNCIA DE SUCESSO – Aspectos Específicos da Enfermagem nas Emergências – Código: 40624

Título: Relato de experiência de projeto de extensão RCP nas Escolas como atividade social.

Autores: Carolina Macedo Souza; Jorgas Marques Rodrigues; Karina Oliveira Gamboa Pacheco Rodrigues; Maria Emília Barbosa de Oliveira; Maria Luiza Farias Fonseca; Stefanie Luana Ferreira Santos de Assunção

 

2º LUGAR – EXPERIÊNCIA DE SUCESSO – Aspectos Específicos da Enfermagem nas Emergências – Código: 40077

Título: Controle de hemorragias e manejo do choque por meio de simulações de baixa e média fidelidade

Autores: Monalisa Mesquita Arcanjo; Maria Isabel Dourado Araújo; Jonas Allyson Mendes; João Breno Cavalcante Costa; Anny Caroline dos Santos Olímpio; Maria Gleiciane Cordeiro; Jonata Deyson do Nascimento

 

3º LUGAR – RELATO DE CASO – Epidemiologia e Índices Prognósticos – Código: 40283

Título: Perfil das vítimas de violência atendidas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência

Autores: Marcia Maria Almeida da Silva; Danielly Raquel de Souza Fernandes; Maria Aparecida de Freitas Silveira; Gláucia de Souza Abreu; Alessandro Leite Cavalcanti; Fátima Rosângela da Silva Dias; Elaine Cristina Batista Tavares

 

MEDICINA (ORAL)

1º LUGAR – TRABALHO ORIGINAL – Epidemiologia e Índices Prognósticos – Código: 40366

Título: Comportamento sedentário é fator de risco para quedas em homens idosos

Autores: Larissa Silva Sande; Raildo SIlva Coqueiro; Rafael Pereira; José Aiton Oliveira Carneiro; Thais Alves Brito; Marcos Henrique Fernandes

 

2º LUGAR – EXPERIÊNCIA DE SUCESSO – Desenvolvimento Profissional e Capacitação Profissional em Medicina de Emergência – Código: 40754

Título: Tít“Calouros SOS”, treinamento prático de primeiros socorros para “calouros” de medicina.ulo

Autores: Letícia Fernandes do Nascimento; Andressa Christine Ferreira Silva; Thiago Rodrigues Araujo Calderan

 

3º LUGAR – RELATO DE CASO – Hemostasia, Trombose e Transfusão – Código: 40473

Título: Complicação rara de tratamento endoscópico de hemorragia digestiva alta por varizes gástricas com cianoacrilato

Autores: Arthur José Roque Cruz; Fábio Franco de Oliveira Júnior; Elcio Shiyoiti Hirano; Thiago Rodrigues Calderan

 

MEDICINA (PÔSTER)

1º LUGAR – TRABALHO ORIGINAL – Toxicologia, Acidentes por Animais Peçonhentos e Emergências Ambientais – Código: 40712

Título: Medicamentos Isentos de Prescrição (MIP): casuística de um centro de assistência toxicológica na Bahia, 2015 a 2018

Autores: Jose William Oliveira dos Santos Justa; Raphael de Souza Borges; Ana Paula França Coutinho; Uilem Barbosa de Souza; Crislaine Andreza Santos de Jesus; Jucelino Nery da Conceição Filho

 

2º LUGAR – RELATO DE CASO – Ultrassonografia em Medicina e Emergência – Código: 40863

Título: Dissecção aórtica aguda e o uso do ultrassom à beira leito: um relato de caso

Autores: Leonardo Serena de Morais; Larissa Bolfoni Schmitt; Daniela Fritsch Dotto; Juliana Dias de Mello; Laura Zaparoli Zanrosso; Ian Ward

 

3º LUGAR – RELATO DE CASO – Emergências em Pediatria – Código: 40821

Título: Perfurações intestinais em lactente com Doença de Crohn: Um relato de caso

Autores: Renan Santos Cavalcanti; Larissa Maria Cardoso Lima Rodrigues; Isabella Fontes de Santana Lins; Luiz Carlos Cavalcante Filho; Jorge Luiz Santana Santos Filho; Fábio Santos Alves

Internacional

Membros da SBAIT estiveram presentes no 78th Annual Meeting of AAST, em Dallas/EUA

Membros da SBAIT estiveram presentes no 78th Annual Meeting of AAST & Clinical Congress of Acute Care Surgery, evento promovido pela AAST –  The American Association for the Surgery of Trauma e que ocorreu nos dias 18 a 21 de setembro em Dallas, Texas.

Para o presidente da SBAIT, Dr. Tércio de Campos, essa foi uma oportunidade importante em que a SBAIT esteve representada junto às outras Sociedades internacionais presentes nesse tradicional evento, realizado anualmente no mês de setembro, onde são discutidos vários aspectos da cirurgia do trauma.

O curso pré-congresso Emergency Surgery Course (ESC) , organizado em conjunto pela AAST e European Society for Trauma and Emergency Surgery (ESTES) ocorreu de 16 e 17 de setembro, contando com a presença do coordenador do Comitê de Educação da SBAIT, Dr. Gustavo P. Fraga e do Dr. Gustavo de Holanda, (SBAIT-RJ).

Tercio de Campos (presidente SBAIT), Raul Coimbra (membro honorário SBAIT), Martin Croce (presidente AAST), Gustavo P. Fraga e Felipe Vega (presidente PTS), durante a recepção dedicada aos presidentes.

O próximo congresso da AAST já tem data marcada: O 79th Annual Meeting –  ocorrerá de 09 a 12 de setembro de 2020 no Hilton Waikoloa Village, em Waikoloa, Havaí.

 

Imagem em destaque: Dr. Tercio de Campos, Dr Marcelo Ribeiro e Dr Antonio Marrtos
crédito: Arquivo SBAIT

Campanhas

Cartilha traz dicas práticas para prevenir e agir nos principais casos de traumas em crianças

O material, com 11 páginas, foi elaborado pela SBAIT e está disponível para download gratuito

A SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado à Criança), em parceria com o CoBraLT (Comitê Brasileiro das Ligas de Trauma), está lançando uma cartilha sobre prevenção e cuidados para os casos de trauma mais comuns na infância. Com o tema “Prevenção de Traumas em Crianças – Você precisa saber evitar”, o material, que pode ser baixado gratuitamente pelo site da sociedade, traz várias dicas práticas de prevenção e de como agir em casos de acidentes.

Cartilha está disponível para download

“Nós sabemos que o Dia das Crianças é uma data festiva, que elas querem ganhar presentes, mas o maior presente que o adulto pode dar a elas são atenção e cuidado. Cabe a nós, garantir a segurança dos pequenos em todas as situações”, explica o presidente da SBAIT, o cirurgião do Trauma Tércio de Campos. Todo ano, cerca de 3,6 mil crianças morrem no Brasil vítimas de Trauma e outras 111 mil são hospitalizadas. “Isso mostra que estamos sendo negligentes em muitas situações”, destaca o médico.

Bem didática, a cartilha aborda assuntos como traumas no trânsito, afogamento, ferimentos e engasgos. Para cada item, são dadas dicas de prevenção e instruções de como agir, caso ocorra algum problema. Além disso, a cartilha também explica como fazer a RCP (Reanimação Cardiopulmonar), para casos graves de afogamento, e também a Manobra de Heimlich, para os casos em que as crianças se engasgam.

“Praticamente todos esses traumas que registramos hoje no Brasil poderiam ser evitados com prevenção. São cuidados simples, que damos na cartilha. Mas, caso venha a ocorrer algum acidente, é importante saber agir. Os primeiros-socorros, em muitos casos, pode ser a diferença entre viver, morrer ou viver com sequela. É muito, mas muito importante que o leigo saiba o que fazer até a chegada de uma esquipe médica”, reforça Campos.

“Precisamos parar de pensar que nunca vai acontecer com a gente. Acontece sim. E todos os dias. E é muito triste para os pais saber que seu filho morreu ou ficou sequelado por um descuido seu. Nós vemos, diariamente, famílias sendo destruídas por pequenos descuidos. No fim, o principal recado que queremos dar é que a criança precisa de proteção. Ela não tem consciência de que pode morrer afogada em uma banheira ou de que a queda de uma janela alta pode trazer sérias consequências. Somos nós, adultos, que precisamos estar sempre atentos e, além disso, orientá-la para que, com o tempo, ela saiba se cuidar”, comenta o presidente da SBAIT.

Além de disponibilizar a cartilha para download, as dicas dela também serão utilizadas na campanha Salvando Vidas, desenvolvida pelo CoBraLT. “Durante todo o mês de outubro, membros da Liga do Trauma de todo o País vão desenvolver ações de conscientização sobre esses temas. É uma maneira de atingir um número cada vez maior de pessoas, ampliando o acesso a informações sobre prevenção e sobre como agir em casos de Trauma”, explica o coordenador do Comitê das Ligas do Trauma da SBAIT, o cirurgião do Trauma Thiago Calderan.

A cartilha, com 11 páginas, pode ser baixada no site www.sbait.org.br, na seção Publicações.

 

Imagem: Freepik 

Fechar